Ministério da Justiça entra com processo contra a Hurb I EPM
Ministério da Justiça entra com processo contra a Hurb

Ministério da Justiça entra com processo contra a Hurb

O Ministério da Justiça realizou a abertura de processo administrativo sancionador contra a Hurb, agência de viagens on-line, que pode resultar na aplicação de multa de até R$13 milhões e suspensão das atividades da empresa. Saiba mais neste post!

Aumento do número de reclamações

Conforme compartilhamos AQUI, a Hurb está sendo objeto de diversas denúnciaspor descumprimento de contratos com seus clientes e fornecedores, sendo que o significativo aumento do volume de reclamações de consumidores levou o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) a decidir pela instauração de processo administrativo sancionador contra Hurb.

Apenas nos três primeiros meses de 2023, foram mais de 7 mil, contra 12 mil reclamações em todo o ano de 2022. Além disso, o índice de solução das demandas na plataforma consumidor.gov caiu de 64% (2022) para 50% (2023), conforme aponta o site do Governo Federal.

“São milhares de consumidores e consumidoras em todo o Brasil prejudicados pelo desrespeito aos contratos por parte da Hurb. Tal cenário é inaceitável e obriga a Senacon a adotar as medidas que lhe cabem por força de disposição legal. Assim sendo, determinei a abertura de processo administrativo sancionador contra a empresa”, afirmou o secretário Nacional do Consumidor, Wadih Damous, do MJSP.

Histórico

A Hurb já havia sido notificada anteriormente para prestar esclarecimentos sobre suas práticas comerciais, mas as respostas não foram suficientes para regularizar a situação.

A agência on-line chegou a solicitar a negociação de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), uma espécie de acordo, alegando a redução do número de reclamações.

Contudo, a realidade é outra, o volume de reclamações aumentou expressivamente, com relatos de cancelamentos de viagem sem aviso prévio, falta de pagamento de fornecedores, descumprimento de condições contratuais e informações enganosas sobre serviços oferecidos.

Considerações

A atuação do Ministério da Justiça mediante a propositura de um processo administrativo que pode levar a aplicação de uma multa milionária ou até mesmo a suspensão das atividades da empresa é uma ótima notícia (que na verdade demorou um pouquinho para acontecer) e sinaliza uma possível solução para os problemas que vem sendo sofridos por milhares de clientes da Hurb.

Vamos acompanhar mais esse capítulo da novela “Hurb” e torcemos para que ela caminhe para um final feliz para todos os consumidores.

Conta pra gente aqui sua dúvida ou opinião na caixinha de comentários! Fique ligado aqui no Blog EPM e não perca outras notícias como essa e aproveite para seguir o meu perfil no Instagram @quevoceviaje, onde compartilho experiências, roteiros e dicas para que você viaje!

Para mais notícias, clique AQUI!

Até o próximo post!

Juliana Molinari (@quevoceviaje)


Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no canal do Youtube e no Instagram do Estevam para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!


Ter a vida de um viajante é um sonho pra você? Descubra como o Estevam viaja o Brasil e o mundo, pagando muito pouco, aproveitando todo o conforto da Execuryca e o que tem de melhor nas salas VIP! 

Se você está aqui é porque ama viajar, e pensando nisso criamos o Viajando Com Milhas. Um curso que se tornou uma comunidade, com milhares de viajantes aproveitando o nosso time de especialistas, para ficar sempre por dentro das melhores estratégias de acúmulo de milhas e emissões que tornam a sua viagem muito mais barata.

Quer saber mais? Clique AQUI e veja tudo o que preparamos para você!

Escrito por Lucas Estevam

2 Respostas para “Ministério da Justiça entra com processo contra a Hurb”

Deixe um comentário