Estados Unidos permitirão a entrada de brasileiros vacinados

Estados Unidos permitirão a entrada de brasileiros vacinados

A notícia provavelmente mais esperada do ano: Os Estados Unidos anunciaram que revogarão a atual proibição de entrada no país para turistas vacinados de diversos países, dentre eles o Brasil!

De acordo com o Washington Post, a Casa Branca comunicou hoje que derrubará as vedações quanto à entrada de estrangeiros vacinados em viagens não essenciais, implementadas no início de 2020 para conter a disseminação do covid-19.

Estados Unidos - EPM

AS NOVAS REGRAS

A nova política entrará em vigor em novembro deste ano e dispensará a realização de quarentena pelos viajantes completamente vacinados, sendo exigido para a entrada nos Estados Unidos, além do comprovante de vacinação, um resultado negativo de teste para covid-19, realizado dentro de três dias da partida.

Além disso, será estabelecido um sistema de rastreamento aprimorado dos viajantes. Os Centros de Controle e Prevenção (CDC) emitirão, em breve, uma ordem para que as companhias aéreas coletem os números de telefone e endereços de e-mail dos viajantes para viabilizar esse novo sistema de rastreamento. Tudo isso para que as autoridades americanas possam acompanhar os viajantes após a chegada e verificar se estão apresentando sintomas do vírus.

Vale esclarecer que as novas regras valem apenas para viagens aéreas. As restrições nas fronteiras terrestres permanecem inalteradas.

De acordo com Jeff Zients, funcionário da Casa Branca responsável por conduzir as tratativas relacionadas à pandemia, a decisão decorre do entendimento de que “Isso depende de indivíduos, ao invés de uma abordagem baseada no país, então é um sistema mais forte”. Zients ainda afirmou que o ritmo global das vacinações também colaborou para a tomada da decisão.

Aparentemente, o empurrãozinho final para o novo posicionamento teria sido a visita programada para amanhã do primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, que deveria pressionar o presidente Biden a rever a política de viagens internacionais em vigor. O primeiro-ministro gostaria de garantir reciprocidade na medida em que o Reino Unido e vários países da União Europeia permitem a entrada de americanos totalmente vacinados, sem necessidade de quarentena.
estados unidos

AS VACINAS

Permanece nebulosa a questão referente das vacinas que serão acatadas pelo Governo Americano.
Ainda de acordo com Jeff Zients, o CDC divulgará uma lista das vacinas aceitas antes que a nova política entre em vigor.
Nas regras atuais do órgão, é considerado totalmente vacinado contra a covid-19 quem tomou as vacinas aprovadas para uso emergencial nos Estados Unidos, que são as da Pfizer, Moderna e Janssen, da Johnson & Johnson. Em relação às viagens internacionais, o CDC informa que a orientação também pode ser aplicada a vacinas aprovadas para uso emergencial pela OMS, como a Oxford/AstraZeneca. Contudo, não há menção sobre a Coronavac.

O VISTO

Como sabido, brasileiros precisam de visto para viajar para os EUA e, diante da notícia, a retomada dos serviços consulares para o fornecimento de vistos de turismo deve ser providenciada em breve, ficando latente a esperança de que a disponibilidade de agendamento seja majorada a fim de suportar a expressiva quantidade de pedidos de visto reprimidos.
Estados Unidos permitirão a entrada de brasileiros vacinados

PERDA DE US$ 1,5 BILHÃO POR SEMANA

Sim, você leu certo. Essa é a cifra que os Estados Unidos perdem a cada semana, ao manter a atual política para entrada em seu território para turistas provenientes de determinados países, como o Brasil.

Não é por menos que o presidente da US Travel Association, Roger Dow, comemorou a notícia, declarando:
“A U.S. Travel Association aplaude o anúncio do governo Biden de um roteiro para reabrir viagens aéreas para indivíduos vacinados de todo o mundo, o que ajudará a reviver a economia americana e proteger a saúde pública.

Este é um grande ponto de virada na gestão do vírus e irá acelerar a recuperação dos milhões de empregos relacionados com viagens que foram perdidos devido a restrições a viagens internacionais.

A US Travel Association expressa sua profunda gratidão ao presidente e seus assessores – em particular ao secretário de Comércio Raimondo, que tem sido um defensor incansável – por trabalhar com a indústria para desenvolver um plano para reiniciar as viagens internacionais e reconectar com segurança os Estados Unidos ao mundo.”

CONSIDERAÇÕES

Nós do time EPM, esperávamos ansiosamente para dar essa notícia a vocês! Esse é um marco extremamente significativo para a retomada das viagens e a recuperação do setor turístico, tão sacrificado pela pandemia.
Ainda há detalhes a serem definidos e compartilhados pelo governo americano por isso, não deixem de acompanhar o EPM e garantir seu acesso à informação completa e atualizada sobre o tema.

E, aí? O que achou da novidade? Está chegando a hora de tirar do papel a viagem para encontrar ou reencontrar o Mickey? Conte sua opinião aqui na caixinha de comentários! Continue acompanhando aqui pelo EPM outras avaliações como essa e aproveite para seguir o meu perfil no Instagram @quevoceviaje, onde compartilho experiências, roteiros e dicas para que você viaje!

Até o próximo post!
Juliana Molinari (@quevoceviaje)

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!
Aproveita e se inscreve no canal do Youtube e no Instagram do Estevam para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!

Escrito por Juliana Molinari

Deixe um comentário