Roteiro sob medida: como organizar passeios de forma ideal

Roteiro sob medida: como organizar passeios de forma ideal

Roteiro pronto às vezes são uma mão na roda nas nossas viagens! Mas, e quando você quer conhecer lugares diferentes, fazer as coisas no seu ritmo ou tem interesses particulares… Como fazer?

Nestes casos, o ideal é montar um roteiro sob medida para aproveitar ao máximo sua viagem! Nesse texto eu vou te explicar como faço para organizar roteiros de forma que meus passeios sejam mais práticos e se adaptem ao meu tempo.

O Estevam já publicou aqui no blog, inclusive, algumas dicas para você planejar sua viagem e um roteiro flexível é uma delas!

1 – LISTE O QUE VOCÊ PRETENDE CONHECER

roteiro-sob-medida
Faça um roteiro com as prioridades para conhecer no seu destino

O primeiro passo antes de montar o roteiro ideal para sua viagem é escolher quais lugares são imprescindíveis para você. Os pontos turísticos ou passeios que não podem faltar são fundamentais para você dar um check naquele lugar!

Inclusive, se você não tiver muitos lugares em mente, esse é o momento de fazer uma pesquisa e ver o que a cidade do seu destino escolhido oferece e que te chama a atenção.

Nesses momentos é até válido você abrir roteiros prontos, ler sobre alguns locais e anotar apenas aqueles que te agradam.

2 – PESQUISE ONDE FICA SUA HOSPEDAGEM

Depois de todos os locais que você quer visitar listados, entenda a cidade geograficamente. Isso vai ser fundamental para que você consiga organizar seu roteiro de forma mais cômoda e prática.

Seu segundo passo é pesquisar onde fica sua hospedagem e, com isso, saber qual o bairro, avenida ou região da cidade onde você ficará acomodado. Aproveite e já avalie para qual direção fica o centro da cidade e principais pontos de referência que sirvam como orientação para o norte, sul, leste e oeste.

Tendo noção de onde será sua acomodação, você poderá partir para o terceiro passo.

3 – ORGANIZE SEUS PASSEIOS POR DIA

Agora é a hora de montar uma espécie de tabela para cada dia da viagem e distribuir os locais que você quer visitar.
Esta organização será por bairro, região ou direção onde você vai organizar os pontos e passeios que são próximos uns dos outros para um mesmo dia.

Uma sugestão é listar entre 4 e 6 pontos para serem visitados por dia, mas isso depende de qual é o seu ritmo.
No caso de quatro locais, são dias que você reserva para museus ou passeios que levam mais tempo. Logo, você pode conhecer dois locais pela manhã e dois pela tarde.

Para quem tiver mais agilidade e pressa – como eu – pode colocar seis pontos para visitar e ainda deixar uma listinha reserva de locais para caso sobre tempo (como eu vou explicar mais a frente).

Geralmente, prefiro começar conhecendo as coisas que são mais próximas de onde estou hospedada. Primeiramente, porque isso faz com que eu me familiarize com a região onde vou estar nos próximos dias e descubra onde ficam estabelecimentos que podem ser úteis.

Viagem ao norte de Portugal

Guimarães

Dia 19 (Lugares próximos do Hostel)

  • Campo de São Mamede
  • Castelo de Guimarães
  • Igreja de São Miguel do Castelo
  • Paço dos Duqueses de Bragança

Dia 20 (Lugares mais distantes do Hostel)

  • Museu Arqueológico da Sociedade Martins Sarmento
  • Largo do Toural
  • Largo da Oliveira
  • Museu de Alberto Sampaio
  • Largo República do Brasil

Sempre uso esse primeiro dia para, se possível, fazer o passeio a pé e explorar uns três lugares do meu roteiro. Afinal, o primeiro dia pode ser cansativo e sempre opto por voltar cedo para a hospedagem e me preparar para o dia seguinte.A partir do segundo dia, opte pelos passeios que exigirão maiores deslocamentos ou possuam mais lugares para ir em uma mesma direção. Afinal, você já terá descansado do seu dia de deslocamento até o destino e poderá se jogar na cidade para conhecê-la ao máximo!

Viagem a Porto, Portugal

Dia 22 (Roteiro ao sul do Hostel)

  • Livraria Lello
  • Sé do Porto
  • Orla da Ribeira
  • Ponte Luís I
  • Vila Nova de Gaia (Miradouro Serra do Pilar; Mosteiro Serra do Pilar; Jardim do Morro; Marginal de Gaia)

Dia 23 (Roteiro a Oeste do Hostel)

  • Torre dos Clérigos
  • Miradouro da Vitória
  • Palácio da Bolsa
  • Igreja Monumento a São Francisco
  • Jardins do Palácio de Cristal

4 – DEIXE UMA LISTA DE PASSEIOS RESERVA

Se a sua viagem for curta e de poucos dias, pode ser que os lugares listados sejam suficientes para o roteiro. Entretanto, quanto mais dias você estiver viajando, mais coisas poderão ocupar seu roteiro. Às vezes, até coisas que nem estavam nos seus planos!

Por isso, recomendo sempre uma lista extra com passeios reservas. Essa lista será para os dias que sobrarem tempo, após você conhecer suas prioridades.

Alguns exemplos que você pode deixar nessa lista reserva são:

  • bate e volta em cidades próximas
  • museus extras para visitar
  • um dia como um morador local (explore lugares menos famosos, restaurantes pequenos, vá em bairros menos turísticos)
  • um dia no parque (faça compras em um supermercado e faça um piquenique em algum lugar arborizado e calmo)

Se sobrar tempo em Munique, escolha uma opção:

  • Palácio Nymphenburg – ( 57 min da estação de ônibus – direção oeste)
  • Palaeontological Museum – (20 min da estação de ônibus –  direção nordeste)
  • Allianz Arena – (2h30 da estação de ônibus – direção norte)

Em resumo, organize seu roteiro priorizando distâncias, direções e quanto tempo você terá para suas prioridades.
Desta forma, os seus planos durante a viagem serão mais confortáveis, seguindo uma ordem de deslocamentos e visitas no seu ritmo! 

Por Milena Lopes

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!
Aproveita e se inscreve no canal do Youtube e no Instagram do Estevam para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!

Escrito por Lucas Estevam

Deixe um comentário