Monte Verde em clima de Natal

Conhecida por suas montanhas, atividades radicais e gastronomia, Monte Verde ganha mais um atrativo nessa época do ano – sua programação e decoração de Natal!
Sou Juliana Molinari, criadora do @quevoceviaje, e neste post vou compartilhar a experiência de visitar a chamada “Suíça Mineira” durante o seu Festival de Natal!

MONTE VERDE

Localizada no Sul de Minas Gerais, em plena Serra da Mantiqueira, a pouco mais de 160 km da cidade de São Paulo, Monte Verde faz parte do município de Camanducaia e é um distrito muito bem estruturado para o turismo, com variedade e qualidade de hotéis, restaurantes e atividades de lazer.
Monte-Verde-Natal
Se você estiver em São Paulo, não aconselho um bate volta, apesar da viagem não levar mais de 3 horas de carro. A estrada entre Camanducaia e Monte Verde é sinuosa e demanda muita atenção, o que pode tornar o trajeto mais cansativo, mas principalmente, uma viagem tão corrida assim vai te privar de conhecer o essencial de Monte Verde. Dessa forma, o ideal é dormir ao menos 1 noite e curtir as montanhas sem pressa. Afinal, você não quer carregar o stress da cidade grande com você, não é?!
Onde ficar: Existem dezenas e dezenas de hotéis e pousadas em Monte Verde, muitas com uma pegada mais romântica, mas diversas que atendem a grupos e famílias. Ficar próximo da Avenida Monte Verde (o coração da cidade) é uma boa porque te permite fazer muita coisa sem precisar do carro. A minha escolha foi o Esquilo Hotel & Chalés, que como o próprio nome diz oferece chalés, que são ideais para famílias como no meu caso, com lareira, frigobar e mezanino. Além disso, o hotel conta com piscina aquecida, banheira de hidromassagem, salão de jogos dentre outros espaços de lazer.
monte-verde
monte-verdemonte-verde
monte-verde
monte-verde monte-verde
Na hora de pesquisar e agendar sua hospedagem, aproveite o desconto do Blog EPM no Booking.com clicando aqui.

Quando ir

Apesar da cidade ser mais procurada no inverno, quando é possível curtir o friozinho típico das montanhas, Monte Verde pode ser visitada o ano inteiro.

O que fazer

A cidade é muito bem preparada para receber os viajantes e conta com uma diversidade de atrações. Vou destacar algumas delas aqui.

Explorar o centro da cidade

A Avenida Monte Verde, principal via da cidade, reúne diversos barzinhos, restaurantes, chocolaterias, lojinhas e galerias que podem ser exploradas numa caminhada sem compromisso.
monte-verde monte-verde
monte-verde monte-verde

Trilhas

Em razão de sua localização, a aproximadamente 1.500 metros de altitude, Monte Verde é ideal para fazer trilhas, das mais simples até as que exigem mais esforço e o acompanhamento de um guia.
Tinha planejado fazer a trilha do Pinheiro Velho, que se inicia na avenida principal, localizada bem em frente à famosa chocolateria Gressoney e cujo nível de dificuldade dizem ser baixo. Infelizmente, não foi possível fazê-la em razão das chuvas na noite anterior, que deixaram o solo muito úmido e escorregadio. Mas, fica a dica!

Fazenda Radical

Um espaço dedicado para atividades radicais: Mega Tirolesa com 1.050 metros de extensão e mais de 70 metros de altura, arvorismo, passeios de quadriciclo, paredes de escalada, arco e flecha, dentre outras. É possível comprar pacotes ou atividades avulsas.

Patinação no gelo

Sim, Monte Verde tem uma pista de patinação no gelo! Mais uma atração que agrada a todos, dos enamorados às famílias com crianças. Não deixe de viver esse momento de exaltação, viajante!

Onde comer?

São inúmeras as opções gastronômicas, com destaque para a italiana, alemã, suíça e mineira. Vou compartilhar com vocês sugestões de almoço, sobremesa e jantar que, na minha opinião, são imperdíveis!

Villa Amarela

Lugar ideal para comer a típica comida mineira, com fartura e um preço extremamente justo.
Não deixe de pedir como entrada uma porção de bolinhos de arroz recheados com queijo! Simplesmente, sensacional!
monte-verde
De acordo com o cardápio, o leitão à pururuca, com tutu de feijão, torresmo, couve, arroz e banana à milanesa serve até 3 pessoas, mas vou falar pra você, viajante, estávamos em 4 e o prato deu e sobrou muitoooooo!
monte-verde
E, o preço? R$119,90!!!!!

Gressoney

Depois de um leitão à pururuca, se você ainda tiver condições de ingerir mais alguma coisa, sugiro que dê uma passadinha nessa Chocolateria que, além de vender deliciosos chocolates, tem em seu cardápio a famosa sopa de morango de Monte Verde.
Pena que a imagem abaixo não consegue transmitir a gostosura que é esse negócio: uma espécie de purê de morango (devem usar uma caixa de morango pra fazer cada sobremesa!), com uma bola de sorvete de creme no meio, coberta com chocolate derretido! M A R A V I L H O S A!!!!!
monte-verde
Outro doce famoso da casa é a prímula, prima do alfajor. Apesar do “parentesco”, a chocolateria garante que a prímula tem um sabor único. Não deixe de provar!
monte-verde

Mont Vert (Casa do Fondue)

Não dá para visitar a “Suíça Mineira” e perder a oportunidade de degustar o famoso prato de origem suíça.
Minha sugestão é viver essa experiência gastronômica no Mont Vert, também chamado Casa do Fondue, restaurante tradicional de Monte Verde que oferece em seu cardápio a fondue em formato de rodízio (doce e salgado) ou avulso.
No rodízio, pra começar, são servidas as carnes cruas e a chapa quente para que você mesmo as prepare, tendo como acompanhamento 8 molhos numerados e identificados. Já a fondue de queijo vem pronto para banhar as batatas e pães servidos. Em seguida, é a vez da fondue de chocolate, com bolachas, marshmallows, frutas e suspiros – um delírio para quem é formiga como eu! Ah! E, como qualquer rodízio, você tem direito a repeteco, se quiser!

 

Festival de Natal

Anualmente, Monte Verde celebra o Natal, mas 2020 promete ser o ano da maior comemoração de sua história!
O tema deste ano é “Natal Cultural nas Montanhas – Uma história em Bauer”. Teve inspiração na técnica de pintura “Bauernmalerei” ou, simplesmente, Bauer, que significa pintura de camponês. Trazida da Alemanha por antigos moradores, a pintura costumava ser feita por camponeses que durante o inverno ficavam reclusos em suas casas e aproveitavam para decorá-la com a técnica.
Com um investimento estimado de 1 milhão de reais, as ruas estão lindamente decoradas e a programação está especial: desfile de personagens, carro iluminado passeando pelas ruas, teatro de bonecos, contador de histórias, atuações de artistas de ruas e o “Caminho dos Pinheiros” com dezenas de pinheiros decorados e iluminados pelos moradores.

 
O Festival se estenderá até 03 de janeiro de 2021 e merece sua visita, viajante!
Gostou das dicas? Ficou com alguma dúvida? Conte pra gente na caixinha de comentários logo abaixo desse post. E, não deixe de dar uma olhada no @quevoceviaje e, se curtir, é só seguir e acompanhar os meus posts feitos para que você viaje!
Por fim, para mais dicas de viagens pelo estado de Minas Gerais, clique AQUI no EPM.
Um beijo e até o próximo post!

Por: Juliana Molinari

 

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes! Aproveita e se inscreve no canal do Youtube e no Instagram do Estevam para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens e reviews de companhias aéreas!

Escrito por Lucas Estevam

Deixe um comentário