Palácio Tangará tem a suíte mais cara do Brasil

Palácio Tangará tem a suíte mais cara do Brasil

Fala, viajante! Tudo bem com vocês? Agora, o Brasil 60 está na região Sudeste do Brasil. Hoje, vou compartilhar com vocês um lugar muito especial em São Paulo, capital: o Palácio Tangará, um hotel icônico da cidade, cheio de charme e muito luxo. Eu passei uma noite neste hotel e vou te contar tudo sobre ele!!

Lembrando que o Brasil 60 é o meu novo projeto, onde eu vou visitar 60 destinos brasileiros e registrar tudo em vídeo e em posts aqui no blog para vocês acompanharem tudinho. A New Trip está comigo nesta aventura, claro!!
Aliás, aproveita e já dá uma olhada no meu vídeo: 

Se você quer se hospedar em um hotel, que é exemplo da alta hotelaria no Brasil, o Palácio Tangará é a dica que eu te dou. Aliás, exclusividade é tudo neste hotel, que tem a suíte mais cara do Brasil. Para se hospedar na Royal Suíte, você precisa desembolsar a bagatela de R$ 38 mil a diária.

É isso mesmo, viajante! Mas, calma que tem diárias a partir de R$ 1.575, de acordo com a temporada.
O Palácio Tangará é mais que um hotel cinco estrelas, eu diria que é quase um seis estrelas.

O hotel é administrado grupo alemão do setor hoteleiro de luxo Oetker Collection, que administra pouquíssimos hotéis no mundo, justamente pela exclusividade do seu portfólio. Aliás, o Palácio Tangará é o único hotel do grupo na América Latina.

Desde a sua inauguração, o hotel já acumula uma lista de prêmios das principais publicações mundiais. Inclusive a premiação de “Melhor hotel do Brasil”, da Condé Nast Traveller Gold List 2021. Além disso, é a única propriedade no Brasil que possui o selo VERIFIED™ da Forbes Travel Guide.

O Hotel

Palácio Tangará - EPM


O Palácio Tangará possui 141 quartos espaçosos, sendo 59 deles suítes chiquérrimas e que têm as melhores vistas da região, que fica nos arredores do exuberante Parque Burle Marx. A construção do hotel teve início em 2013, mas só em 2017 foi inaugurado.

Tangará vem do nome de um pássaro que é, inclusive, símbolo do hotel. Este pássaro é muito comum nesta região da cidade (Zona Sul), conhecida como Panamby, e que um dia já foi uma fazenda da família Matarazzo.
É um excelente lugar para uma staycation. Já ouviu falar em staycation (stay + vacation)? É tipo tirar férias sem sair da sua própria cidade.

O Palácio Tangará é ideal para essa modalidade de férias, já que está a cerca de 30 minutos do centro da capital e dos principais bairros e atrativos e, ao mesmo tempo, num lugar tranquilo para fugir da agitação. Nem parece que estamos em São Paulo.

Entre as experiências que os hóspedes deste hotel podem ter está a culinária do chef Jean-Georges Vongerichten, que é uma verdadeira obra de arte gastronômica. Outro destaque do Tangará é o Flora Spa e as lindas piscinas (interna e externa) para relaxar e desfrutar momentos relaxantes e de pura exaltação neste oásis urbano.

Experiências gastronômicas

Jantar

Palácio Tangará - EPM

Jean-Georges Vongerichten é o nome do restaurante e do chef que assina todas as delícias servidas nele. Este chef premiado com várias estrelas Michelin serve alta gastronomia francesa e asiática, com um leve toque da culinária brasileira.

Localizado no andar térreo do hotel, este restaurante tem vista para o Parque Burle Marx e oferece um ambiente extremamente elegante, além de uma experiência gastronômica exclusiva.

No jantar, pedimos de entrada o famoso sushi de salmão crocante (R$ 85), a burrata com maracujá (R$ 89) e o polvo grelhado (R$ 142). De prato principal, pedi um camarão com risoto (R$ 158) e o Hugo pediu um robalo com ervas e legumes (R$ 162).

Tudo isso harmonizado com um ótimo vinho, indicado pelo sommelier. Aliás, este restaurante possui uma carta com mais de 280 rótulos selecionados do mundo todo. De sobremesa, morangos flambados com doce de leite (R$ 50) e um cafezinho.

Palácio Tangará - EPM
Palácio Tangará - EPM

Café da manhã
O café da manhã é servido à la carte, no mesmo restaurante. Pães, frios e frutas, além de opções de pratos quentes como tapioca e ovo poché, por exemplo. Sucos, café e leite também estão entre as bebidas servidas.


Você também pode optar por pedir o café no quarto. Para isso, basta preencher um formulário com o que você vai querer. As opções são muitas, entre frutas, pães, bebidas e pratos quentes.

Almoço

Para o almoço, escolhemos o Pateo do Palácio, um restaurante ao ar livre, localizado no terraço central do hotel, em meio ao verdejante do Parque Burle Max e um enorme chafariz.

As mesas são cobertas por grandes guarda-sóis e o menu, também do chef Jean-Georges Vongerichten, oferece opções de clássicos europeus com sabores brasileiros.

Pedi de entrada uma burrata (R$ 80) e um drink de Aperol (R$ 50), que eu amo. Para o prato principal, um salmão harmonizado com um vinho branco, indicado pelo sommelier do restaurante. E de sobremesa, pavlova de morango.
Eu também provei a coxinha mais cara do mundo, que custa R$ 92. Isso porque ela tem caviar em cima. É uma delícia, mas aí fica a pergunta: você pagaria essa pequena fortuna por esta coxinha?

Drinks

Além dos restaurantes principal e ao ar livre, o hotel conta com dois bares conceitos. O Parque Lounge, para tomar um chá da tarde ou petiscar e beber um drinque no balcão. E o Burle Bar, um bar escondido que lembra uma taverna rústica, sem janelas e com pouca iluminação, que serve drinks criados pela mixologista carioca Ariane Moreira.

A Royal Suíte

Palácio Tangará - EPM


Esta categoria vai além da suíte presidencial. A Royal Suíte é a mais cara do Brasil e sua diária custa nada menos que R$ 38 mil. Nem preciso dizer o quanto ela é luxuosa e confortável, não é mesmo?

Mas vou dizer mesmo assim. A suíte é confortável e suntuosa e traduz o que há de mais luxuoso oferecido pelo Palácio Tangará. Digna de chefes de estados e celebridades!

Dos seus 560 metros quadros, 260 m2 estão no amplo terraço panorâmico, com guarda-sóis, sofás e mesas. Já a parte interna, de 300 m2, é pura elegância, sofisticação e exaltação, milimetricamente bem decorada. O espaço interno é dividido em hall, living, cozinha e sala de jantar para 12 lugares, lavabo, escritório e suíte com closet.
De tão grande, dá pra fazer uma festona com todos os amigos, não é mesmo? Aliás, esta suíte comporta uma festa de casamento para até 30 pessoas. Que chique!

Veja mais fotos do hotel:

É isso, viajante! Minha experiência no Palácio Tangará foi ótima. Fui muito exaltado. Mas, agora precisamos seguir com o Brasil 60. Fica ligado aqui no blog e segue lá o meu canal do YouTube para ficar por dentro de tudo que rola no Projeto Brasil 60
 
Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!
Aproveita e se inscreve no canal do Youtube e no Instagram do Estevam para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!

Escrito por Lucas Estevam

Deixe um comentário