SMILES: FIQUE POR DENTRO DAS TARIFAS AWARD E COMERCIAL

Neste post esclareceremos as diferenças entre os dois tipos de tarifas oferecidas pela Smiles em seus resgates. São elas Award e Comercial
Logo Smiles

DIFERENÇAS ENTRE AS TARIFAS 

Confira abaixo a diferença entre os dois tipos de tarifa. 

AWARD

Trata-se da maneira clássica de emissões com milhas. As empresas aéreas liberam um número x de assentos numa classe tarifária específica (para uso com milhas) e os programas de fidelidade parceiros permitem que os seus usuários usem suas milhas para o resgate. Bilhetes nesta tarifa não geram milhas e nem contam como trecho para mudar de categoria. Via de regra, o número de assentos e datas são limitados.

COMERCIAL 

São bilhetes emitidos em classe pagante. Isto quer dizer que, apesar do cliente usar suas milhas para a emissão, a Smiles compra os bilhetes da empresa parceira e os oferece ao usuário como se fossem uma passagem tarifada em milhas. O que faz a Smiles nada mais é do que converter o valor que a passagem custa no mercado em milhas aéreas. Via de regra, uma vez são bilhetes pagantes, a oferta de assentos disponível é maior que nas tarifas award.

COMO DIFERENCIAR AS TARIFAS 

É fácil diferenciar uma Tarifa Award da Tarifa Comercial.
As Tarifas Award:

  • Permitem o uso do Viaje Fácil;
  • Permitem reembolso pelo custo de R$350 fixo (tarifas comerciais geralmente não são reembolsáveis).

Smiles
Vale lembrar que o selo do Viaje Fácil só aparecerá para voos que partem pelo menos com 61 dias de antecedência da data da busca. Fique atento. 

VIAJE FÁCIL 

Para quem não lembra, o Viaje Fácil é a ferramenta da Smiles onde o cliente tem a opção de emitir seu bilhete sem ter saldo em conta. Isso mesmo. A emissão é realizada e o bilhete fica emitido, digamos…  de maneira congelada até entrar saldo de milhas na sua conta. O Viaje Fácil é uma ótima ferramenta oferecida aos clientes Smiles.

LISTA DE COMPANHIAS

Confira a lista de companhias que oferecem exclusivamente Tarifas Award na Smiles:

  • Air Canada
  • Air France
  • Copa Airlines
  • Etihad
  • KLM
  • Korean Air

Lembrando que a Qatar Airways integrava esta lista até o fim da parceria com a Smiles há menos de uma semana. E sem aviso prévio
Confira agora as companhias que oferecem exclusivamente Comerciais:

  • Ethiopian
  • Royal Air Maroc
  • TAAG
  • VOEPASS
  • +35 companhias (como Alaska, Thai, Virgin Australia e Vueling)

Há também as empresas que são híbridas e oferecem ambos os formatos de tarifas. Confira:

  • Aerolíneas Argentinas
  • Aeromexico
  • Air Europa
  • American Airlines
  • Emirates
  • TAP

OBSERVAÇÕES 

Tal qual como visto no início do post, a Tarifa Comercial é um reflexo direto da Tarifa Pagante.
A Tarifa Comercial geralmente é mais cara para o cliente e dificilmente possui opção em Classe Executiva a preços viáveis. Igualmente, a política de reembolso é mais alta e em muitos casos, não existe.
Vale lembrar que a Smiles é bastante clara em seu regulamento que as tarifas comerciais não são elegíveis para acúmulo de milhas no programa. Por outro lado, recomendo que tente pontuar em algum programa parceiro. Já aconteceu comigo inúmeras vezes das milhas serem creditadas! 

Outro ponto a ser levado em consideração é que, via de regra, os bilhetes no formato comercial têm taxas mais elevadas do que os bilhetes award. Isto ocorre uma vez que o Smiles repassa para o consumidor exatamente as mesmas taxas que a empresa parceira cobra nos seus bilhetes pagantes. Muitas vezes, inclusive, a famigerada taxa de combustível. (YQ ou YR) que pode chegar a valores astronômicos… 
Confira abaixo um exemplo de bilhete na tarifa comercial (com taxa de combustível inclusa): 
Smiles

CONSIDERAÇÕES

A Smiles, devido a concorrência, lançou mão, sob a ótica comercial, dos programas de fidelidade, e foi através da adoção das tarifas comercias que conseguiu suprir a lacuna com as rotas internacionais da GOL e da até então, pouca quantidade de parceiros aéreos. 
Através da tarifa comercial, o programa nos oferece a possibilidade de comprar bilhetes em uma vasta gama de empresas aéreas. Esta negociação se dá de maneira direta no mercado, fora de contratos engessados de programas de fidelidade.
O consumidor, numa ponta se beneficia, uma vez que o programa lhe oferece uma oferta maior de oportunidades de resgates (efetuados diretamente no próprio site da Smiles). Por outro lado, o consumidor na grande maioria dos casos pode vir a sair perdendo, visto que as tarifas Comerciais (sobretudo em cabines premium) costumam ser bem mais caras que nas tarifas Award. 
Igualmente, vale lembrar, a estratégia de adotar a tarifa Comercial faz com que a Smiles consiga bater de frente com os programas dos bancos que, por sua vez, estão cada vez mais investindo em seus próprios programas de fidelidade. Talvez você não saiba, mas Livelo, iupp a Esfera já têm suas próprias agências de viagem e já emitem, e não é de hoje, passagens no formato “comercial”. Os bancos saíram na frente, é fato, e este movimento se deu (e ainda se dá) para evitar que pontos sejam transferidos para os programas aéreos como a Smiles, LATAM Pass, TudoAzul, TAP Miles&Go e outros demais. 

QUEM SOU EU?

Lucas Cabral, editor-chefe aqui do EPM, bem como chefe de edição para programas de fidelidade, cartões de crédito, pontos, milhas aéreas e afins. Se quer me conhecer melhor, saber quem eu sou e saber como eu vim parar aqui basta dar uma sacada no meu primeiro post, quando fui oficialmente lançado aqui no Estevam Pelo Mundo. Para isso basta clicar aqui. Igualmente, se gostou de mim ou quer ir conferindo algumas das minhas fotos de viagem e de algumas exaltações proporcionadas por milhas e pontos basta dar um follow lá no Instagram. Meu nome na rede é @lucasmcv 😉
Por fim, um grande abraço e até o próximo post!

LUCAS CABRAL

 
Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios e compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo  gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto aos viajantes. 
 
 
 
 
 

Escrito por Lucas Cabral

Deixe um comentário