O que fazer na Argentina: passeios na Cordilheira dos Andes

O que fazer na Argentina: passeios na Cordilheira dos Andes

Programando uma viagem para a Argentina? Se tem um passeio que vale a pena ser feito se você pretende explorar a região oeste do país é a visita à Cordilheira dos Andes. Existem várias formas de conhecer algumas das maiores montanhas das Américas e do mundo. Experiências das mais aventureiras as mais tranquilas que, definitivamente, devem entrar no seu roteiro de o que fazer na Argentina

A Cordilheira dos Andes é uma formação montanhosa que abrange não só a Argentina, mas também a Venezuela, a Colômbia, o Equador, o Peru, a Bolívia e o Chile, e é considerada a maior cordilheira continental do mundo em comprimento. 

Nela está o Aconcágua, a maior montanha das américas e do hemisfério sul do planeta medindo mais de 6.960 metros de altura – um dos principais atrativos de quem visita a Cordilheira. E o melhor de tudo: não é caro, nem difícil, conhecer esse lugar fantástico! 

Nesta dica de o que fazer na Argentina, vou te contar como visitar os Andes e o Aconcágua, partindo da cidade de Mendoza, localizada a oeste do país! 

Como ir para Mendoza   

Saindo do Brasil, apenas a Latam possui voo direto de São Paulo para Mendoza, rota realizada duas vezes por semana partindo de Guarulhos. 

A forma mais comum (e possivelmente mais barata) de ir à Argentina é com a GOL, Latam, Aerolíneas Argentinas, British Airways, Air Canada, Swiss, Ethiopian, Turkish ou ainda com a low cost Fly Bondi, saindo de São Paulo para Buenos Aires

A GOL, a Aerolineas e a Fly Bondi também realizam o trecho para a capital argentina saindo do Rio de Janeiro. 

Em todas essas companhias, é possível realizar uma escala ou conexão em Buenos Aires e depois voar até Mendoza. 

Se você está buscando as melhores passagens para viajar para este destino, a EPMilhas está disponível para te ajudar! Basta solicitar um orçamento apresentando as datas de quando você pretende viajar.

Preencha o formulário para orçamento de passagens aqui!

Se quiser, você também pode entrar em contato com a equipe EPMilhas através do WhatsApp! Acesse aqui!

Onde consigo os passeios e pacotes para a Cordilheira dos Andes

A maior facilidade que você vai ter em Mendoza, dentre as opções do que fazer na Argentina, é encontrar empresas que fazem passeios e roteiros nas montanhas da região.

Além de encontrá-los através de sites e poder fazer reservas online, você também pode encontrá-los ao chegar em Mendoza, em agências de turismo ou com indicações do próprio lugar onde ficará hospedado. 

Recomendações

Um conselho para economizar no passeio é deixar para pagá-lo em pesos na Argentina. Sai mais barato do que reservar antecipadamente aqui do Brasil pagando em reais ou em dólares. 

E não se preocupe com o risco de disponibilidade. A variedade de empresas que fazem esses passeios é boa e dificilmente você ficará sem vaga para a atividade que escolher. 

Uma coisa que você deve levar em consideração é o período do ano em que deseja viajar para a Argentina. A precipitação de neve na Cordilheira durante o inverno normalmente faz com que os passeios para os Andes sejam suspensos. Então, esteja atento à estação do ano em que vai viajar.

Passeio da Alta Montanha

O que fazer na Argentina Passeio Alta Montanha

Este é o mais famoso passeio para fazer na Argentina se você está na cidade de Mendoza, por exemplo. O roteiro para Alta Montanha é feito por várias empresas de turismo para quem quer conhecer um pouquinho da Cordilheira. 

Esta é a atividade ideal para quem está em família, com crianças ou não. Tem experiência com longas caminhadas e para quem curte aventura. Isso porque o percurso é feito de van ou ônibus, com paradas apenas nos locais de visitação para que as pessoas possam conhecer e tirar fotos. 

A Alta Montanha é um passeio que dura cerca de 8 horas, com guia (normalmente falando em espanhol) que atravessa a Rota Internacional 7, uma estrada que liga a Argentina ao Chile em meio à Cordilheira. 

Estas são as principais paradas que o tour oferece para os turistas:

Dique Potrerillos: um reservatório de água de degelo construído para produção de energia hidrelétrica e abastecimento para irrigação na região.  

Ponte de Picheuta: construção histórica utilizada pelo Exército Libertador sob comando do General San Martín durante a luta pela independência da Argentina. 

Vista para o Aconcágua: parada na estrada para desfrutar a vista de um dos mirantes para a maior montanha do Hemisfério Sul do planeta.  

Cristo Redentor dos Andes: subida a quase 4.000 metros de altitude até a divisa montanhosa da Argentina com o Chile. 

Las Cuevas: localidade com hospedagens e pequenos comércios no meio da estrada, geralmente adicionada no roteiro para que os turistas comprem alfajores andinos. 

Ponte Inca: antiga ponte natural de curiosa formação sedimentar sobre o Rio Las Cuevas. 

Visita ao Parque Aconcágua 

O que fazer na Argentina  Aconcágua

Uma atividade para quem gosta de aventura é limitar o passeio ao trecho da Cordilheira, que pertence ao Parque Provincial Aconcágua

Diversas empresas credenciadas oferecem tracking curtos (de 4 a 6 horas) e longos (até 9 horas) para quem deseja explorar o local a pé e desfrutar de pertinho as montanhas. Normalmente, é orientado que essas atividades sejam feitas com pessoas de no mínimo 16 anos. 

Além disso, para os que possuem interesse em elevar ainda mais o nível de aventura (e já possuem alguma experiência de pernoitar em camping) existem caminhadas que duram três e sete dias e atravessam o parque. 

Nessas oportunidades, é possível chegar muito mais próximo do Aconcágua do que pelos passeios da Alta Montanha e a experiência de caminhar nas trilhas da cordilheira são inigualáveis. 

Pôr do sol a cavalo na Cordilheira dos Andes

O que fazer na Argentina Cordilheira dos Andes

Um passeio mais tranquilo e que é muito recomendado na região é conhecer parte da Cordilheira durante a tarde e ver o pôr do sol entre as montanhas montando a cavalo. 

Os passeios duram uma média de 2 a 5 horas de cavalgada (a depender do pacote). Os passeios mais longos ainda podem incluir trechos para visar vinícolas mendocinas, que ficam nos arredores da Cordilheira

Esta é uma das atividades com os melhores visuais panorâmicos das montanhas e uma oportunidade única de ver o pôr do sol na Argentina de forma especial. 

Considerações

Se você está planejando uma viagem e listando o que fazer na Argentina, Mendoza é uma cidade muito charmosa e a proximidade da Cordilheira dos Andes faz o destino ser ainda mais atrativo! 

Todos os passeios até as montanhas saem muito baratos, sobretudo pela quantidade de horas que você passa visitando. Garanto que é um investimento, pois as paisagens e as experiências são fantásticas.   

Inclusive, está ainda mais fácil viajar para a Argentina a partir do dia 29/01 com a retirada da exigência de teste de covid para desembarcar no país! Confira aqui

Para continuar acompanhando as melhores oportunidades de viagem e dicas de destinos, não deixe de acompanhar os posts do Estevam Pelo Mundo!

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celular, aluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no  canal do Youtube e no Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!

Escrito por Milena Lopes

Deixe um comentário