Cuidados e dicas para quem vai viajar com criança

Cuidados e dicas para quem vai viajar com criança

Se você é pai, mãe ou será responsável por viajar com criança, já sabe que os cuidados e a atenção quanto aos planos devem ser redobrados. Tanto para a segurança quanto para o bem-estar dos pequenos, é preciso que tudo esteja organizado previamente antes do embarque. 

Neste post, vamos trazer regras, documentações e lembretes para você se organizar e ter uma viagem tranquila, sem estresses para você e para os viajantes mirins. 

Documentos necessários

A regra básica para viajar com crianças é comprovar o registro dela e a relação parental do acompanhante responsável. 

A Carteira de Identidade ou equivalente dos pais deve comprovar a filiação com o menor através de Certidão de Nascimento ou identidade da criança, em caso de voos nacionais.  

É importante reforçar que o nome do responsável deve ser idêntico ao registrado no documento pessoal do menor. 

O mesmo vale para os passaportes de todos em viagens internacionais. Tanto o documento da criança quanto de seus responsáveis devem ser apresentados e o nome dos pais deve estar exatamente igual no seu documento e nos documentos dos filhos. 

Viagem com crianças sem os pais

Para viagens em que a criança será acompanhada por outro adulto da família que não sejam seus pais, é imprescindível a Certidão de Nascimento ou uma autorização legal para quem embarca com o menor.

Todos os menores de 12 anos devem estar acompanhados desses requisitos, já que não podem viajar sozinhos mesmo dentro do Brasil.  

Normalmente, em voos nacionais, irmãos, avós ou tios podem viajar com a criança apresentando somente a Certidão de Nascimento dela – suficiente para comprovar o parentesco. Para outros membros da família, a autorização legal feita pelos pais com reconhecimento de firma de ambos em cartório deve ser apresentada junto com os documentos de identificação. 

Em voos internacionais, independente do grau de parentesco do acompanhante, uma criança que viaja sem os pais necessita da autorização judicial para embarcar. 

Caso não haja grau de parentesco entre o menor e seu acompanhante, além do documento registrado com autorização dos pais, pode ser exigida uma Autorização Eletrônica de Viagem.

Em todo caso, sempre confirme as regras com a companhia aérea com a qual irá viajar e, caso tenha dúvidas, confira as regras na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que indicam todas as regras para viagens de e com menores. Acesse aqui!

Mala para viajar com criança 

Normalmente, é possível levar um artigo pessoal da criança, um sistema de retenção infantil ou um carrinho dobrável junto com você na hora de embarcar. Obviamente, todos eles devem respeitar o tamanho limite para serem acomodados dentro do voo. Caso contrário, eles serão despachados junto com as malas. 

É importante também que o artigo pessoal da criança tenha todos os itens que ela irá pedir ou precisar durante a viagem. Para ela, longos trajetos podem ser incômodos e ao menos alguns itens essenciais precisam estar ao seu alcance. 

Se não puder levar estes objetos em um artigo pessoal, garanta espaço para eles na sua mala de mão, levando o básico para atender, cuidar e entreter a criança durante o trajeto. 

Tenha com você a alimentação básica, brinquedos para distraí-la, material de higiene, roupa extra, medicamentos e, mesmo que na aeronave você possa pedir água para os comissários, previna-se comprando uma garrafa na sala de embarque.

A depender da idade da criança, lembre-se de vesti-la com roupas confortáveis e práticas, principalmente para ela utilizar o sanitário do avião. 

Passagens aéreas

Em voos nacionais, crianças menores de dois anos não pagam pela passagem aérea. Contanto que o menor esteja acompanhado de seu responsável para irem acomodadas no colo, não é preciso pagar a reserva de uma poltrona para a criança.

Em voos internacionais, no entanto, as companhias aéreas costumam cobrar 10% da tarifa da passagem de um adulto para o embarque do menor que ficará acomodado no colo. 

Tanto para voos nacionais quanto internacionais, as empresas costumam cobrar uma passagem integral para os responsáveis que quiserem uma poltrona vazia garantida para a criança. 

Uma outra indicação é fazer a escolha de assentos de forma que a viagem seja mais prática e cômoda para sua movimentação com a criança. Conseguir um upgrade ou adquirir as passagens em classes melhores que a econômica, principalmente em voos longos, é uma opção. 

Em viagens curtas e nas poltronas mais simples, você pode optar por viajar no assento do corredor, por exemplo, que te dará mais espaço para levantar e sentar com a criança. 

Passagens internacionais em melhores classes

A melhor forma de conseguir passagens em classes melhores que a econômica para viagens internacionais é utilizando milhas! Com elas, você pode encontrar tarifas que custam o mesmo valor das poltronas mais simples para viajar com mais conforto e espaço.

Para conseguir estas oportunidades, conte com a ajuda da EPMilhas para buscar e comprar os bilhetes com as melhores ofertas.

Para solicitar um orçamento de passagens preencha este formulário ou entre em contato com a EPMilhas pelo WhatsApp aqui

Regras de entrada no Brasil para crianças 

Atualmente, crianças também precisam estar vacinadas contra a Covid-19 para entrar no Brasil, assim como adultos. No entanto, as regras mudam para o acesso à fronteira por diferentes transportes. 

Você pode conferir os detalhes sobre idade e documentos para viajar para o Brasil com crianças vacinadas neste post que fizemos aqui no site atualizando as regras de entrada do país

Roteiros

Se sua viagem será a turismo e você está levando crianças com você, lembre-se de montar um roteiro que a inclua e não seja desgastante para ela. 

É sempre importante colocar na programação prévia as melhores formas de locomoção, sem incluir caminhadas longas e priorizar passeios em que ela possa participar sem que seja exaustivo ninguém, o objetivo é que todos possam aproveitar. 

Por isso, escolha bem o destino que pretende ir, quais as atrações que podem ser práticas e divertidas para estar com a criança e não coloque muitos planos em um único dia. Geralmente, viajar com menores exige que as coisas sejam feitas com calma e horários definidos.  

Considerações

E você, tem experiências em viajar com crianças e possui dicas para compartilhar conosco? Deixe aqui nos comentários para ajudar outros viajantes! 

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no  canal do Youtube e no Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!

Escrito por Milena Lopes

Deixe um comentário