Conheça Praia do Forte, vilarejo que ganhou turistas do Brasil e do exterior

Fala, viajante! Tudo bem com vocês? O Brasil 60 está no Nordeste e depois de conhecer a capital da Bahia, Salvador, agora nossa viagem desembarca em Praia do Forte e Ilha dos Frades. Então, vem comigo, viajante, porque eu vou te contar tudo o que você pode fazer nestes destinos lindos.
Lembrando que o Brasil 60 é o meu novo projeto, onde eu vou visitar 60 destinos brasileiros e registrar tudo em vídeo e em posts aqui no blog para vocês acompanharem tudinho.
Em primeiro lugar, dá uma olhada no meu vídeo:

 

Praia do Forte

O nome se deve justamente pelo forte que há no local. Este pequeno vilarejo de pescadores foi crescendo em torno da fortaleza que Garcia D’Ávila, primeiro governador geral Tomé de Souza, construiu no século 16 (ano de 1551), para proteger o lugar.
Ao longo dos anos, o vilarejo ganhou notoriedade entre os turistas e, apesar de ser um lugar bem pequeno, oferece uma excelente infraestrutura com lojas, restaurantes, bares etc. vai do artesanato até lojas de grife.

Como chegar

De Salvador são quase 1h30 de percurso e é muito simples. Você pode pegar um Uber, alugar um carro ou ainda contratar um passeio com meus amigos da @cassiturismo. Leitor do EPM pode usar o cupom “Estevam” e ganhar descontos exclusivos.

O que visitar

Forte Garcia D’Ávila

O forte de 1551 foi construído em estilo medieval e é o único desse tipo nas Américas. O forte é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, desde 1938, e é hoje um dos principais pontos turísticos de Praia do Forte. De suas ruínas, o visitante tem uma bela vista do mar.
Na década de 1980, o local passou por uma grande recuperação. O castelo foi transformado em fundação e no museu há um acervo de peças portuguesas e indígenas que foram recuperadas durante as escavações.

Praia do Forte
Forte Garcia D’Ávila – foto Gleidson Santos (MTur)

Infelizmente, durante a pandemia o forte está fechado e eu não pude visitar. Mas, certamente, quando você vier para Praia do Forte, não vai deixar de visitá-lo.

Igreja de São Francisco de Assis

Construída pelos pescadores em 1900, ela foi totalmente recuperada e é outro importante cartão postal do destino. Aliás, pelo cenário da igreja, com a praia e os barcos coloridos no mar, o local é muito procurado para realização de casamentos. No entanto, apesar da igreja ficar bem em frente da praia do Porto, ela não é ideal para banho, justamente por causa dos barcos no local.

Praia do Forte
Igreja de São Francisco de Assis, Praia do Forte

Praia do Lord

Ideal para aproveitar e relaxar na areia e nas piscinas naturais que se formam com a maré baixa. Do centro até esta praia dá pra ir caminhando, se você tiver disposição. São cerca de 30 minutos andando ou 5 minutos de Uber.

Praia do Forte
Praia do Lord

Praia de Guarajuba

Pertinho de Praia do Forte fica esta praia que já pertence ao município de Camaçari. As belezas naturais da região valam o passeio. Coqueiros, mar azul e areias branquinhas formam um cenário de tirar o fôlego!

Projeto Tamar

Se você vier para a Praia do Forte, precisa conhecer este projeto incrível de proteção das tartarugas. Por conta da sua biodiversidade e riqueza natural, o Museu do Tamar é um dos mais visitados do Brasil. Além de se divertir, você ainda aprende sobre a importância da preservação ambiental e tudo sobre as tartarugas marinhas.

Praia do Forte
Projeto Tamar – foto Gleidson Santos (MTur)

Ilha dos Frades

De Salvador levou cerca de 1h30 de carro até o Terminal Turístico e Náutico da Bahia para pegar a lacha para nosso passeio pela ilha. A Ilha dos Frades fica bem no meio da Baía de Todos os Santos e é bem pequena. Apesar disso, sua beleza natural e as suas praias são destaques e valem o passeio. São muitas praias e você pode desembarcar em algumas delas ao longo do passeio ao redor da ilha. Aliás, você sabia que a Ilha dos Frades é considerada um bairro de Salvador? Pois é, viajante, um bairro!
Ilha dos Frades

Ilha dos Frades
Passeio de barco pela Ilha dos Frades

Onde comer

Souza Bar e Restaurante – oferece comidinhas gostosas e música ao vivo.
Donana Restaurante – preços bons e uma moqueca deliciosa.
Dica: fora das ruas principais, você pode encontrar pratos mais econômicos, honestos e gostosos a partir de R$ 15.
Carlinhos Restaurante e Bar – tradição de mais de 40 anos, localizado em Guarajuba, com comida boa e preços justos.

É isso, viajante! Tchau Bahia! Nossa viagem acabou neste destino incrível e cheio de atrações. Eu ainda quero voltar e fazer muitos outros passeios, mas, em especial, visitar novamente a Ilha dos Frades em um dia de sol!! Partiu novo destino! Sabem qual é? Vai lá no YouTube e segue meu canal para ficar por dentro do Projeto Brasil 60!

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!
Aproveita e se inscreve no  canal do Youtube e no Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!

Escrito por Lucas Estevam

Deixe um comentário