Como evitar que milhas e pontos expirem

Como evitar que milhas e pontos expirem

Juntar milhas e pontos para conseguir viajar pagando menos é uma das melhores soluções destes bônus. No entanto, é sempre bom estar atento ao prazo de validade deles para não perde-los e acabar pagando depois. Para evitar que milhas e pontos expirem, vamos trazer algumas soluções.

Com elas, você poderá investir nestes acúmulos de diferentes formas e não deixar passar as datas limites para usufruir deles.

Mas, se antes de entender como milhas e pontos expiram você quiser saber mais detalhes sobre a diferença entre eles, confira este post primeiro, ok?

Então, vamos para as dicas de como administrar e não perder os seus bônus!

Como as milhas e pontos expiram?

Seja acumulando em programas de pontos, cartões de crédito ou diretamente com os programas de fidelidade das companhias aéreas, milhas e pontos normalmente possuem um prazo limite para serem usados.

Se você não possui uma estratégia que anule este vencimento, é preciso ter cuidado. Em um ano, dois ou talvez um pouco mais de tempo, o sistema onde você junta os bônus vai removê-los da sua conta.

O prazo de 12, 24 e 36 meses são os mais comuns de serem estipulados como limite de expiração. Mas, a depender da empresa, esse período pode ser maior ou menor. Isso vai depender da maneira que você está acumulando os pontos e milhas, com quais ferramentas e com qual empresa ou programa.

Como evitar que milhas e pontos expirem

Para cada situação em que você junta milhas e pontos existe uma maneira de evitar que, após algum tempo, você perca seus acúmulos. Vamos listar abaixo cada situação e alternativa para você programar a melhor estratégia.

Escolha os cartões que te ajudam

Se você junta pontos e milhas com cartões de crédito precisa consultar com seu banco ou com a empresa operadora quais são os detalhes das regras de acúmulo.

Normalmente, é possível encontrar estes dados no próprio site da instituição responsável ou no contrato que você firmou.

Cada tipo de cartão possui um prazo de validade para as milhas acumuladas. Mas, também existem aqueles em que os pontos não expiram e podem ser acumulados tranquilamente pelo tempo que você quiser.

A empresa emissora, bandeira e categoria serão os diferenciais entre aqueles que dão prazo limitado ou ilimitado para que você use seus acúmulos.

Por isso, na hora de escolher um cartão para acumular milhas e pontos, confira aqueles que, de acordo com seus objetivos, ofereçam maior prazo de validade ou não tenha expiração da recompensa.

Quer conferir alguns dos melhores cartões para acumular milhas e pontos? Clique aqui!

E, se quiser se tornar um especialista e conhecer tudo sobre os benefícios oferecidos pelos cartões de crédito, confira o curso Cartão de Crédito Expert do Estevam Pelo Mundo!

Escolha programas de pontos e de fidelidade que te ajudam

Se você acumula os pontos em programas, seja diretamente com eles ou com cartões de crédito vinculados, existem algumas formas de evitar o vencimento deles dentro destes sistemas. O mesmo acontece com os programas de fidelidade de companhias aéreas.

Algumas empresas oferecem aos clientes assinaturas de clubes para acumular mensalmente pontos e milhas. Em algumas das categorias, o benefício da não expiração da recompensa faz parte do pacote.

Há também os casos em que o não vencimento ou extensão da data de validade dentro do programa são oferecido através de pagamento isolado. Ou seja, você paga uma taxa para que os pontos não se percam ou para pedir que esse prazo seja prolongado.

Mas, é preciso avaliar se estas alternativas compensam para você e se o programa onde você acumula possui estas alternativas assinaturas.

Realize transferências

Entramos agora nas alternativas de não deixar que pontos e milhas expirem sem que, necessariamente, você precisar pagar ou ter os melhores cartões.

Quando você esta juntando os bônus em cartões de crédito ou programas de recompensas que permitem envios para companhias aéreas, pode utilizar a transferência como forma de manter os pontos com você por mais tempo.

Ao encaminhar de um lugar para outro é como se os bônus fossem renovados. A validade deles passa a ser contada a partir da data que são computados no sistema para onde você os enviou. Logo, mudar o programa onde os pontos e milhas estão acumulados ajuda a não perdê-los.

O único cuidado que você deve ter é estar atendo a data em que estas recompensas irão expirar e realizar a transferência antes do prazo. Depois, confira no programa para onde você os encaminhou quanto tempo você tem disponível como validade dali em diante.

Envolvendo transferências, também é possível fazer envios de uma conta para outra dentro de uma mesma companhia aérea. Porém, é preciso verificar de a empresa cobra por isso, quanto custa e se o valor compensa para a quantidade de milhas que você vai encaminhar para outra pessoa.

Planeje o uso dos pontos e milhas

Não há melhor forma de evitar que os pontos e milhas expirem do que usufruindo deles, certo?

Mas, para quem não possui cartões com pontos sem validade e que não pretende gastar a mais para conseguir o beneficio, é preciso criar estratégias para utilizar os bônus antes do vencimento.

Por isso, o ideal é que você junte o máximo de milhas e pontos possíveis dentro do prazo que você tem até a validade do primeiro “montante” acumulado.

Se, por exemplo, suas bonificações vão expirar em 12 meses, faça um planejamento de quanto você consegue, em média, juntar neste período através de gastos do dia a dia, compras online e demais alternativas.

Pesquise previamente algumas opções de reservas de passagem ou hospedagens que você tem interesse e que possam ser emitidas dentro desse espaço de tempo com os seus acúmulos.

Assim, você já programa uma meta e uma estimativa de quanto precisa juntar para que possa usufruir das milhas e pontos antes que eles expirem.

Esta opção exige estratégia e que você delegue ao menos um pouco de tempo para se organizar e fazer algumas contas. Mas, você já vai se preparando para garantir uma experiência ou uma viagem dentro de alguns meses. E quem não gosta de conseguir uma oportunidade dessas sem ter que pagar em dinheiro, né?

Já deixei expirar… E agora?

Se você deixou passar as alterativas acima e seus pontos e milhas já expiraram, fique de olho na plataforma onde você tinha os acúmulos. Existe a possibilidade de não ter perdido os bônus para sempre.

Algumas empresas oferecem, ou de forma recorrente ou de tempos em tempos, a chance de resgatar. Porém, é preciso pagar uma taxa para que seus pontos e milhas sejam devolvidos. A depender da quantia que você tinha, pode valer a pena ou não.

Se possível, considere fazer isso apenas se a empresa estiver fazendo promoção, abaixando o custo de resgate ou dando um bônus generoso sobre a quantia que você irá solicitar retorno. Pagar o valor integral cobrado pode sair muito caro.

Considerações

Seja com cartões, programas, planejamentos ou envios, dá pra encontrar um jeitinho de não perder seus bônus. E não deixe isso acontecer! Milhas e pontos são muito valiosos para que a gente consiga viajar mais e garantir mais exaltação nas viagens sem precisar pagar caro.

Para conferir mais dicas e orientações sobre milhas e pontos, confira mais posts aqui!

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no meu canal do Youtube e no meu Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!

Escrito por Milena Lopes

Deixe um comentário