10 dias na Argentina – cidades para visitar, valores e dicas

10 dias na Argentina – cidades para visitar, valores e dicas

Pensando em conhecer a Argentina e aproveitar alguns dos melhores destinos que este país tem a oferecer? Vamos te mostrar como um roteiro de dez dias pode ser prático, barato, seguro e suficiente para ver um pedacinho de suas principais cidades.  

A Argentina é um destino muito acessível para os brasileiros devido à proximidade geográfica, as vantagens de circulação do Mercosul e, principalmente, a diferença entre as moedas. 

Como o peso argentino é mais desvalorizado que o real, a grande maioria das coisas no país saem mais baratas para nós e, por isso, a viagem não vai pesar muito no bolso. 

Além disso, a Argentina permite a entrada de brasileiros com bastante facilidade. Um dos exemplos é podemos acessar o país portando a Carteira de Identidade e, atualmente, com poucas restrições em relação à pandemia da Covid-19 (confira requisitos mais abaixo neste post).

Confira abaixo os principais atrativos para conhecer na Argentina, dicas para viajar entre as cidades e noções de gastos no dia a dia!

Roteiro de 10 dias na Argentina

Roteiro de 10 dias na Argentina

Buenos Aires – 3 dias

Use um dia para conhecer a região norte da cidade (Recoleta e Palermo); um dia para o centro (Monserrat e os pontos mais famosos da cidade) e um dia para o sul (La Boca). 

La Plata – 1 dia

Faça um bate e volta a partir de Buenos Aires e conheça os principais pontos turísticos, como a Plaza Moreno, a Catedral de La Plata e o Museu de La Plata. 

Córdoba – 2 dias 

Use os dois dias para explorar os principais pontos turísticos, a história da cidade, suas ruas mais bonitas e museus mais famosos. 

Veja aqui um roteiro de até 3 dias para a cidade de Córdoba! 

Roteiro em Córdoba Argentina

Mendoza – 2 dias

Use um dia para bodegas e vinhedos e um para visitar a Cordilheira dos Andes.

Confira opções de passeios para a Cordilheira dos Andes saindo de Mendoza aqui! 

Bariloche – 2 dias

Um dia para conhecer a cidade e fazer o famoso passeio Circuito Chico e um dia para esquiar (no inverno) ou aproveitar as praias do Lago Nahuel Huapi (no verão). 

Bariloche roteiro Argentina

Média de gastos na Argentina

Apesar do roteiro conter cinco cidades, transitar, comer e passear dentro da Argentina não é caro. Então, nesses dez dias, é muito prático viajar entre destinos e aproveitá-los de maneira acessível.

No país, operam três companhias aéreas que interligam bem as principais cidades com aeroportos. São elas: a Aerolíneas Argentinas e Fly Bondi (empresas nacionais) e a Jet Smart (chilena). 

Em algumas dessas companhias, é possível encontrar voos na Argentina com passagens a partir de R$130 – se comprados com cerca de um mês de antecedência. E, ainda que você não encontre essas oportunidades, é muito comum achar passagens com bons preços para voar dentro do país. 

Além disso, outra forma acessível de transitar é utilizando ônibus. Para algumas cidades (que não sejam muito distantes) pode ser uma boa opção para economizar, caso as passagens aéreas não estejam com tarifas atraentes.

Comer na Argentina também é muito barato. Uma refeição em um bom restaurante, incluindo bebida e ainda entrada ou sobremesa custará em torno de R$70. E esse valor é uma base para quem busca estabelecimentos mais refinados. 

O que não faltam nas ruas e espaços mais movimentados das cidades são lugares com boa comida, servida em pratos executivos, que custam metade deste valor acima. Então, é bem fácil gastar menos de R$100 por dia com comida durante a viagem. 

Passeios, museus e entradas em espaços privados também não costumam ser exorbitantes. Fora que há muitas coisas fantásticas para fazer no país e diversas visitas a pontos turísticos que são gratuitos. Com cerca de R$100 é possível adquirir passeios que podem levar todo o dia ou até dois ingressos para atrações, a depender do que você tenha interesse em visitar. 

Passagens para a Argentina

A melhor forma de economizar em passagens para fora do Brasil é usando milhas para adquiri-las. E para viajar para a Argentina não é diferente. Apesar de ser um país relativamente fácil de encontrar passagens a bons preços, usando milhas você pode pagar o mesmo preço que pagaria na classe econômica para voar em uma economy premium ou business. 

E as melhores oportunidades de conseguir essas tarifas é com a ajuda do time da EPMilhas. Nossa equipe vai buscar sempre as melhores ofertas para você viajar com o melhor custo benefício. 

Para solicitar um orçamento de passagens para a Argentina, preencha este formulário ou entre em contato com a EPMilhas pelo WhatsApp aqui

Regras de entrada 

As atuais regras de entrada de brasileiros na Argentina não estão rígidas. Inclusive, recentemente, as fronteiras foram ainda mais flexibilizadas para facilitar a vida da maioria dos turistas sul-americanos. 

A última atualização do governo argentino sobre os requisitos de entrada está em vigor desde 29 de janeiro de 2022. Para brasileiros, estes são os documentos necessários para entrada no território

  • Carteira de Identidade ou passaporte (ambos precisam estar válidos);
  • Seguro viagem com cobertura de atendimento para Covid-19;
  • Declaração Jurada de Saúde da Argentina preenchida até 72 horas antes do embarque;
  • Certificado de vacinação completo contra Covid-19 – com a última dose aplicada até 14 dias antes do embarque.

Acesse o site do governo argentino para preencher a Declaração Jurada de Saúde aqui!

Emita o seu certificado de vacina através do Aplicativo Conecte SUS. Confira aqui como fazer!

Lembrando que, para retornar ao Brasil, também é necessário apresentar o certificado de vacina e uma comprovação de não contaminação pelo coronavírus através de teste de antígeno ou RT-PCR. 

Até então, o governo da Argentina oferece testes gratuitos para cidadãos, residentes e estrangeiros em postos de saúde nas principais cidades do país. Para saber se o destino onde você está realiza o teste, busque informações no site oficial da província ou cidade em que você se encontra.

Mais detalhes sobre como realizar o exame de graça aqui! 

Considerações 

Com todas essas informações sobre a Argentina, já dá para ir programando quando será a sua viagem, né? 

Além de ser um país prático e barato de visitar, ele também é encantador em todas as suas regiões. Por isso, garanto que dez dias ainda vai ser pouco, mesmo que você visite um menor número de cidades.  

Mas não faz mal, viajar nunca é demais e a Argentina é um destino que, com certeza, vamos querer visitar mais vezes. 

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celular, aluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no  canal do Youtube e no Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!

Escrito por Milena Lopes

Deixe um comentário