Cruzeiro do Sul, o que fazer no interior do Acre

Fala, viajante! Tudo bem com vocês? O Brasil 60 está em Cruzeiro do Sul, interior do Acre. E neste post, que é o último da série de matérias sobre o Acre, eu vou te mostrar tudo o que tem de bom pra fazer. Onde ir, o que comer e muito mais!

Lembrando que o Brasil 60 é o meu novo projeto, onde eu vou visitar 60 destinos brasileiros e registrar tudo em vídeo e em posts aqui no blog para vocês acompanharem tudinho. A New Trip está comigo nesta aventura, claro!!

Aliás, aproveita e já dá uma olhada no meu vídeo:

 

Atualmente, só existe um voo para ir da capital Rio Branco até Cruzeiro do Sul, que é a segunda maior cidade do estado. A viagem tem duração de apenas 1 hora, praticamente uma ponte aérea.

E o melhor de tudo, viajante, é que eu paguei apenas R$ 170 por essa passagem. Sabe como? Usando milhas. Para quem quer aprender como viajar barato com milhas, basta acessar esse LINK e se inscrever no meu curso.

Cruzeiro do Sul

Cruzeiro do Sul - Acre

Eu fiquei apenas 24 horas na cidade, e vou te contar tudo o que tem pra fazer nesta região. Eu visitei uma tribo indígena, passeie pela cidade e muito mais. Chegando no aeroporto de Cruzeiro do Sul, conseguimos ver a influência dos indígenas na cidade. O aeroporto, que é muito organizado e bem bonito, tem o formato de uma grande oca e nas paredes, duas obras feitas em machetaria – obras feitas em madeiras e típicas desta região do Acre.

O que fazer na cidade

Cruzeiro do Sul está no Vale do Juruá e é o segundo município mais populoso do Acre. Além de principal polo turístico da região. A cidade é pequena e bem fácil de andar, além de ser famosa por sua produção de farinha de mandioca. Isso porque depois da queda da extração do látex, a produção da farinha se tornou uma das principais economias da cidade.

O artesanato também é muito importante e para quem gosta de levar um souvenir para casa, vale uma visita à Casa do Artesão Luiz de Melo. Não deixe de visitar o Mercado Municipal Joãozinho Melo e o Mirante do Cais, construído em 1900, uns três anos antes da fundação da cidade. Além da Ponte da União, única do estado resistente a terremotos.  

Outro lugar para se conhecer na cidade é a Catedral Nossa Senhora da Glória. Este é o principal cartão-postal de Cruzeiro do Sul e a sua construção, apesar de muitos acharem que é uma oca, tem influência alemã. Quem tiver disposição, dá pra subir até o topo da igreja, onde estão os sinos, e ter uma bela vista da cidade.

Cruzeiro do Sul - Acre

O SESC da cidade também é muito famoso e os locais aproveitam muito sua estrutura nos finais de semana, tem um hotel, parque aquático, academia, lago para passeios, praia artificial e muito mais.

Passeio pelo Rio Croa

Este rio é muito famoso pelo tapete verde que se forma na superfície do rio em época das cheias. Vale muito um passeio de barco para ver este fenômeno. Infelizmente, não consegui ver por que não estamos em época de cheia no Acre, mas vi muita vitória regia que são plantas lindas, além de poder ter um contato muito intenso com a natureza deste local, que é bastante preservado e praticamente intocado.

Cruzeiro do Sul - Acre Cruzeiro do Sul - Acre

Cruzeiro do Sul - Acre Cruzeiro do Sul - Acre 

O passeio de barco é muito incrível e você se encanta com tanta paisagem linda. Muita gente que vem para cá tem medo dos animais, afinal, é uma região onde a natureza é bem preservada. Tem gente que tem medo de nadar no rio por causa de sucuri, por exemplo. Já eu tenho medo do candiru… veja o meu vídeo para entender o porquê.

No passeio pelo rio, vemos várias casinhas nas margens e alguns lugares com infraestrutura turística, rústica e simples. Os locais costumam vir até o Rio Croa para passar os finais de semana, ou apenas para almoçar e passar uma tarde. Mas, os turistas estrangeiros – em especial os europeus, ficam por semanas hospedados nestas pequenas pousadas no rio. 

Cruzeiro do Sul - Acre

Durante as paradas deste passeio, também podemos ver as seringueiras da região. Além da samaúma, árvore conhecida como a rainha da Amazônia, que pode chegar até 90 metros de altura.  

Ayahuasca

Também visitamos um lugar que produz a ayahuasca, um chá com potencial alucinógeno usado nas religiões do Santo Daime, União do Vegetais e Barquinha. Mas, para acessar o local de produção desta bebida, é preciso uma autorização especial. Por isso, se você está na região e quer visitar este local, precisa desta autorização antes. Sempre há visitação para turistas, mas fique esperto porque não é só chegar e pronto.

A bebida demora quase um dia inteiro para ficar pronta e tem todo um ritual para a sua produção. E para quem toma este chá, também há um ritual para seguir, já que as ervas misturadas na bebida abrem a sua mente e criam visões místicas, provocando alterações de consciência que te ajudam a acessar informações que só quem toma a ayahuasca consegue ter.

 

É isso, viajante! A minha aventura pelo Acre terminou e eu estou muito feliz com essa viagem incrível que eu fiz pelo estado.

Aqui nestes links você pode conferir todas as minhas aventuras pelo Acre:

VEJA COMO FOI MEU VOO DE SÃO PAULO PARA O ACRE

O QUE TEM PRA FAZER EM RIO BRANCO, NO ACRE

ACRE: 10 COISAS INCRÍVEIS QUE VOCÊ NÃO SABIA SOBRE O DESTINO

O QUE TEM PRA COMER NO ACRE?

CONHECI O QUARTO DO MENINO DO ACRE

VISITEI A CASA ONDE MATARAM CHICO MENDES

Fica ligado aqui no blog que eu breve vou postar mais um estado brasileiro do nosso Brasil 60. Segue lá o meu canal do YouTube e fique por dentro do Projeto Brasil 60

 

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no  canal do Youtube e no Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!