Vale a pena um bate volta de Paris para a Disneyland?

Está em dúvida se deve dedicar parte de sua viagem a Paris para conhecer a Disneyland? Não sabe se um dia é suficiente para conhecer os Parques? Sou Juliana Molinari, criadora do @quevoceviaje, e neste post vou te ajudar a resolver esses dilemas!

IR OU NÃO IR EIS A QUESTÃO

Paris é reconhecidamente cheia de lugares incríveis para serem explorados pelos viajantes e administrar o tempo para conhecer tudo o que a Cidade Luz oferece é um desafio. Por isso, surge a dúvida: vale a pena dedicar parte desse tempo para conhecer a Disneyland Paris? A resposta é: depende.

disneyland

Depende do seu perfil, dos seus interesses, do quanto você já conhece de Paris e do tempo que você tem. Vou me atrever a fazer algumas sugestões:

  1. Se é a sua primeira vez em Paris, foque na Cidade Luz e deixe a Disney para outra oportunidade;
  2. Agora, se você é apaixonado pelo mundo Disney, não deixe de conhecer o Mickey na versão europeia; e
  3. Se você já conhece o básico de Paris, está com tempo sobrando ou está viajando com crianças, a sugestão é a mesma do item anterior – dê uma esticadinha até a Terra da Magia.

Disneyland

Enfim, não há resposta pronta. Mas, gostaria de compartilhar com vocês os fatores que me levaram a decidir pela visita:

Não era a minha primeira visita a Paris.

Estava viajando com os meus filhos.

Garanti nessa viagem que os meus filhos conheceriam o básico de Paris.

EU VOU! E, AGORA?

Uma vez decidindo ir, o próximo passo é definir quanto tempo dedicar a essa visita.

Mais uma vez a resposta aqui é: depende.

Depende se você quer conhecer no detalhe os Parques que formam a Disneyland Paris ou se passar pelas principais atrações é suficiente para você.

Depende se você quer uma experiência mais imersiva por meio de uma hospedagem num dos hotéis Disney ou se contenta em conhecer somente os Parques.

Depende do tempo que você tem para essa visita.

Depende do seu interesse em aproveitar a proximidade dos Parques e do Outlet para visitá-lo e fazer umas comprinhas.

Depende do seu perfil, se você prefere fazer um passeio com mais calma ou se não se importa em encarar uma correria.

Considerando esses fatores básicos, é possível concluir se o melhor para você é um bate volta ou uma hospedagem e, nessa última hipótese, quantos dias de estadia.

No meu caso, eu queria viver a experiência Disney de forma mais completa e com tranquilidade, bem como queria aproveitar eventuais oportunidades de compra no Outlet. Portanto, a minha escolha foi me hospedar num hotel da Disney por duas noites.

Disneyland

A EXPERIÊNCIA

Como ir

Existem algumas formas de ir de Paris até a Disneyland Paris, mas a mais barata, prática e rápida é usar o RER (trem).

A viagem de RER para a Disneyland é muito prática, basta pegar a linha A, sentido Marne-la-Vallée-Chessy e descer na estação, que está a poucos metros dos Parques.

Disneyland

Os ingressos

Você pode comprá-los no site da Disneyland Paris, nas bilheterias dos Parques ou ainda aqui no Brasil por meio de alguma agência ou revendedor autorizado.

A última opção foi a minha escolha. Comprei meus ingressos com a Neoturismo pelos seguintes motivos:

  1. Paguei em reais, o que evitou o custo do IOF que eu teria se comprasse em euros no site da Disney ou na bilheteria de algum dos Parques;
  2. Eu pude parcelar no cartão de crédito;
  3. Essa compra gerou pontos no meu cartão de crédito; e
  4. Eu já saí do Brasil com os meus ingressos em mãos e não tive que pegar fila no Parque para comprá-los ou trocar um voucher nas bilheterias para receber os ingressos.

Disneyland

Onde ficar

Existem várias opções de hospedagem, para todos os bolsos e gostos. Mas, como queria viver a Magia Disney inclusive na minha estadia, escolhi um hotel oficial da Disney, o Disney´s Hotel Cheyenne que contava com os seguintes diferenciais:

  1. Proximidade dos Parques;
  2. Transporte gratuito de/para estação de RER/Parques;
  3. Extra Magic Hours: possibilidade de entrar uma hora mais cedo nos Parques; e
  4. Temática do Toy Story no Velho Oeste: desde a arquitetura dos prédios à decoração interna, tudo é alusivo ao Woody e seus amigos, que de vez em quando aparecem no hotel.

Disneyland

Esclareço que coloco que o hotel “contava” com esses diferenciais porque os hotéis e resorts Disney têm mudado sua Política de benefícios e, portanto, a lista acima está sujeita à alteração.

O café da manhã não estava incluso na tarifa e o seu preço era bem salgado. Mas, o local conta com um Starbucks e ainda há a opção de tomar o café dentro dos Parques.

Apesar de um pouco mais caro do que os hotéis não pertencentes ao Complexo Disney, essa diferença de preço vale a pena pelas comodidades e atrativos do hotel.

Que tal uma passadinha no Outlet?

Grudadinho na Disneyland Paris está o Outlet La Vallée Village.

Para quem deseja comprar marcas de luxo, em especial as de origem europeia, pode encontrar boas oportunidades no espaço.

Produtos de marcas como Balenciaga, Gucci, Celine, Burberry, Prada, Moncler e muitas outras são vendidos com descontos caprichados que resultam em preços muito melhores do que os praticados no Brasil.

Além dos preços convidativos, estrangeiros têm direito ao tax refund de 12% do total da compra numa mesma loja superior a 175 euros, sendo possível ter o reembolso no próprio Outlet (no Tax Free Lounge, perto do Welcome Center).

Quer comprinhas mais acessíveis? Do lado do Outlet está o Centro Comercial Val d´Europe, um shopping com lojas como H&M, Primark e muitas outras que nos realizam sem gastar muito.

Os Parques

A Disneyland Paris é formada por dois Parques: o Walt Disney Studios Park e Disneyland Park, que contam com diversas atrações, dentre elas algumas que somente podem ser encontradas na Disney francesa.

Mas, como tem muita coisa para falar dos Parques, dedicaremos um post só para falar deles. Então, fique ligado aqui no EPM e não perca esse futuro post!

Disneyland

Ficou com vontade de encaixar a Disneyland Paris no roteiro da sua próxima viagem para a Cidade Luz? Vai ser um bate volta ou prefere dormir pelo menos uma noite lá? Ficou com alguma dúvida? Conte pra gente na caixinha de comentários logo abaixo desse post. E, não deixem de me seguir no @quevoceviaje e acompanhar o meu conteúdo feito para que vocês viajem!

Um beijo e até o próximo post!

Juliana Molinari

 

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no canal do Youtube e no Instagram do Estevam para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!