Conheça os castelos e vinhos do Vale do Loire, na França

Que tal conhecer um cenário típico de conto de fadas, degustar bons vinhos e aproveitar da rica gastronomia francesa a alguns quilômetros de Paris? Sou Juliana Molinari, criadora do @quevoceviaje, e neste post vou te apresentar o Vale do Loire, também conhecido como o Jardim da França.

Chambord
Chambord

Viajar para Paris é o desejo de milhares de viajantes, mas os encantos da França não se resumem à Cidade Luz, prova disso é o Vale do Loire.

O Vale do Loire, Patrimônio Mundial da Unesco, é uma área de aproximadamente 800 quilômetros quadrados, banhada pelo Rio Loire, que reúne cerca de 300 castelos, os famosos châteaux, construídos no estilo renascentista, em especial durante os séculos 15 e 16, para serem refúgios de reis, rainhas e famílias nobres.

Mas, não é só de imponentes castelos que vive a região, fora a expressiva história que essas construções carregam, o Vale do Loire é rico em beleza natural, tem relevante produção de vinho, conta com cidades medievais, tem um povo acolhedor e oferece a paz típica do interior.

Com esse descritivo, aqui vai a primeira dica: Desbrave o Vale do Loire sem pressa, viva a calma que esse lugar inspira!

COMO IR

Há a possibilidade de ir de Paris ao Vale do Loire de trem ou até mesmo por meio de excursões. Mas, em linha com a dica que dei aí em cima, alugue um carro, curta no seu tempo cada parada de seu roteiro e seja surpreendido no trajeto com balões sobrevoando castelos ou pontes em arcos sobre rios.

vale do loire

O QUE VER

A variedade de lugares estonteantes no Vale do Loire é grande, mas vou pinçar aqui o que me parece ser indispensável incluir no seu roteiro:

Castelo de Chenonceau

Também conhecido como o Castelo das Sete Damas, em referência às sete mulheres poderosas que ali passaram, com destaque para Catarina de Médicis.

Devo confessar que é o meu preferido, tanto pela riqueza histórica (ele foi de palco de elegantes festas a hospital na Primeira Guerra Mundial) como pela sua beleza, erguida sobre pilares no Rio Cher e acessível por uma ponte!

Chenonceau

E, o melhor: é possível visitar tanto os seus jardins como sua parte interna, com o auxílio de áudio guia!

Castelo de Chambord

O maior castelo do Vale do Loire foi um espaço de apoio para as caças do rei Francisco I.

Chambord

O destaque da construção é a enigmática escada em dupla hélice: duas escadarias juntas em espiral que nunca se encontram! Dizem que a escada foi desenhada por Leonardo da Vinci, mas não há confirmação dessa suspeita.

O quarto do rei, com sua marcante decoração em veludo, não pode ficar de fora da visita.

Chambord

Castelo de Amboise

Às margens do Rio Loire desponta esse Castelo que tem a cidade a seus pés, com suas charmosas ruelas onde podem ser encontrados deliciosos vinhos criados por pequenos produtores locais.

amboise

A cidade ainda carrega lembranças do seu ilustre morador, Leonardo da Vinci, que viveu seus últimos anos de vida ali, a convite do rei Francisco I, a quem prestava “consultoria” nos mais variados assuntos, desde arquitetura a projetos bélicos.

Castelo de Blois

Meio escondidinho na cidade que lhe dá o nome, também tem como destaque uma esplendorosa escadaria. A sua visita interna vale muito a pena!

vale do loire

Bônus: As cavernas dos Trogloditas

Muito diferente do que a palavra remete aos brasileiros, trogloditas não eram monstros, mas pessoas que moravam em cavernas, responsáveis por extrair as pedras para a construção dos castelos.

Inclusive, há um museu em Louresse-Rochemenier que nos permite uma volta ao passado e uma imersão na vida dos trogloditas!

vale do loire

 

Está com um tempinho sobrando? É possível dar uma esticada do Vale do Loire até Bordeaux (foi o que fiz!), conhecer as renomadas vinícolas da região e apreciar os seus premiados vinhos. Mas, esse complemento no roteiro é muito especial e merece um post dedicado a ele! Então, aguarde…

vale do loire

Viu como Paris pode ser ponto de partida para muitos outros lugares interessantes e agradáveis que existem na França? Já tinha ouvido falar do Vale do Loire? Gosta desse clima romântico? Ficou com vontade de encaixar esse roteiro na sua próxima viagem para a Cidade Luz? Ficou com alguma dúvida? Conte pra gente na caixinha de comentários logo abaixo desse post. E, não deixem de me seguir no @quevoceviaje e acompanhar o meu conteúdo feito para que vocês viajem!

Para outras informações sobre destinos, clique AQUI no EPM.

Um beijo e até o próximo post!

Juliana Molinari

 

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no canal do Youtube e no Instagram do Estevam para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!