IATA e OMT lançam plataforma que informa exigências para viajar

A OMT (Organização Mundial do Turismo) e a IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo) acabam de lançar uma plataforma que permite ao viajante saber as condições relacionadas à Covid-19 dos países que pretende visitar.

A plataforma, chamada “Destination Tracker”, disponível no site das duas instituições, é mais um esforço do setor turístico de reativar as viagens internacionais e acelerar a recuperação do setor na medida em que as fronteiras vão sendo abertas.

O Destination Tracker fornece ao viajante informações relevantes sobre cada país em tempos de pandemia, tais como: indicadores da Covid-19, incluindo o número de vacinados; exigências para ingresso no país como, por exemplo, a realização de testes e quarentena; e medidas sanitárias adotadas no destino.

Destination Tracker

 

Destination Tracker iata

 

Destination Tracker iata

 

Destination Tracker iata

Segundo o secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, “a OMT tem o prazer de fortalecer sua parceria com a IATA, a fim de oferecer esta importante ferramenta. Viajantes e empresas poderão verificar os requisitos atuais para viagens aéreas, bem como quais medidas são aplicadas pelos destinos que visitam. Estamos confiantes de que essa ferramenta também é crítica para os governos monitorarem as restrições de viagens existentes e apoiar o reinício seguro de nossa indústria”.

Como os requisitos de viagem variam de país para país e são alterados rotineiramente em razão da constante oscilação do cenário da pandemia, assim como as medidas gerais de saúde e segurança que impactam a alimentação, acomodação, atrações, atividades de lazer, mobilidade e outros fatores, a ferramenta ajudará o viajante a saber o que esperar do destino e a conhecer as medidas necessárias para realizar a viagem.

“Já faz mais de um ano que perdemos a liberdade de viajar devido às medidas tomadas para combater a Covid-19, incluindo o fechamento de fronteiras. Quando os governos tiverem confiança para reabrir as fronteiras, as pessoas estarão dispostas a viajar. E eles precisarão de informações exatas para se orientar. Com o apoio de organizações de turismo nacionais, o rastreador de destinos ajudará viajantes e empresas de turismo a obter as informações mais recentes para o planejamento de viagens”, declarou Willie Walsh, diretor geral da IATA.

É inegável que iniciativas como esta são importantes para a retomada das viagens. O desejo de viajar só aumenta com o passar do tempo, mas para que ele se realize de forma organizada, segura e consciente o acesso à informação é essencial.

O que achou da novidade? Ficou com alguma dúvida? Conta pra gente na caixinha de comentários logo abaixo desse post.

Para mais informações e dicas sobre viagens, clica AQUI no EPM.

E, não deixe de me seguir no @quevoceviaje e acompanhar o meu conteúdo feito para que você viaje!

Um beijo e até o próximo post!

Juliana Molinari