Covid-19: IATA defende aceitação de testes rápidos

É fato que a testagem é uma das grandes ferramentas atualmente utilizadas na contenção do aumento do número de casos de Covid-19, em especial quando falamos em viagens internacionais.

Diante disso, o teste RT-PCR com resultado negativo tem sido exigido pela maioria dos países com fronteiras abertas. Contudo, é inegável que tal teste é geralmente caro e seus resultados não costumam ser rápidos, fatores que acabam por dificultar a sua realização e, consequentemente, a realização de viagens para locais que colocam esse teste como a única opção de exame comprobatório da não detecção do vírus no viajante.

A IATA (Associação Internacional do Transporte aéreo), sensível a esse problema e com o apoio das consultorias Oxera e Edge Health, solicitou aos países que acatem testes rápidos de antígenos com reconhecida qualidade para avaliar a entrada de viajantes em seus territórios, o que significaria um belo empurrãozinho para a retomada das viagens internacionais.

Vale entender quais são as diferenças entre o teste de RT-PCR e o teste rápido de antígenos. Vejamos o que a Rede de Laboratórios Dasa fala a respeito disso:

Como é feito o teste de antígeno?

O teste de antígeno é coletado diretamente com amostras de swab (cotonete) de nasofaringe.

Quanto tempo demora para eu receber os resultados do exame de Covid?

Por ser um teste rápido, o resultado demora, em média, 30 minutos para ficar pronto. Como pode ser necessário transportar para outro local para realização, pode ser adicionado mais um tempo para o resultado. 
 

Qual é a diferença entre o teste de antígeno e o RT-PCR?

As diferenças entre os testes da Covid-19 são que, o teste de antígeno é mais acessível em questão de valores e o resultado sai mais rápido que o exame de RT-PCR.

Porém, o teste de antígeno possui sensibilidade inferior ao teste de RT-PCR, principalmente em indivíduos assintomáticos com cargas virais mais baixas. Já em pacientes com carga viral elevada (o que costuma ocorrer na fase pré-sintomática, 1-3 dias antes dos sintomas, e na fase sintomática inicial, até o 5º-7º dia da doença) a sensibilidade é superior a 90% quando comparada ao teste de RT-PCR.

Quais as vantagens deste teste em relação aos demais?

A vantagem do teste de antígeno é que ele possui alta especificidade, ou seja, um resultado positivo para Covid-19 não precisa ser confirmado por outro teste. Ademais, é um teste mais barato que o de RT-PCR e o resultado fica disponível após 30 minutos da coleta.”

A IATA apresenta os seguintes argumentos para fundamentar o seu pedido de aceitação do teste de antígeno:

  • Os melhores testes rápidos de antígeno do mercado são tão eficientes quanto o PCR. Por exemplo: o teste de antígeno BinaxNOW perde somente 1 caso de positivo a cada 1000 viajantes, tendo como base uma taxa de infecção de 1% entre os viajantes;
  • São mais convenientes aos viajantes, na medida em que são 100 vezes mais rápidos e 60% mais baratos do que o PCR;
  • Em vários países, a quantidade de testes RT-PCR é limitada e os hospitais têm prioridade no seu uso. E essa condição não é aplicável somente aos países mais pobres, a Inglaterra, por exemplo, atualmente, só teria capacidade de atender 25% dos passageiros de 2019, o que demonstra a necessidade de ampliação dos tipos de testes aceitos pelos países;
  • A União Europeia aceita o teste de antígeno, o que dá ao resto do mundo certo conforto em acatar esse tipo de teste;
  • O custo envolvido na realização do PCR para entrar em determinado país e retornar ao país de origem significará um aumento no preço total da viagem que pode levar a inviabilizá-la. A fim de melhor explicar o ponto, a IATA diz que “uma família de quatro integrantes viajando do Reino Unido para as Ilhas Canárias teria de arcar com um total de 16 testes, o que totalizaria 1,85 mil euros apenas em testagem, o que dá aproximadamente 160% a mais do que o tíquete médio aéreo para o trecho”.

A IATA declara estar convencida do papel relevante das vacinas e dos testes de Covid-19 para a reabertura segura dos países aos viajantes, mas, também entende que é preciso garantir conveniência na realização desses testes, sendo que na opinião das consultorias Oxera e Edge Health os melhores testes de antígeno têm condições de atender a esses requisitos.

O que mais queremos é uma retomada das viagens internacionais rápida e segura, não é viajantes? Será que o teste de antígeno realmente poderá nos ajudar nessa missão? Conta pra gente aqui sua dúvida ou opinião na caixinha de comentários! Fique ligado aqui no Blog EPM e não perca outras notícias sobre a Covid-19 como essa. Aproveita para seguir o meu perfil no Instagram @quevoceviaje, onde compartilho experiências, roteiros e dicas para que você viaje!

Até o próximo post!

Por Juliana Molinari 

 

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no  canal do Youtube e no Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!

Posts Relacionados