5 dicas que salvam os viajantes

Dicas que salvam os viajantes em qualquer lugar do mundo

Mochilar com conforto e comodidade exige estratégias para facilitar o dia a dia do viajante. Na prática, percebi que algumas coisas ajudaram muito minhas longas caminhadas durante as semanas que passei conhecendo várias cidades em sequência. Então, venho contar algumas dicas para economizar dinheiro, poupar energia e garantir uma viagem mais tranquila, principalmente para quem pretende mochilar.

Ao pensar em fazer um mochilão, alguns aspectos são inevitáveis, como levar uma bagagem que seja fácil de carregar entre os destinos, ter baixas despesas e disposição para aguentar o pique de vários dias viajando.

Sendo assim, aqui vão cinco dicas/coisas que se tornam melhores amigos de um mochileiro durante suas aventuras!

Lockers públicos

dicas-de-viagem
Armários e guarda volumes podem ter um bom custo-benefício | Foto: jcomp / Freepik

A mochila é uma grande (literalmente) companheira do mochileiro. Mas, a depender da viagem ou da cidade onde você esteja, ficar com ela nas costas enquanto passeia pode ser um incômodo.

Uma alternativa e facilidade para aproveitar o destino sem carregar sua bagagem para todo canto são os lockers públicos. Antes do horário do check-in na acomodação, depois de fazer o checkout se estiver só de passagem pelo lugar por algumas horas, deixar os pertences nesses tipos de cofres ou guardadores poupam seu desgaste enquanto você visita o local.

É muito comum encontrá-los em rodoviárias, alguns aeroportos, estações de trem e lugares com que, frequentemente, recebem viajantes. Geralmente, eles não são caros e sua mochila ficará guardada e acomodada enquanto você aproveita o destino.

Existem lockers de vários tipos. Inclusive, durante meu último mochilão, utilizei muito eles na Europa e, em diversas cidades, os armários custavam apenas um euro. Basta colocar a mochila, depositar uma moeda na porta do locker, fechar e levar a chave. Enquanto a mochila ficava guardada, eu aproveitava para caminhar apenas com uma bolsa pequena, carregando só o essencial.

Fontes com água potável

Ninguém merece comprar dezenas de garrafinhas de água durante a viagem. Além de ser um gasto para o bolso, também é plástico em excesso para o planeta. Por isso, o ideal é você adotar uma garrafinha e reabastecê-la.

Aproveite para usufruir de fontes públicas de água potável. Em vários destinos, é comum encontrá-las em praças públicas, jardins, parques, pontos turísticos e elas estarão sempre disponíveis para quem estiver passando.

dicas-de-viagem
Minha garrafinha é quase um acessório nas viagens

Barraquinhas de comida local

Aqui no Brasil, a gente tem exemplos bem clássicos de comida de rua que salvam a gente no dia a dia. Sempre há barraquinhas que ajudam a passar a fome e o mochileiro dificilmente vai descartá-las como ajuda durante a viagem.

O mais legal é que, em cada cidade ou país, geralmente essas barraquinhas acompanham costumes e a culinária local. Com isso, fazer um lanche nesses lugares faz parte da experiência do viajante de vivenciar momentos próximos do dia a dia dos nativos. É como comer um acarajé numa praça em Salvador, comprar um hot-dog numa barraquinha nos Estados Unidos ou pedir uma currywurst em um food truck na Alemanha.

Claro que, com todo cuidado de observar o local, prestar atenção na higienização e no cuidado de quem está servindo, pequenos estabelecimentos de comida são uma salvação. Eles são práticos e oferecem para os viajantes, que passam muito tempo andando, uma chance de comer pagando pouco pela culinária local.

Calçados MUITO confortáveis

Parece óbvio que o conforto do que a gente veste é fundamental numa viagem, mas para um mochileiro isso se torna uma questão de saúde. Para quem anda quilômetros aos longos dos dias e, além disso, carrega uma mochila de acompanhante quase que integralmente, o que você veste e calça faz total diferença.

Escolher um tênis resistente e adequado para longas caminhadas é imprescindível. Além do próprio calçado ter que aguentar o uso constante, você precisa garantir a saúde dos seus pés, sem causar dores, bolhas e outros problemas.

Para quem possui uma sequência grande de cidades no roteiro ao longo do mochilão, ficar cansado ou machucado no meio dos planos pode estragar tudo.

Inclusive, vou te dar um exemplo: com um calçado, não tão ideal para um mochilão, eu cheguei a caminhar entre 10 e 15 quilômetros por dia durante duas semanas. Meus pés quase me fizeram desistir e mudar os planos para desacelerar a viagem. Sendo assim, ressalto a recomendação: invista em calçados ideais para o tipo de viagem!

dicas-de-viagem
Meus tênis não estavam adequados para a maratona que eu planejei e isso me causou muito incômodo

Aluguel de bicicletas

Se você sabe andar de bicicleta, sempre pesquise se é possível utilizá-las nas cidades por onde você passar. Utilizar os meios de transporte locais é uma facilidade imensa, principalmente em grandes cidades.

Mas, a depender de quanto tempo você tenha ou sua disposição para caminhadas, por exemplo, uma alternativa é agilizar os passeios por determinado bairro ou região usando uma bike.

Em alguns lugares é possível consegui-las gratuitamente e, em outros, talvez você precise pagar pelo aluguel delas. De qualquer forma, se for um custo-benefício vantajoso para o seu tipo de viagem, aposte nelas!

dicas-de-viagem
Além de otimizar o tempo de deslocamento conhecendo um lugar, é uma experiência muito gostosa aproveitar a cidade enquanto se locomove

Às vezes, são pequenos detalhes no dia a dia da viagem que podem não só facilitar nossa vida, como também fazer com que a gente tenha memórias bem mais divertidas e próximas de quem vive no destino.

Entretanto, lembre-se que, apesar das dicas para auxiliar a viagem, também é necessário estar atento a sua saúde e segurança. Por isso, organize seus planos na forma que a sua viagem seja o mais conveniente possível e você possa desfrutar ao máximo dela! Espero que minhas dicas te ajudem em uma próxima viagem!!

 

Por Milena Lopes

 

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no meu canal do Youtube e no meu Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!

Posts Relacionados