Inhotim: conheça o maior museu a céu aberto do mundo

O Instituto Inhotim, localizado em Brumadinho/Minas Gerais, consegue reunir com excelência arte e natureza e está a apenas 60 km de Belo Horizonte!

Algum Viajante deve estar pensando: Ahhhh, não é pra mim…não entendo de arte.

Eu me identifico com esse Viajante quanto a falta de conhecimento sobre arte mas, acho que aí está o diferencial de Inhotim, até os leigos se sentem acolhidos e deslumbrados. Na verdade, um dos objetivos de Inhotim é justamente inserir as pessoas no mundo da arte, de uma forma leve e prazerosa.

Sou Juliana Molinari, criadora do @quevoceviaje, e neste post vou compartilhar a experiência de conhecer esse espaço que nos dá orgulho de sermos brasileiros!

INHOTIM

O Instituto Cultural Inhotim foi fundado em 2002, mas só em 2006 foi aberto para o grande público em dias regulares e com estrutura completa para visitação.

Inhotim tem como propósito conservar, expor e produzir trabalhos contemporâneos de arte, tudo isso em meio a 140 hectares de área. O lugar consegue garantir uma relação harmônica entre arte e natureza, algo muito diferente dos museus que encontramos nas áreas urbanas.

É justamente essa peculiaridade que o torna tão especial e facilita a aproximação e interesse do público por esse conjunto de obras contemporâneas. É impressionante como a arte e a natureza se integram com sintonia em Inhotim!

Inhotim abriga um museu com diversos pavilhões e galerias, com obras de arte e esculturas ao ar livre, que são acessadas pelo público por meio de trilhas, caminhos que beiram lagos e ao som das cigarras. A experiência é única, Viajantes!

Inhotim

Inhotim

Inhotim

Inhotim

Inhotim

Jardim Botânico

O Jardim Botânico de Inhotim, localizado na área de visitação do Instituto, impressiona por sua riqueza e beleza paisagística, como também por seus números: aproximadamente 5 mil espécies botânicas, o que representa mais de 28% das famílias botânicas conhecidas no planeta – a maior coleção em número de plantas vivas entre os jardins botânicos brasileiros.

E, o melhor, Viajantes, o Jardim Botânico é focado em espécies ameaçadas e na conservação de recursos genéticos. Além da disposição paisagística de espécies pouco conhecidas que acaba sendo uma forma de divulgar e sensibilizar os visitantes sobre a importância da preservação da natureza. Inhotim é cultura, conhecimento e conscientização social também, Viajantes!

Inhotim Inhotim

Inhotim Inhotim

Inhotim Inhotim

Inhotim

Como ir

A minha ida a Inhotim foi de carro e levou por volta de 1 hora de Beagá.

Informação importante: No local há estacionamento gratuito.

No caminho, é possível passar em frente das instalações da Vale, sendo inevitável imaginar que aquele lugar foi palco de uma das maiores tragédias desse país.

Atenção para a placa que sinaliza há quanto tempo aconteceu a tragédia (infelizmente, ocorreu um acidente antes da publicação desse post…)

Também é possível ir de Uber ou Taxi mas, a volta é incerta quanto à disponibilidade por esse meio de transporte, então, o legal é já combinar a volta com o motorista da ida!

Ainda há as opções de transfer divulgadas no site de Inhotim (https://www.inhotim.org.br/visite/), onde também podem ser verificados os preços e horários de funcionamento.

Quanto aos ingressos, atenção: devem ser comprados obrigatoriamente online!

Tempo de visitação

Fiz um bate-volta BH-Inhotim-BH e devo confessar, Viajantes: é pouco tempo. Inhotim é enorme e é divido em 3 áreas (laranja, amarela e rosa), sendo impossível ver tudo num dia só!

Dica: passe uma noite em Brumadinho e faça com calma sua visitação em Inhotim durante 2 dias!

Quer achar um hotel legal para se hospedar e aproveitar o desconto do Blog Estevam Pelo Mundo? É só clicar aqui.

Onde comer

São várias as opções de alimentação, para todos os gostos e bolsos:

Restaurante Tamboril: Cozinha Sofisticada.
Bar do Ganso: Extensão do Restaurante Tamboril.
Restaurante Oiticica: Buffet de Culinária Brasileira.
Essa foi a minha escolha, Viajantes! Comida saborosa e lindas instalações.

Inhotim

Hamburgueria: Hambúrgueres variados, inclusive vegetarianos, milk-shakes e saladas.
Café das flores: Bistrô com pratos à la carte.
Casa de Sucos: Sucos variados, água de coco e creme de açaí.
Galeria Fonte: Salgados, bebidas e picolés.
True Rouge: Cafés.

Dica de locomoção dentro do Instituto 

Nunca é demais dizer que Inhotim é gigante e você vai andar muitooooooo. Mas, você pode andar um pouco menos se contratar o serviço de transporte interno com carrinhos elétricos, que percorrem rotas determinadas. Ou até mesmo ter um carrinho elétrico com motorista à sua disposição durante um dia de visitação ou no período de 1 hora. Um carrinho desses só para você e sua turma (5 lugares, no total) é pura exaltação, Viajantes!

inhotim

Por fim, para os Viajantes que eventualmente desconsiderem visitar Inhotim por causa do trágico rompimento da barragem da Vale: Repensem sobre isso. Visitar Inhotim significa valorizá-lo, contribuir com a recuperação de Brumadinho e se presentear com muita cultura e natureza.

Gostou das dicas? Ficou com alguma dúvida? Conte pra gente na caixinha de comentários logo abaixo desse post. E, não deixe de dar uma olhada no @quevoceviaje e, se curtir, é só seguir e acompanhar os meus posts feitos para que você viaje!

Inhotim

Inhotim

Um beijo e até o próximo post!

Por Juliana Molinari 

 

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no canal do Youtube e no Instagram do Estevam para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!

Posts Relacionados