Albânia: destino europeu que cabe no seu bolso

A Albânia é um pequeno país localizado na Península dos Bálcãs, no sudeste da Europa, envolto pelo litoral adriático e cortado pelos Alpes albaneses. O país tem belas praias, muitos castelos e até sítios arqueológicos. Parece lindo, não é mesmo? E quer saber o melhor? É um destino europeu que cabe no seu bolso.

Albânia-Google-Maps

Uma breve história da Albânia

Os albaneses são os descendentes diretos dos antigos ilírios e têm forte influência dos gregos, devido as colônias que se instalaram no país no século 6 a.C. e que ajudaram a formar sua cultura, vida econômica e política.

Antes do século 20, a Albânia sempre foi dominada por estrangeiros. Foi conquistada pelos romanos, passou pelas mãos do Império Bizantino e dos turcos otomanos. Só conseguiu declarar sua independência durante a Primeira Guerra dos Bálcãs, em 1912.

Apesar da instabilidade, permaneceu independente até 1939, quando foi ocupada por italianos e alemães durante a Segunda Guerra Mundial. Com o fim da guerra, o país ficou sob forte influência do comunismo liderado pelo ditador Enver Hoxha e isolado do lado de União Soviética e China na Guerra Fria.

Até que em 1990 os ventos começaram a mudar e, em 1991, iniciaram no país reformas democráticas.

O turismo no país

Como vimos em sua história, a Albânia foi um país muito fechado até a década de 90, devido ao seu regime comunista. Isso se refletiu em seu desenvolvimento tardio e também em seu turismo, que só começou a ganhar importância no início dos anos 90. Aliás, muitos acham que devido a tantas guerras o país é um lugar perigoso, mas isso não é verdade. Pelo contrário, a Albânia é um país muito seguro e sem nenhum conflito.

Mas vendo pelo lado positivo, esta falta de informação faz com que a Albânia não esteja no roteiro principal dos turistas que visitam a Europa. Embora seja um país lindo, é pouco conhecido. O turismo ainda está se desenvolvendo com a chegada de resorts e novos investimentos. Portanto, seu custo-benefício é excelente quando comparamos com outros países europeus vizinhos, como Grécia, Itália ou Croácia.

Albânia

A Albânia possui natureza e paisagens preservadas, lindas praias, cidades históricas, sítios arqueológicos e um povo muito simpático e acolhedor.

É seguro viajar para a Albânia?

Apensar de seu passado recente ser conflituoso, hoje a Albânia é considerada segura tanto para sua população quanto para seus visitantes. Inclusive para mulheres que viajam sozinhas. O maior perigo é mesmo o trânsito, que tem fama de ser caótico.

Os riscos são os mesmos que os turistas enfrentam em qualquer outra cidade do mundo. Em todos os lugares estamos sujeitos a termos a carteira roubada em um local turístico, por exemplo. A única observação é em relação a fronteira com o Kosovo, onde já houve incidentes políticos com a Sérvia em relação ao território. Por isso, não é seguro viajar para essas partes do país.

Tirana, a capital

Apesar de ser a porta principal de entrada para o país, a capital Tirana ainda tem poucas opções de turismo para seus visitantes. No entanto, ao longo dos anos, a cidade tem se reinventado.

A capital é conhecida pela arquitetura colorida das eras otomana e soviética, que contam um pouco da história da cidade e das transformações que sofreu ao longo dos anos. Desde os anos 2000 há um processo de renovação da cidade, com novos planos de reurbanização que priorizam os espaços verdes e valorizam seu patrimônio.

Tirana-Albânia

Principais atrações:

Pirâmide de Tirana
– Cloud Pavilion
– Praça Skanderbeg
– Bunk’Art (bunker transformado em museu)
– Bairro Blloku (abriga várias lojas, bares e restaurantes)

Riviera albanesa

O litoral albanês é um verdadeiro paraíso. A cidade de praia com mais infraestrutura para receber turistas é sem dúvidas Saranda. Além de areia com espaço de sobra e dias quentes o ano quase todo, a cidade tem opções muito boas de passeios ao redor. Como a praia de Ksamil, a apenas 20 minutos de distância; o parque arqueológico de Butrint, com ruínas da civilização grega e romana; e a fonte de água cristalina Olho Azul.

Quando ir?

Eu sempre acho que qualquer época é boa para viajar! Não é mesmo, viajante? O verão europeu é sempre muito cheio. Contudo, é também o período de alta temporada e que recebe a maioria dos turistas.

A Albânia tem um clima mediterrâneo. O verão é quente e seco, já o inverno é frio e úmido. Na pare mais alto do país há incidência de neve no inverno, entre os meses de novembro e março, e as cidades próximas às montanhas são frias mesmo durante o verão e, em especial à noite.

Eu sempre acho que os meses intermediários entre verão e inverno são os melhores para viajar, já que podemos evitar a alta temporada e as temperaturas muito baixas. Mas cabe a cada um escolher o melhor período para viajar. Seja de acordo com o clima, com os preços e etc.

Quanto custa?

A Albânia é um destino europeu relativamente barato, já que é um país em desenvolvimento e o custo de vida é mais barato que a maioria dos países da Europa. Mas tudo depende do tipo de viagem que você deseja e do tempo que pretende ficar no destino.

O país não faz parte da União Europeia, portanto está fora da zona do euro. No entanto, o Euro é amplamente aceito no país. Mas se quiser dinheiro albanês para os seus gastos no país precisará trocar no próprio país, já que não há esse tipo de moeda nas casas de câmbio no Brasil. Por isso, a dica é levar euros e fazer a troca quando chegar ao país. A moeda da Albânia é o LEK Albanês (ALL).

1 LEK = 0,0081 Euro ou 0,0096 Dólar americano ou 0,052 Real (cotação feita em 22/11/2020)

Não existem voos diretos do Brasil para a Albânia. No entanto, há diversas companhias aéreas que desembarcam em diversos destinos europeus e que permitem uma rápida conexão para a Albânia. A dica é comprar uma passagem para um país vizinho com o melhor preço e depois comprar uma passagem de companhia low-cost até a capital Tirana.

Inclusive, você pode buscar passagens com preços imbatíveis aqui no nosso parceiro Passagens Promo. Lembrando que o Estevam tem dicas incríveis para você conseguir comprar sua passagem mais barata usando pontos e milhas. Fique de olho nas redes sociais dele, que ele sempre tem uma boa dica para te dar!!

Outros gastos:

Alimentação: média 900 LEK (por refeição e por pessoa)
Transporte: média 50 LEK
Hospedagem: média 1.800 LEK (por dia em hotel econômico)
Gasto diário: média de 4.000 LEK

Veja que não inclui passeios e atrações pagas. Portanto, não se esqueça de também incluir este item nos seus custos.

Documentação

Os brasileiros precisam apenas de passaporte válido por pelo menos 3 meses (até a volta ao Brasil) para entrar no país. Também não é preciso nenhum tipo de vacina. A Albânia não faz parte da União Europeia, embora já tenha negociações para a sua adesão. Portanto, também não faz parte do Tratado de Schengen, um acordo entre países europeus que garante aos viajantes e turistas a livre circulação entre si. Portanto, para viajar para o destino não é preciso ter um seguro viagem obrigatório para entrar no país. No entanto, recomendamos vigorosamente.

Veja neste link abaixo porquê é tão importante viajar com seguro para qualquer lugar do mundo. Lembrando que leitores do EPM têm condições especiais na Real Seguro Viagem, confira!

SEGURO VIAGEM: POR QUE CONTRATAR E COMO ESCOLHER O MELHOR?

 

Por fim, veja algumas fotos do destino para te inspirar!!

GALERIA DE FOTOS:

Albânia Albânia

Albânia Albânia

Albânia Albânia

Albânia Albânia

Albânia Albânia

 

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no meu canal do Youtube e no meu Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!

Posts Relacionados