SALA VIP: COMO TER ACESSO MESMO VOANDO EM CLASSE ECONÔMICA

Neste post vamos conversar sobre como ter acesso a sala VIP, mesmo quando voando em classe econômica.

Lembre-se: uma viagem começa ainda em solo. Salas VIP são espaços, ao meu ver, essenciais na grande maioria das viagens. Espaços que são por si só uma vantagem e tanto. Especialmente para viajantes frequentes, que sempre precisam de um espaço para reuniões antes de embarcar. Igualmente, são bastante úteis para ajudar a passar o tempo, seja produzindo ou descansando em conexões longas.

Tenho certeza que muitos de vocês já sonharam com acesso a salas VIP, mas sempre esbarraram na mentalidade do não é pro meu bico. Hoje, vamos mudar esta mentalidade. E em definitivo. Prometo!

Sala VIP

O CONCEITO DE SALA VIP

As salas VIP dos aeroportos, também conhecidos como lounges, foram criados já há muito tempo, com a finalidade essencial de oferecer conforto e comodidade aos passageiros frequentes das empresas aéreas, bem como aos passageiros voando em classe executiva ou primeira classe. Com o desenrolar dos anos, estes espaços foram se democratizando, por assim dizer.

Os lounges oferecem opções de snacks, servidos à vontade. As comidinhas, vão desde salgadinhos, mini sanduíches, doces, pão de queijo (nas salas aqui do Brasil). Igualmente, o viajante encontrará um buffet de frios e, muitas vezes, um buffet completo de saladas e pratos quentes. Além, claro, de sobremesas.

No quesito bebidas, geralmente são disponibilizados refrigerantes, sucos, água mineral (naturalmente), café expresso, bem como bebidas alcoólicas. Neste quesito, costumam entrar whisky, cervejas, opções de vinho, licor e etc.

AS MAIS EXCLUSIVAS

Há lounges e lounges. Alguns deles são bastante sofisticados. Como os da Qatar, onde o passageiro tem ao seu dispor serviço de catering à la carte. Igualmente, não podemos esquecer do terminal da primeira classe da Lufthansa, em Frankfurt. Isso mesmo, você leu certo, amigo viajante e milheiro: a Lufthansa tem nada mais nada menos que um terminal inteiro e exclusivo para seus passageiros voando First. É demais ou não é?

Sala VIP
Café da manhã à la carte, no lounge Al Safwa da primeira classe da Qatar Airways, em Doha

Mais estas o acesso costuma ser, de fato, um pouco mais restrito. Porém longe de ser impossível.

COMO TER ACESSO A SALA VIP MESMO VOANDO EM ECONÔMICA

Há basicamente três formas de ter acesso aos lounges, mesmo voando em classe econômica. São elas: através de programas pagos de Sala VIP, através de determinados cartões de crédito, que vêm com este benefício, bem como detento status na empresa aérea que você esteja voando ou em alguma empresa da mesma aliança ou parceira.

Seguindo, vamos abordar cada uma dessas formas. Simbora que quero ver todo mundo aqui na próxima viagem fazendo lanchinhos na sala VIP antes de embarcar.

PROGRAMAS PAGOS

São programas pagos justamente para que os clientes tenham acesso aos lounges. Os associados do programa têm, portanto, acesso às salas VIP, lounges e, igualmente, muitas vezes, recebem créditos em restaurantes. Infelizmente, nem sempre esse acesso é gratuito, visto que, a depender do tipo de associação, o associado terá que arcar com uma taxa para acessar os lounges.

Os três principais programas são os seguintes:

Note que, aqui no Estevam pelo Mundo, temos um post específico para cada um deles!

CARTÕES DE CRÉDITO

Através de um cartão de crédito, que te dê este benefício, você poderá ter acesso aos lounges. Para sermos mais objetivos, confira este post sobre o Lounge Key. Muitos cartões brasileiros vêm com este benefício. Não obstante, alguns cartões (poucos) vem com o benefício Priority Pass gratuito. Entretanto, o Lounge Key é bem mais comum.

Igualmente, se você tem um cartão emitido pelo Bradesco, como o American Express The Platinum Card, por exemplo, é possível que você tenha acesso a este benefício. Vale a pena checar!

STATUS NA EMPRESA AÉREA, ALIANÇA OU EMPRESA PARCEIRA

Caso você seja um passageiro frequente, possivelmente terá status em alguma empresa aérea. Logo, ao viajar por esta empresa, você terá acesso a sala VIP. Igualmente, se estiver voando em uma empresa da mesma aliança ou parceira e, deter status, você poderá acessar a sala VIP. Por exemplo, você tem status Platinum na TAP. Logo, você é um cliente Star Alliance Gold. Em assim sendo, mesmo voando em classe econômica, em qualquer uma das 27 empresas da aliança, terá acesso ao lounge.

Sala VIP

Postamos aqui, há não muito tempo, uma matéria justamente sobre o que são alianças aéreas e quais são as principais delas. Confere aí!

PAGANDO DIRETAMENTE NA SALA VIP

O title, por si só, já é autoexplicativo. Basta pagar o acesso ao lounge, diretamente na recepção. Os preços não são muito convidativos, costumam ser tabelados em dólar e, convertidos genericamente para real. Nesta opção, o passageiro costuma pagar em média R$120-R$200 por pessoa e por acesso. Vale lembrar que, muitas vezes, este acesso é limitado por um determinado período de horas. Portanto, fique atento.

Igualmente, algumas companhias vendem acesso ao lounge quando da compra do bilhete. É o caso, por exemplo, da Air Canada. Através do site, se a empresa aérea oferecer esta modalidade, você poderá comprar seu acesso. Algumas empresas aéreas vendem também direto no balcão. Consulte a empresa que você irá viajar.

O QUE PENSO

Repito: uma viagem começa ainda em solo. Salas VIP são espaços, ao meu ver, essenciais na grande maioria das viagens. Espaços que são por si só uma vantagem e tanto. Especialmente para viajantes frequentes, que sempre precisam de um espaço para reuniões antes de embarcar. Igualmente, são bastante úteis para ajudar a passar o tempo, seja produzindo ou descansando em conexões longas.

Não obstante, posso afirmar que agora, depois deste post, você já deve estar remodelando seu pensamento, se é que você o tem, de que sala VIP não é pro meu bico. Conforme você pôde observar, este conceito está pra lá de ultrapassado.

CONSIDERAÇÕES

Espero de verdade ter clareado as informações sobre os programas de acesso a Salas VIP. Conforme acabamos de conversar acima, muitas pessoas têm a ideia que somente execurycos podem acessá-las. E, isto não é verdade. Lounges são importantes em uma viagem, seja em horário de pico, em Congonhas ou no Santos Dumont, ou em viagens mais longas. Há os mais simples, outros mais sofisticados.

É bastante útil ao meu ver ter acesso a Salas VIP. Uma pausa para um café é agradável. Um buffet de comidas rápidas ou à la carteé bastante importante entre um voo e outro, quando não temos tempo de fazer um lanchinho.

Igualmente, para viagens ou conexões longas, por que não uma ducha? Muitos lounges oferecem banheiros com chuveiros. Vocês não têm ideia do quão revigorante é um banho imediatamente antes ou depois de um voo (sobretudo voos de longo alcance).

É tal qual como disse lá no nosso primeiro post, em maio. É, muitas vezes, entre um lounge e outro que degustamos dos mais sofisticados Champagnes aos mais exclusivos Scotches.

Sala Vip
Lounge da Star Alliance, na área internacional do Aeroporto de Guarulhos
FINALIZANDO

Pois bem, e você já teve a oportunidade de usufruir de uma Sala VIP? Se sim, conta pra gente como foi sua experiência, onde foi, em qual sala e, naturalmente, o que você achou do serviço?

Igualmente, se ficou alguma dúvida joga sua pergunta lá. Teremos o maior prazer em respondê-lo. E nada de acanhamento, hein? Lembrando que seu feedback é sempre muito importante pra nós!

Ah! E agora, para não perder o hábito dos posts autorais, vamos deixar uma coisa bem clara: estas são opiniões estritamente minhas. Não reflete a opinião do Estevam, de nenhum outro colunista ou tampouco do Estevam Pelo Mundo como fonte de informação e pesquisa sobre viagens, companhias aéreas e demais assuntos da mesma natureza. Vamos deixar isso bem claro.

QUEM SOU EU?

Ah! Como vocês devem ter notado sou novo na área. Estou aqui precisamente desde meados de maio. Se quer me conhecer melhor, saber quem eu sou e saber como eu vim parar aqui basta dar uma sacada no meu primeiro post, quando fui oficialmente lançado aqui no Estevam Pelo Mundo. Para isso basta clicar aqui. Igualmente, se gostou de mim ou se já quer ir conferindo algumas das minhas fotos de viagem e de algumas exaltações proporcionadas por milhas e pontos basta dar um follow lá no Instagram. Meu nome na rede é @lucasmcv 😉

Por fim, um grande abraço e até o próximo post!

 

Lucas Cabral

 

 

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularalugar um carro, garante os tickets para passeios e compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo  gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

 

Posts Relacionados