LATAM PASS: REAJUSTE NA TABELA DE RESGATES DE PARCEIROS – O QUE MUDOU E O QUE ACHO

Neste post vamos abordar o reajuste na tabela de resgates de parceiros do programa LATAM Pass. Alguns poucos ajustes foram feitos. De antemão já afirmo: não há motivo para pânico ou stress. Embora as mudanças tenham sido poucas, elas se restringiram basicamente a resgates de/para a Europa.

A saber, os novos valores começaram a valer em 27 de agosto, último. Contudo, os resgates em primeira classe não sofreram reajustes algum.

Vamos as análises.

TABELAS DE RESGATES DE PARCEIROS – ANTIGAS

Primeiramente, vamos dar uma rápida conferida nas tabelas antigas de resgate do LATAM Pass. Vejam:

  • Classe Econômica

  • Premium Economy

  • Classe Executiva

 Latam Pass

TABELAS DE RESGATES – ATUAIS

Agora, vamos dar uma rápida conferida nas tabelas atuais de resgate do LATAM Pass. Vejam:

  • Classe Econômica

Latam Pass

  • Premium Economy

Latam Pass

  • Classe Executiva

Latam Pass

COMPARANDO OS VALORES

Em análise detalhada entre as tabelas e, comparando-as entre si, como resultado identificamos a seguir os reajustes nos principais resgates utilizados no programa por passageiros brasileiros.

  • Brasil x América do Norte

Não houve reajuste em cabine nenhuma.

  • Brasil x Europa

Classe Executivaaumento de valor

  • Custava: 168.000;
  • Valor atual: 201.600.

Classe Premium Economyredução de valor

  • Custava: 105.800;
  • Valor atual: 90.700.

Classe Econômica aumento de valor

  • Custava: 67.200;
  • Valor atual: 80.700.
  • Brasil x Oriente Médio

Classe Executivanão houve reajuste

Classe Premium Economyredução de valor

  • Custava: 129.600
  • Valor atual: 100.000

Classe Econômica não houve reajuste 

  • Brasil x África

Classe Executivanão houve reajuste

Classe Premium Economyredução de valor

  • Custava: 97.200
  • Valor atual: 80.000

Classe Econômicanão houve reajuste 

  • Brasil x Ásia Ocidental

Classe Executivanão houve reajuste

Classe Premium Economyredução de valor

  • Custava: 129.600
  • Valor atual: 100.000

Classe Econômicanão houve reajuste 

RESGATANDO SEUS PONTOS EM PARCEIROS LATAM PASS

Latam Pass

Para voos operados por companhias parceiras, os resgates possuem valores fixos. Dessa maneira, são  tabelados. Naturalmente, variam de acordo com origem e destino da viagem. O programa LATAM Pass possui sua tabela de regiões. Desse modo, indica quais países fazem parte de qual região. Para verificar esta tabela clique aqui.

Vamos usar um exemplo bem simples: um voo entre São Paulo e Nova York. Ele é operado pela Delta e considerado um voo entre Brasil e América do Norte. Conforme pontuei acima, uma vez o voo seja operado por uma companhia parceria, o resgate terá um valor fixo.

Caso seja operado pela própria LATAM, a tabela de resgates é dinâmica. O valor vai variar de acordo com a data, se é alta ou baixa estação, disponibilidade e ocupação do voo, movimento das rotas e, naturalmente, as promoções.

Você pode conferir todas as tabelas clicando aqui. Em seguida, role a página até mais ou menos o meio onde diz: Resgate seus pontos LATAM Pass para viajar por toda a malha das companhias aéreas parceiras. Clique na cabine de voo e confira a tabela.

COMPANHIAS AÉREAS PARCEIRAS DA LATAM

Através do programa LATAM Pass, você pode emitir bilhetes em classes econômica, premium economy, executiva e primeira classe. Embora tenha despedido-se da oneworld, a LATAM permanece ainda com uma vasta gama de empresas parceiras. E, de mais de uma aliança.

Em seguida, confira as parceiras onde é possível fazer resgates com seus pontos LATAM Pass:

Alaska Airlines (oneworld), Austrian Airlines (Star Alliance), Azul (independente), British Airways (oneworld), Cathay Pacific (oneworld), Delta Airlines (Skyteam) Finnair (oneworld), Iberia (oneworld), JAL (oneworld), Lufthansa (Star Alliance), Malaysia Airlines (oneworld), Quantas (oneworld), Qatar Airways (oneworld), Royal Jordanian (oneworld), S7 Airlines (oneworld), SriLankan Airlines (oneworld) e SWISS (Star Alliance).

Classe executiva da Iberia. Parceira espanhola da LATAM

Notem que a LATAM possui parceiras nas três principais alianças globais, além do recém acordo de codeshare com a Azul.

TAXA DE RESGATE LATAM PASS

Desde o dia primeiro de julho, o LATAM Pass também passou a cobrar taxa de resgate nas reservas de voos nacionais com menos de 90 dias ou internacionais com menos de 120 dias. Entretanto, esta taxa não é cobrada em voos operados por parceiros. Pelo menos não até agora…

O QUE DIZ A LATAM

Em nota a imprensa, a LATAM afirmou o seguinte:

“O LATAM Pass informa que, de acordo com as estratégias de negócio do programa, bem como negociações com as companhias parceiras, atualizou a pontuação mínima necessária para emissão de passagens com pontos especificamente na Europa com uma variação de 20% na tabela de resgate. Prezando pela transparência de comunicação com seus clientes, as atualizações dos valores já está disponível no site do programa.”

Vale ressaltar que no quesito transferência, a empresa foi infeliz no seu comunicado. A LATAM não comunicou a seus clientes as mudanças nas tabelas com o devido aviso prévio, bem como o fez em cima da hora e de maneira bem, digamos… discreta. Sobre isso vamos abordar logo abaixo.

RECUPERAÇÃO JUDICIAL DA LATAM

Eu acredito sim na recuperação judicial da empresa. O grupo LATAM, além de maior transportador aéreo da América Latina, apesar do cessamento de operações das afiliadas da Argentina e da Colômbia, é bastante sólido financeiramente, tem dinheiro em caixa bem como receberá injeções de capital de investidores. O grupo é liderado, não obstante, por uma equipe de governança de excelência.

Pois bem, vale ressaltar que, como colocado, esta é uma opinião estritamente minha. Não reflete a opinião do Estevam, de nenhum outro colunista ou tampouco do Estevam Pelo Mundo como fonte de informação e pesquisa sobre viagens, companhias aéreas e demais assuntos da mesma natureza. Então, vamos deixar isso bem claro, hein!

Nova classe executiva da LATAM. Está presente nas aeronaves modelo Boeing 777-300ER e em Boeings 767-300 selecionados

Por fim, no dia 02 de junho, fiz um post completo, tim-tim por tim-tim sobre a recuperação judicial do grupo LATAM. Para acessar, dá um clique aqui. Seguinte, ao desenrolar dos fatos, uma atualização foi feita e, um novo post foi ao ar. Para conferir, basta clicar aqui.

CONSIDERAÇÕES E O QUE ACHO

Observamos claramente reajustes elevados para a Europa. Os fatores que possivelmente tenham causado este reajuste são a forte desvalorização do real frente ao dólar (tudo na aviação é cotado em dólar), bem como o processo de expansão monetária nos programas de fidelidade no Brasil. Milhas são exatamente como uma moeda. Quanto mais em circulação, mais desvaloriza-se. Isto é um principio básico de economia desde que o mundo é mundo…

Novamente, embora a empresa afirme o contrário, a transparência na comunicação com os membros do programa foi praticamente nula. O aviso foi feito em cima da hora, sem o devido aviso prévio para seus participantes. Igualmente, a divulgação foi bastante discreta. Ponto negativo para a LATAM e o LATAM Pass neste quesito.

Não sou contra reajustes. Eles fazem parte da dinâmica do mercado. Apenas sou radicalmente contra quando acontecem sem aviso prévio e sem a divulgação adequada.

Por outro lado, malgrado o significativo aumento de preços para resgates para a Europa, devo lembrar que vários resgates em classe Premium Economy sofreram uma redução de valor. Neste quesito, ponto positivo para a empresa.

FINALIZANDO

E você? Tinha algum resgate em mente e foi prejudicado? Se sim, conta pra gente. Basta jogar seu comentário na caixinha de comentários logo abaixo do post.

Aliás, se ficou alguma dúvida joga sua pergunta lá. Certamente vamos lhe responder com enorme prazer!

Lembre-se. E sempre: suas dúvidas e seu feedback são muito importantes para nós que fazemos a equipe Estevam Pelo Mundo.

QUEM SOU EU?

Ah! Como vocês devem ter notado sou novo na área. Estou aqui precisamente desde meados de maio. Se quer me conhecer melhor, saber quem eu sou e saber como eu vim parar aqui basta dar uma sacada no meu primeiro post, quando fui oficialmente lançado aqui no Estevam Pelo Mundo. Para isso basta clicar aqui. Igualmente, se gostou de mim ou se já quer ir conferindo algumas das minhas fotos de viagem e de algumas exaltações proporcionadas por milhas e pontos basta dar um follow lá no Instagram. Meu nome na rede é @lucasmcv 😉

Por fim, um grande abraço e até o próximo post!

 

Lucas Cabral

 

 

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularalugar um carro, garante os tickets para passeios e compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo  gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Posts Relacionados