8 drinks temáticos inspirados em destinos

Quem nessa quarentena de pandemia de coronavírus não está precisando de uns bons drinks? Assim sendo, para te ajudar a sair dessa bad e dar um agito em casa, vamos te ensinar a fazer 8 drinks temáticos inspirados em destinos.

Assim, você aprende algo novo, se inspira em uma nova viagem para o destino do seu drink e ainda amiga, bebe! Por que ninguém é de ferro!

Vem comigo conferir esses 8 drinks temáticos:

Cuba-libre (Cuba)

O nome já entrega tudo. Esse drink nasceu em Cuba e é uma mistura de rum (se for cubano, melhor ainda!) e Coca-Cola. Para dar aquele toque, coloque uma fatia de limãozinho pra ficar bem chique.

A história desse drink é meio controversa, ninguém sabe ao certo. Em princípio, acredita-se que o drink surgiu quando os soldados americanos participaram da guerra da libertação da ilha de Cuba, 1989.

Mas o problema é que a história também diz que a Coca-Cola só chegou na ilha em 1900. Não bate, certo? Mas deixando a história de lado, o drink é uma delícia!

Tem até uma música que chama Whisky a Go-Go, do grupo brasileiro Roupa Nova, que é assim: “Foi numa festa, gelo e cuba-libre. E, na vitrola, Whisky a Go-Go”. Clássico dos bailinhos dos anos 80 e das festas de casamento e formatura.

Receita:

– Rum (branco)
– Coca-Cola
– 1 fatia de limão

Não tem segredo, mistura e bebe.

 

Piña Colada (Porto Rico)

Rum, leite de coco e suco de abacaxi combina demais com uma praia caribenha. A Piña Colada é a bebida oficial de Porto Rico desde 1978.

Você pode até nunca ter tomado esse drink, mas com certeza já ouviu falar dele. Isso por que tem uma música muito bacana chamada “Escape”, de Rupert Holmes, mas que ficou conhecida como “A música da Piña Colada”.

A história desse drink é que ele foi criado pelo barman do hotel Hilton do Caribe em 1954 a pedido da gerência do hotel que queria oferecer algo exclusivo para sua clientela.

Receita:

– 3 partes de rum
– 3 partes de leite de coco
– 9 partes de suco de abacaxi
– Gelo

Bate tudo no liquidificador até ganhar uma consistência cremosa. Pra ficar bem chique decore com um pedacinho da fruta. Pronto, facinho e já pode beber!

Pisco Sour (Peru e Chile)

O Pisco é uma bebida destilada proveniente da uva e é produzido no Peru e no Chile. E eles bebem muito isso por lá. É tipo a cachaça deles. Eles bebem puro e as vezes misturam Coca-Cola, tipo uma cuba-libre.

Mas o drink mais famoso dessa bebida é o Pisco Sour, preparado com pisco, limão, açúcar e clara de ovo (estranho, mas é isso mesmo). A clara forma uma espuminha por cima do coquetel.

Esse drink é inspirado no Uísque Sour e se tornou a bebida nacional, ou melhor binacional. A história dessa bebida também é controversa porque há dois países envolvidos. Quem fez primeiro?

Mas isso não importa. Não é verdade? O que importa é aprender a fazer a bebida e aproveitar.

Receita:

– 120ml de pisco
– 30ml de limão
– 30 ml de xarope de açúcar (1paretde água e 1 de açúcar, aqueça até levantar fervura)
– 1 clara de ovo

Misture tudo em uma coqueteleira com gelo e chacoalha bastante, pelo menos por um minuto pra formar a espuminha. Prontinho, já pode beber! Se quiser dar um toque, pingue umas gotinhas de licor de Angostura.

 

Margarita (México)

A tequila é bebida é símbolo nacional do México. E é a base para nossa margarita. Eu adoro frozen margarita!!

A tequila é feita de agave-azul (planta nativa) fermentado. Seu gosto é bem forte, como uma aguardente, cachaça né gente!

A margarita, meu drink favorito até aqui, também tem mistério em sua criação. A história mais contada é que ela foi criada na década de 40, em Acapulco, em uma das festas oferecidas por uma socialite americana da época, chamada Margareth Sanders.

Aí seu esposo, contente da vida com a criação da esposa, nomeou o drink com seu nome.

Receita:

– 120ml tequila
– 60ml suco de limão
– 55ml de licor de laranja
– 1 colher sopa de açúcar
– Gelo a gosto

Em uma coqueteleira, misture todos os ingredientes e bata bastante. Se quiser fazer uma versão caseira da frozen margarita. Bata tudo no liquidificador com bastante gelo. Deu até água na boca. Delícia!

 

Caipirinha (Brasil)

O Brasil também tem a sua bebidinha típica, gente. E quem não conhece a caipirinha? Aposto que a maioria também sabe fazer esse drink.

O coquetel é de origem paulista, e leva cachaça, limão, açúcar e gelo. Essa é a original, mas inventaram algumas variações como a caipiroska (vodka) e a caipiríssima (rum).

Sem dúvida, confesso que eu prefiro a de vodka, cachaça me dá uma dor de cabeça!!!!!

Receita:

– 1limão
– 1 dose de cachaça (ou bebida da sua escolha)
– 2 colheres de sopa de açúcar
– Gelo a gosto

Em primeiro lugar, corte o limão do jeito que preferir. Em segundo, junte o açúcar e por fim, amasse no pilão. Quem tiver coqueteleira pode colocar a mistura com o gelo e bater bem. Senão tiver, não tem problema, joga tudo no copo com o gelo e aproveite!

 

Spritz (Itália)

Esse drink é bem refrescante, mas também um pouco amargo. Fica a dica! O coquetel é uma mistura de espumante, Aperol, Campari ou Cynar e muito gelo.

Em princípio, aqui no Brasil, o drink é muito conhecido como Aperol Spritz, mas pode ter suas variações com as bebidas acima citadas. Vai do gosto de cada um.

O drink é originário das regiões italianas Friuli-Venezia Giulia, Vêneto e Trieste. A sua versão mais comum, com Aperol, é o coquetel oficial dos venezianos, que consomem junto com aperitivos em rodas de amigos.

Receita:

– 3 partes de espumante (ou prosecco)
– 2 partes de Aperol
– Água com gás a gosto
– Gelo a gosto

É só misturar a espumante e o Aperol em um copo grande e depois completar com água com gás. Em seguida, você pode decorar com uma rodela de laranja.


Sangria (Espanha)

Essa bebida é típica da Espanha, mas também é muito consumida em Portugal. Já na França esse drink é conhecido como Clericot.

A origem dela, é igualmente confusa como as demais. Apesar de ter surgido nas colônias inglesas do Caribe, a bebida ficou famosa na Espanha e ganhou um up grade com os vinhos tintos da região.

O drink é feito tradicionalmente de vinho tinto doce e frutas, em Barcelona se usa também a cava no lugar do vinho.

Receita:

– Vinho tinto
– Frutas variadas (da estação) e picadas em cubos pequenos
– Refrigerante de limão ou laranja
– 1 dose de vermute vermelho, brandy ou triple sec
– Açúcar a gosto

Em uma jarra grande junte todos os ingredientes e deixe na geladeira por pelo menos duas horas. É o tempo para que as frutas peguem o gostinho das bebidas e fiquem bem suculentas na hora de comer. Sirva em taças bem bonitas e de boca grande.


Manhattan (EUA)

Certamente, esse drink ficou muito famoso por causa do seriado Sex and the City. As quatro amigas de Nova York adoravam sair à noite e beber esse drink. Muito chique!

De acordo com a história, o drink foi criado no Manhattan Club, no começo dos anos 1870, e leva tradicionalmente uísque americano, vermute doce e Angostura. O coquetel é, sobretudo, bem forte e um pouco amargo.

Receita:

– 50ml de uísque
– 20ml de vermute doce
– duas gotas de Angostura

Misture tudo com gelo a gosto e sirva com uma cereja dentro do copo.

Com toda a certeza eu quero experimentar todos esses drinks! Qual você mais gostou? É provável que algum tenha lhe agradado.

Por fim, qual te inspirou mais a conhecer o destino em uma viagem futura?

 

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularalugar um carro, garante os tickets para passeios e compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo  gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveite e se inscreva em nosso canal do Youtube e no Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas.

Posts Relacionados