5 cuidados para se proteger do coronavírus

Os casos de contaminação por coronavírus não param de crescer no Brasil e no mundo. A maior preocupação das autoridades e governos é a sua rápida disseminação.

Segue abaixo 5 cuidados que podem evitar a contaminação e a disseminação do vírus:

1 – Lave as mãos: lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão, ou passar álcool gel 70% caso não tenha como lavar as mãos com sabão,

2 – Use máscaras de proteção: ainda não está comprovado, mas a OMS sugeriu que as pessoas que precisem sair nas ruas usem a máscara como mais uma camada de proteção contra o vírus. As pessoas doentes devem usar sem dúvida!,

3 – Verifique sua temperatura regularmente: um dos sintomas do coronavírus é a febre e monitorar a temperatura é uma boa forma de acompanhar a evolução da doença, caso esteja infectado,

4 – Isolamento social: o mundo inteiro está adotando ações de isolamento social para diminuir a contaminação da população. Portanto, se você pode ficar em casa, fique em casa!,

5 – Nunca toque seu rosto com as mãos sujas: a mão vai ao rosto milhares de vezes ao dia e é nesse momento que podemos nos contaminar. Evite as mãos no rosto, na boca e em toda mucosa do corpo.

Apesar de tanta informação, o coronavírus ainda é pouco conhecido pelos médicos. Por isso, ainda tem gente que não acredita que uma “gripezinha” pode matar de verdade. O mundo inteiro está tentando combater esse inimigo invisível, mas é preciso que todos façam a sua parte.

Veja abaixo os 6 principais erros da população sobre o coronavírus:

1 – Não respeitar o isolamento social: quanto mais gente circulando, mais o vírus circula e pode atingir mais pessoas. Isolamento social é cuidar de si mesmo e dos outros,

2 – Não lavar as mãos direito: já dissemos que lavar as mãos é uma forma eficiente de evitar a contaminação. Continue lavando as nãos com frequência,

3 – Comprar remédios que ainda não tiveram sua comprovação no combate ao vírus: além de perigoso se você comprar determinado remédio, que é usado para outros tipos de doença, outra pessoa que precisa de verdade ficará sem. Pense nisso!,

4 – Estocar comida e álcool gel: aqui é uma questão de civilidade. O governo já disse que não corremos o risco de falta de abastecimento, logo, não é preciso estocar o que não vai consumir de imediato. Vale o mesmo dos remédios, alguém que precisa pode ficar sem. Pense na coletividade!,

5 – Ir ao hospital sem necessidade: o mais grave da pandemia do coronavírus é a falta de capacidade do nosso sistema público atender todos os doentes graves. Portanto, se você tiver sintomas leves da doença, permaneça em casa. Só vá ao hospital se tiver falta de ar, que é o sintoma mais grave,

6 – Espalhar fake news: sério, gente! Já é difícil combater um inimigo como o coronavírus, mas com fake news fica ainda mais complicado. Se você recebeu uma mensagem pelo whatsapp, antes de repassar, confere se é verdade.

Agora que você já sabe o que deve e não fazer, vamos recapitular alguns pontos importantes de tudo que já sabemos do coronavírus:
CORONAVÍRUS

O coronavírus é uma doença infecciosa causada por um novo vírus. Ele causa problemas respiratórios semelhantes à gripe e sintomas como tosse, febre e, em casos mais graves, dificuldade para respirar. Portanto, como prevenção, lave as mãos com frequência e evite tocar o rosto e ter contato próximo (um metro de distância) com pessoas que não estejam bem.

TRANSMISSÃO

O que se sabe até o momento é que a transmissão costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções, como Ccatarro e gotículas de saliva. A principal forma de contágio do novo coronavírus é o contato com uma pessoa infectada, que transmite o vírus por meio de tosse e espirros. Ele também se propaga com contato próximo, como toque ou aperto de mão. E quando a pessoa toca em uma superfície ou objeto contaminado e depois nos olhos, nariz ou boca.

SINTOMAS

Sinais e sintomas clínicos são principalmente respiratórios, semelhantes aos de um resfriado comum: febre, tosse e dificuldade de respirar. Coriza, espirros, dor de cabeça e no corpo também são sintomas da Covid19.

PREVENÇÃO

Lavar as mãos frequentemente por 20 segundos com água e sabão ou higienizá-las com álcool em gel. Cobrir o nariz e a boca com um lenço ou o cotovelo ao tossir e espirrar. Evitar contato próximo com pessoas que não estejam bem. Ficar em casa e se isolar das outras pessoas que moram com você caso apresente os sintomas da doença.

O que não fazer: tocar os olhos, nariz ou boca sem estar com as mãos limpas

Ademais, caso apresente algum sintoma do Covid19 deve-se evitar o contato com outras pessoas e procurar um serviço médico imediatamente, como um Pronto Atendimento, para análise inicial.Para os casos suspeitos e confirmados a recomendação é ficar em casa. Em casos de sintomas persistentes, procurar o serviço de saúde.

DICA

Por fim, o Governo do Estado de São Paulo preparou um site dedicado ao Covid19. Tem de tudo por lá. Vale a pena acessar este LINK e saber mais sobre a doença e as ações que o governo está tomando para combater o vírus.

 

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularalugar um carro, garante os tickets para passeios e compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo  gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveite e se inscreva em nosso canal do Youtube e no Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas.

Posts Relacionados