O que fazer em Nova York em 5 dias?

Nova York é uma cidade incrível! Não tem nem o que discutir. Agora, o que fazer em Nova York? Decerto podemos passar horas falando sobre isso. Mas para facilitar, separamos os passeios de acordo com os 5 bairros da cidade: Brooklyn, Queens, Bronx, Manhattan e Staten Island.

Dessa forma, a intenção é curtir passeios imperdíveis em cada parte da cidade e poder aproveitar tudo o que há para se fazer em Nova York em um roteiro de 5 dias.

Antes de mais nada, vem ver essas dicas do que fazer em Nova York:

Brooklyn

Brooklyn Bridge

Primeiramente, começamos o dia em um dos cartões postais mais famosos de NY, a Brooklyn Bridge. A ponte suspensa foi inaugurada em 1883 e é considerada uma das maiores do mundo. Decerto é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. A ponte possui 1800 metros de extensão e é um excelente lugar para fazer caminhadas e andar de bicicleta.

Ao pé da ponte fica o Brooklyn Bridge Park, conhecido por ter uma das mais belas vistas do horizonte de Manhattan. Por lá ainda tem uma pista de patinação. Outro lugar bem gostoso para um passeio é o Prospect Park, que recebe mais de 10 milhões de visitantes por ano. Além dos espaços verdes, vale conferir o carrossel instalado no local.

Enfim, para encerrar o dia a dica é curtir a cena noturna do bairro. Em Williamsburg tem todo o tipo de bar, incluindo salões de cocktails, cervejarias e um fliperama. Já o Brooklyn Bowl, que é muito popular, tem muita bebida com música ao vivo.

Queens

Cerveja de Long Island é uma boa pedida para a noite

A cena LGBTQ+ é muito forte no Queens. Este é o distrito mais diverso dos cinco distritos da cidade de Nova York. A vida noturna é bem agitada e cheia de personalidade nos bares locais. Vale conferir uma dessas festas e aproveitar uma noite animada e sem julgamentos.

Agora quem gosta de arte contemporânea não pode deixar de visitar o MoMA PS1, que é hoje um espaço de novas ideias e tendências da arte contemporânea. O MoMA PS1 está sempre em busca de artistas emergentes que também estão em busca de reconhecimento pelo seu trabalho.

O cenário de produção de cervejas de Long Island City explodiu nos últimos anos. Você pode facilmente visitar diversos bares em uma única noite e provar essas cervejas artesanais. Já para quem curte esportes, a dica é assistir um jogo do time de beisebol New York Mets no Citi Field ou um jogo de tênis do US Open no estádio vizinho.

Bronx

Yankee Stadium

O Bronx é o berço do hip-hop e lar do New York Yankees. Para começar que tal um passeio pela Grand Concourse, a via central de Bronx, que é repleta de uma grande coleção de edifícios históricos. É como se fosse a versão nova iorquina dos Champs-Élysées (Paris).

O Yankee Stadium é uma visita obrigatório para os fãs de beisebol. Se não há nenhum jogo no horário, é possível fazer um tour do local. Outro local bem conhecido do bairro é o Bronx Zoo, um dos mais antigos e maiores jardins zoológicos urbanos dos Estados Unidos. Por lá são mais de 6 mil animais de mais de 700 espécies, e o objetivo do local é inspirar os visitantes a valorizar o papel da natureza na preservação da vida animal. Bem legal, né?

E quem é fã de hip-hop tem que fazer o Hush Hip Hop Tours, um passeio pela história do ritmo que explora diversos locais de NY mostrando a evolução dessa arte nova-iorquina pela perspectiva dos artistas. Os passeios são feitos por músicos envolvidos com a história do gênero.

Manhattan

Times Square

O distrito é sem dúvida o mais famoso e tem grandes atrações. Nada como começar o dia em um passeio pelo Central Park. Com certeza é o parque mais famoso do mundo e fica no coração da cidade, é imperdível!

O parque é enorme e dá pra passar um dia inteiro por lá, então a dica é tomar cuidado para não se perder, nem no tempo e nem no parque. Para quem é fã de Beatles, vale conferir o Strawberry Fields, onde foi feita uma homenagem a John Lennon. Ah, e em uma das esquinas do parque (do lado de fora) fica o prédio onde ele morava.

A Times Square é onde estão todas as luzes da cidade. Outdoors e letreiros da Broadway são as principais características desta área movimentada. Fora as diversas lojas e restaurantes. Sem dúvida um dos lugares mais legais da cidade. Vale muito a pena comprar um ingresso para assistir a um show da Broadway; e não deixe de subir as escadas da TKTS para tirar muitas fotos.

O Rockefeller Center é outra atração bem famosas da cidade de Nova York. No último andar do prédio fica o Top of the Rock de onde se tem uma visão 360 da cidade. Ademais, quando é inverno, eles montam um ring de patinação no gelo ao ar livre no térreo. Ah, nele também fica a árvore de Natal mundialmente famosa, que inclusive, já apareceu em diversos filmes. Quem não lembra de Esqueceram de Mim!

Staten Island

Vista do ferry para Staten Island

Staten Island é o distrito mais verde da cidade. A ilha é um verdadeiro refúgios de vida silvestre, jardins botânicos, parques e até praias. Para chegar a ilha é preciso pegar o ferry, que é gratuito e funciona 24 horas. Ao mesmo tempo no trajeto é possível ver no horizonte o bairro de Lower Manhattan e a Estátua da Liberdade.

O Snug Harbor Cultural Center & Botanical Garden é um centro cultural que abrange museus, prédios históricos e hectares de jardins paisagísticos. Só para exemplificar, um desses espaços é Jardim do Erudito Chinês, com caminhos feitos de bambu, cachoeiras e uma lagoa koi que recriam uma essência tranquila da China – da época da dinastia da era de Ming em Nova York.

Por fim, o ideal é encerrar o dia em Staten Island a dica é comer uma pizza no Pier 76 no restaurante de sua preferência e depois curtir um show de comédia ou um concerto no cinema histórico St. George Theatre, de 1929.

Extras
Estátua da Liberdade

 

Estátua da Liberdade: ir a NY e não ver a Estátua da Liberdade é impensável, não é? Ela é o maior símbolo dos Estados Unidos, tem que conhecer. Para isso, é preciso ir até Liberty Island e o melhor meio é de balsa num percurso que dura uns 25 minutos. O ideal é se planejar para esse passeio. Por isso, comprar seu ingresso com antecedência é essencial. A ilha tem limitações e a procura é enorme. Por exemplo, para acessar o pedestal da estátua e para subir até sua coroa é preciso muita antecedência e você não consegue comprar o ingresso para isso na hora.

Espaço onde ficava uma das torres gêmeas

Ground Zero: este local é onde ficavam as torres gêmeas que foram atingidas no 11 de setembro de 2001. No local, agora conhecido como Ground Zero, foi construído um memorial a fim de homenagear as vítimas desse atentado. Além do memorial, hoje já existe um novo World Trade Center e o 9/11 Memorial Museum.

 

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celular, alugar um carro, garante os tickets para passeios e compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveite e se inscreva em nosso canal do Youtube e no Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas.

Posts Relacionados