O que fazer no verão em São Paulo?

Parque Ibirapuera - Estevam pelo Mundo
Parque Ibirapuera – Imagem:saopaulo.sp.gov.br

O verão já chegou e para quem pensa que São Paulo não é um bom lugar para curtir as altas temperaturas, está muito enganado! A cidade tem muitas opções para se refrescar. Vale lembrar que apesar de não tem praia, o verão em São Paulo pode ser muito divertido. Separamos diversas dicas do que fazer no verão em São Paulo.

Piscinas públicas, parques, praias artificiais, e porque não shoppings e cinemas – com aquele ar condicionado bem geladinho – são algumas das atividades para se fazer nesse calorzão da capital paulista.

PARQUE IBIRAPUERA

O Parque Ibirapuera é um dos mais famosos e movimentados de São Paulo. Sobretudo, o parque é uma das mais importantes áreas verdes, de cultura e lazer da cidade. Além disso, é um referencial de visitação turística. Dessa maneira há uma diversidade de atividades, como trilhas, passeios de bike, o Planetário, o Museu de Arte Moderna (MAM), a Bienal, e muitas outras atrações.

REPRESA GUARAPIRANGA E PARQUE ECOLÓGICO DO GUARAPIRANGA

A Represa de Guarapiranga é um reservatório para o abastecimento de água potável situado na divisa entre os municípios de São Paulo, Itapecerica da Serra e Embu-Guaçu. O parque é voltado para a prática de esportes, lazer e contemplação, com uma área destinada a banhistas. Antes de mais nada o local é conhecido pelos amantes do futebol e esportes aquáticos.

A represa Guarapiranga tem 18 praias regulamentadas pela Prefeitura de São Paulo. A Praia do Sol, conhecida como prainha, é a mais conhecida e exclusiva para banhistas. Existem outras onde é possível a prática de esportes aquáticos.

Parque Guarapiranga - Estevam pelo Mundo
Parque Guarapiranga – Imagem:saopaulo.sp.gov.br

SESC

Em São Paulo são 23 unidades do SESC com ambientes destinados a cultura, esporte, saúde, alimentação e muitos outros. A programação de cada unidade é intensa e oferece diversas opções de shows e cursos. Vale a pena conferir a programação porque tem muita coisa gratuita e para todos os gostos.

PARQUE ESTADUAL DO JARAGUÁ

O Parque Estadual do Jaraguá abriga uma parte remanescente da Mata Atlântica da região metropolitana de São Paulo. Por lá fica o icônico morro do Jaraguá, onde está localizado o Pico do Jaraguá, o ponto mais alto da cidade com 1.135 metros de altitude. De lá de cima a vista é panorâmica da maior parte da cidade.

Além disso, o parque conta com 492 hectares de áreas de conservação. Por fim, o local oferece estrutura para esporte, área para piqueniques e trilhas.

Parque Estadual do Jaraguá - Estevam pelo Mundo
Parque Estadual do Jaraguá – Imagem:saopaulo.sp.gov.br

PARQUE ECOLÓGICO TIETÊ

O Parque Ecológico do Tietê tem mais de 14 milhões de metros quadrados e fica na Zona Leste de São Paulo. Além de preservar fauna e flora da várzea do rio Tietê, o parque proporciona uma série de atividades culturais, educacionais, recreativas, esportivas e de lazer. Alugar pedalinho é uma das atividades mais famosas.

Entre as principais atrações estão o Centro de Educação Ambiental, Centro Cultural, Museu do Tietê, biblioteca e Centro de Recepção de Animais Silvestres.

JARDIM BOTÂNICO

O Jardim Botânico conta com 143 hectares e várias espécies vegetais. Sua biblioteca conta com mais de 6 mil livros e o Museu Botânico possui amostras de plantas da flora brasileira, além de uma coleção de produtos extraídos de plantas e representações de ecossistemas de todo o Estado de São Paulo.

Além disso, há duas estufas que abrigam plantas típicas da Mata Atlântica e exposições temporárias, o Jardim de Lineu, o portão histórico de 1894, e o marco das nascentes do riacho Ipiranga. Pelo site dá pra fazer um tour virtual.

Jardim Botânico de São Paulo - Estevam pelo Mundo
Jardim Botânico de São Paulo – Imagem:saopaulo.sp.gov.br

PISCINAS PÚBLICAS

Eu não tinha ideia, mas há em São Paulo diversas opções gratuitas de piscinas públicas espalhadas em vários bairros da cidade. É provável que você também não saiba disso. Mas dá pra curtir esse verão sem pagar nada para usar.

Dos Centros Esportivos Municipais, 28 possuem piscinas de todos os tamanhos e profundidades. Todas contam com a supervisão de salva-vidas capacitados para garantir a segurança da população. Os CEUs – Centros Educacionais Unificados da cidade de São Paulo – são também opções para acessar as piscinas de forma gratuita. Veja AQUI e AQUI a lista completa dos locais.

PARQUE DA CANTAREIRA

E por fim, quem disse que não teria cachoeira nessa lista de dicas? Pois bem, o Parque da Cantareira possui uma das maiores áreas de mata tropical nativa do mundo situada em uma região metropolitana. Seus 7.900 hectares são formados por remanescentes de Mata Atlântica, e a proteção de seus mananciais abriga espécies animais e de vegetação ameaçadas de extinção.

A Trilha da Cachoeira possui três atrações em seus três quilômetros de extensão: a Cachoeira do Tombo, a Cachoeira do Engordador e a Cachoeira do Véu. Localizada no Núcleo Engordador do Parque, a trilha tem um trajeto considerado fácil e não é preciso ter a companhia de um guia turístico para realizá-la.

E aí? Já sabe o que fazer em São Paulo no verão? Veja aqui alguns conteúdos relacionados:

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celularaluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no meu canal do Youtube e no meu Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas!

Posts Relacionados