6 mirantes para visitar em São Paulo

Mirantes de São Paulo para visitar
Foto: Larissa Faria

Olá! Sou Larissa Faria, jornalista de turismo que escreve para diversos veículos e marcas desse mercado. Agora, colaboro também para o blog do Estevam, compartilhando as melhores dicas para você viajar muito mais. Como uma boa paulistana, indico hoje 6 mirantes para visitar em São Paulo 🙂

Afinal, quem nunca sonhou em visitar os rooftops de grandes cidades, como os de Nova York? Subir ao terraço do icônico Empire State, por exemplo, é uma meta para qualquer amante de paisagens urbanas. Mas, felizmente, não é preciso ir tão longe para admirar um belo skyline: em São Paulo, há diversos edifícios que recebem os curiosos que querem admirar a cidade do alto e, por que não, garantir boas fotos?

Abaixo, você confere um guia dos principais prédios de São Paulo para enxergar a metrópole por novos ângulos. Caso seja possível, uma dica bacana é visitá-los no fim da tarde. Assim, você aproveita o pôr do sol e as luzes da noite nos arranha-céus. Confira o que há de interessante em cada um deles, horários e valores de visitação:

Copan

Edifício Copan, em São Paulo, é um dos mais habitados do país
Foto: Sergio Souza/Unsplash

Seu formato, que lembra uma onda, ou uma letra S, foi desenhado na década de 50 pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Com 115 metros de altura e 35 andares, o Copan é um dos maiores edifícios residenciais do país em número de apartamentos: são 1.160 unidades divididas em seis blocos. Alguns dos imóveis, inclusive, possuem grandes janelas, que chamam a atenção de quem quer admirar a paisagem do centro da cidade sem hora marcada: as acomodações do Copan fazem sucesso no Airbnb. Vale a pena também dar uma volta pelo térreo, que conta com lojas, padarias e cafeterias abertas ao público em geral.
Avenida Ipiranga, 200, bairro República. De segunda a sexta-feira, há visitas gratuitas às 10h20 e às 15h20.

Farol Santander São Paulo

O Farol Santander é um dos mirantes de São Paulo que recebe visitantes em seu terraço
Foto: Larissa Faria

Inspirado no Empire State Building, de Nova York, o edifício Altino Arantes era a sede do Banco do Estado de São Paulo. Hoje, abriga as atrações do Farol Santander, projeto que relembra as histórias do passado e traz novidades em exposições temporárias. Há diversos espaços que podem ser visitados. Entre os mais curiosos, estão a pista de skate, no 21º andar, um bar no subsolo, onde ficava o cofre do banco, e um café com vista 360º da cidade no 26º andar. Logo na entrada, há uma lojinha com souvenirs de São Paulo – algo que infelizmente, é difícil de encontrar por aqui, então vale aproveitar. Ainda no térreo, não deixe de prestar atenção no lustre que ilumina o espaço há décadas: com 13 metros de alturas e 10 mil peças de cristal, ele pesa 1,5 tonelada.
As visitas custam a partir de R$ 12,50 e podem ser realizadas de terça a domingo das 9 às 20 horas. 

MAC

O MAC São Paulo conta com acervo de arte, restaurante, café e terraço com vista para o Parque Ibirapuera
Foto: Divulgação/Vista São Paulo

O Museu de Arte Contemporânea da cidade possui um amplo terraço com vista para o Parque Ibirapuera. Assim como o Copan, ele também foi desenhado por Oscar Niemeyer. Não à toa, foi o local escolhido para comportar o complexo gastronômico Vista, que inclui bar, restaurante, café e espaço para eventos. Ou seja, é um passeio completo: você pode caminhar pelo parque, e, em seguida, conferir o acervo do MAC, com obras de artistas como Pablo Picasso, Joan Miró, Tarsila do Amaral e Anita Malfatti. Para finalizar o roteiro, que tal um drink no último andar?
O museu tem entrada gratuita, e fica aberto de terça a domingo das 10 às 21 horas. O endereço é avenida Pedro Álvares Cabral, 1301, Vila Mariana. 

Edifício Martinelli

O edifício Martinelli é um dos mirantes para visitar em São Paulo na região central
Foto: Andreia Reis/Flickr

Mais de 600 operários trabalharam para levantar este gigante edifício, que começou a ser erguido em 1924 com a pretensão de ser o mais alto da cidade. Apesar de não bater esse recorde atualmente, – ele é mais baixo que seu vizinho, o Farol Santander – a beleza de seus detalhes e a riqueza de sua história o tornam um dos mais interessantes mirantes para visitar em São Paulo. O primeiro dono do prédio, o imigrante italiano Giuseppe Martinelli, encomendou uma casa para sua família no terraço, para provar que a estrutura era segura e não cairia. Naquela época, eram raras as construções acima de dez andares. Até hoje, os 30 pavimentos permanecem de pé, encantando pessoas que podem visitá-los diariamente em diversos horários.
A entrada no Edifício Martinelli é gratuita, mas deve ser agendada no site. A portaria fica na Avenida São João, 35, Centro. 

Sesc Paulista

Vista do terraço do Sesc Paulista, um dos mirantes para visitar em São Paulo
Foto: Matheus José Maria/Portal SESCSP

Inaugurado em abril de 2018, o Sesc Paulista tem um terraço disputado por quem quer ver uma das principais vias da cidade, a avenida Paulista, do alto. Lá também funciona um café com diversas opções deliciosas a preços acessíveis. Há, por exemplo, tostadas, picadinho de carne com legumes e tortilla, chás, vinhos, brigadeiro de laranjinha kinkan e sagu de hibisco. Os dezessete andares da unidade oferecem serviços como biblioteca e salas para ginástica, exposições e cursos. Os arredores do prédio também contam com outros espaços para quem gosta de arte, como a Japan House, o Itaú Cultural e a Casa das Rosas.
A entrada no Sesc Paulista é gratuita e pode ser realizada de terça a sábado, das 10 às 22 horas, e aos domingos e feriados, das 10 às 19 horas. 

Terraço Itália

Vista do bar do Terraço Itália, no centro de São Paulo
Foto: Divulgação/Terraço Itália

O imponente edifício Itália, com 46 pavimentos e 165 metros de altura, fica próximo ao Copan, no centro da cidade. Ele é o segundo prédio mais alto de São Paulo, perdendo apenas para o recordista Mirante do Vale. Em seu topo, está um dos restaurantes mais luxuosos da cidade, o Terraço Itália. Os ambientes românticos, ao som de piano, jazz e vista panorâmica, são propícios a comemorações de bodas e pedidos de casamento. O cardápio varia entre os salões e o bar, mas há uma opção econômica e ainda assim sofisticada para conhecer o terraço:
Diariamente, a entrada para admirar a vista e brindar uma taça de champanhe custa R$ 30 entre 15h e 19h. Vale cada centavo! Avenida Ipiranga, 344, República. 

Gostou das dicas? Quais desses mirantes para visitar em São Paulo você ainda não foi e quer ver de perto? Conte para a gente! Veja ainda um roteiro para um dia em São Paulo e 5 passeios diferentes na cidade.

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celular, aluga um carro, garante os tickets para passeios ou compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no canal do Youtube e no Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens, além de reviews de companhias aéreas! 🙂

Deixe o seu comentário

Posts Relacionados