12 DESTINOS ALTERNATIVOS PARA PASSAR O NATAL

Que tal uma viagem diferente para passar o natal?

Dá uma olhada nessa lista com 12 destinos alternativos de onde passar o Natal:

1.Kyoto, Japão (saiba mais clicando aquiaqui e aqui)

Natal diferente – A floresta de bambus de Arashiyama

Kyoto é o centro do budismo japonês, e como você deve imaginar, o natal é um pouco diferente por lá! Sem nenhuma forte ligação religiosa às festividades, os locais celebram a época com muitas decorações brilhantes e um pouco de romance à moda antiga, com milhares de casais saindo na véspera de natal para frequentar os restaurantes, bares e “hotéis românticos” mais ostensivos da cidade.

Após a experiência romântica, a “O-minugui Shiki” (cerimônia de limpeza) anual do templo Chion-in, realizada no dia 25 de dezembro é um tributo musical espetacular ao nascimento da Terra Pura do Budismo. Finalize esse dia com uma viagem aos arredores ocidentais de Kyoto para uma trilha no Arashiyama. Conhecido como um “local de cenário de beleza  nacional”, caminhar através milhares de caules verdes de bambu é como entrar em outro mundo, uma maneira mágica de passar o dia de natal!

VIAJE TRANQUILO! CONTRATE SEU SEGURO VIAGEM AQUI!

 

2.Sydney, Austrália 

Celebrações natalinas em ritmo de surfe!

As festividades pré-natalinas em Sydney não deixam de seguir as tradições das grandes capitais do hemisfério norte. Os tradicionais corais entoam seus concertos no Pitt Street Mall, e o famoso mercado The Very Merry Christmas Rocks Market fica cheio de presentes artesanais e deliciosas iguarias sazonais. Não perca o maior concerto de Natal gratuito da Austrália, o Woolworths Carols in the Domain, esse popular evento acontece perto do Jardim Botânico Real e é garantia de um desfile clássico natalino.

Na Austrália, é comum assar uns camarões numa barbie (churrasqueira) sob um sol escaldante, no lugar das castanhas que estamos mais acostumados nessa época. Então se para você, Natal tem que ter calor, não pense duas vezes e vá para a Bondi Beach, a praia mais badalada de lá, é o ponto perfeito para fazer novas amizades, pegar umas boas ondas e ver de perto como os australianos celebram o Natal com muito estilo.

 

3.Honolulu, Havaí

Mele Kalikimaka’… ou seja, Feliz Natal

Se você está procurando um natal no paraíso, que lugar melhor do que Ho-Ho-Honolulu?!

O estado mais ensolarado dos EUA tem celebrado as festividades natalinas ocidentais desde o começo do século XIX, mas com um toque havaiano único. Atualmente, os nativos da capital celebram compartilhando a alegria do natal com uma festa que dura o mês inteiro de dezembro, cheia de fogos de artifício, paradas e canções de natal tocadas no ukulele.

É provavelmente o único lugar do mundo no qual o Papai Noel está tão relaxado que aparece no luau vestindo um sarongue vermelho, chinelos e sim, você já até visualizou, uma camisa florida, carregado numa canoa puxada por golfinhos!!!

 

4.Nassau, Bahamas

Natal diferente na Junkanoo party!

Se você está procurando fugir da depressão pós-natal com um sol de rachar, figurino estrangeiro e o ritmo pulsante dos tambores goombay que são simplesmente irresistíveis, então convide-se para Nassau’s Junkanoo! Acontece em 26 de dezembro e novamente no dia de ano novo, é o festival de rua mais antigo do Caribe, e até é comparado com o Mardi Gras de Nova Orleans e o Carnaval do Rio com suas fantasias brilhantes e coloridas.

Entre  curtição e alegria, o mês de dezembro é perfeito para pessoas buscando descansar e relaxar na menos movimentada Praia do Cabo, ou entrar de cabeça nos roteiros de mergulho mundialmente famosos.

CONFIRA DIÁRIAS DE HOTEL E FAÇA RESERVAS CLICANDO AQUI.

 

5.Livingstone, Zâmbia

Um arco-íris lunar brilhando na Victoria Falls

Como uma cidade predominantemente cristã, Livingstone é sempre alegre neste mês de feriado, com nativos animados recebendo visitantes com braços abertos para cantar canções de natal, assistir uma peça natalina ou participar da entrega de presentes para a comunidade. Mas o melhor presente de natal que alguém pode se dar é uma excursão para fora da cidade no Parque Nacional Mosi-ao-Tunya classificado como Patrimônio Mundial da UNESCO, o qual abriga um parque de vida selvagem, floresta tropical e a deslumbrante cachoeira de Victoria Falls, também conhecida como “A Fumaça que Troveja”, conectando a Zâmbia com seu vizinho ao sul, Zimbábue. Os locais são extremamente orgulhosos deste marco nacional, e com o número relativamente baixo de turistas  que vão a Zâmbia, significa que você pode se aventurar pela floresta tropical sem ter que dividi-la com outras milhares de pessoas.

A Victoria Falls é notada como um dos arco-íris lunares mais impressionantes do mundo e o alcance caleidoscópico de cores será certamente uma visão para se guardar para sempre!

 

6.Douz, Tunísia

Corrida de camelos no deserto!

Famoso por ser o local de filmagem dos filmes de Guerra nas Estrelas, a cidade do oriente médio de Douz é comumente rotulado como o “portão para o Saara”. Mas pelos últimos quatro dias de dezembro, as tribos árabes que moram lá transformam esta terra estéril em um espetáculo beduíno magnífico.

O Festival Internacional do Saara atrai uma grande multidão, com turistas de todo o mundo se unindo aos nômades viajantes dos países vizinhos do norte da África para participar dos torneios de hóquei de areia, de ricas oferendas de comida, de feiras de artesanato e de apresentações tradicionais de dança do ventre.

Em Douz, o humilde camelo é tanto rei quanto o melhor amigo do homem, e os 50.000 visitantes anuais têm grande prazer em ver esses mamíferos corcovados participarem de rodeios e corridas através do cenário desértico. Não há nem sinal de natal, mas esta festa Tunísia é tão festiva quanto!

COMPRE AQUI SEU CHIP COM 4G NO MUNDO TODO COM 10% DE DESCONTO

 

7.Tromso, Noruega

 

Natal com Aurora Boreal

Tem sonho de passar um Natal com muita neve? Se você ama o frio, que tal ir além e encarar as festas em pleno Círculo Ártico?

A cidade-ilha de Tromso, apesar de ser tomada pela escuridão durante o inverno, ganha vida especial no mês de dezembro. Aromas de tangerina, pinheiros e pãezinhos de gengibre estão por toda parte, sem falar nas cantigas natalinas que ecoam pelo hall da Catedral Ártica. Os moradores se juntam nos mercados de Natal, e com tanta tentação ao redor, vai ser difícil resistir. Experimente o tradicional “ingefærnøtter”, biscoitos de gengibre em forma de bolinhas, acompanhados de um copo de quentão de crowberry para ajudar a esquentar.

Um imenso benefício de se estar no escuro total é poder avistar a famosa Aurora Boreal. Fique de olho entre seis da tarde e meia-noite e, enquanto espera, aproveite também a abundância de neve: pratique dogsled, esqui cross-country ou uma divertida guerra de bolas de neve.

 

8.Küssnacht, Suíça

As lanternas de Klausjagen

Na maioria dos cantos do mundo, Papai Noel é recebido em nossas casas e nossos corações com braços abertos. O mesmo não pode ser dito do peculiar vilarejo de Küssnacht, descansando na margem mais ao norte do Lago Lucerne, onde aproximadamente 20 mil turistas aparecem a cada dia 5 de dezembro para caçar o bom velhinho.

O confronto é chamado “Klausjagen”, também conhecido como “perseguindo o Noel”, e está entre as celebrações natalinas mais estranhas da Europa, não por menos, começou na Idade Média como uma tradição pagã, quando as comunidades tentavam afugentar espíritos malignos com um barulho insuportável. O evento era tão turbulento que foi proibido no século XVIII, apenas para ser reintroduzido um século depois em uma nova forma cristã, com o pobre Noel na linha de fogo.

A parada que dura a noite inteira apresenta 180 corneteiros, duzentos homens enfeitados com iffeles, mitras de bispos gigantes iluminadas a velas feitas para parecerem vitrais e 700 percussionistas de sinos “perseguindo” o rebelde conhecido como Noel e seus quatro elfos das trevas para fora da cidade.

 

9.Castleton, Reino Unido

Muitas e muitas árvores de Natal no pequeno vilarejo inglês de Castleton

As semanas antes do Natal são geralmente estressantes, com muitas compras, limpezas e preparação da ceia. Que tal fugir disso tudo e se esconder em Castleton, um charmoso vilarejo inglês onde o que importa são os simples prazeres da vida?

A temporada de festas começa com o acendimento das luzes de Natal. Todas as lojas capricham nas decorações mágicas e no espírito natalino para receber moradores e visitantes, muitas ficam abertas até mais tarde, e costumam organizar eventos e concursos temáticos, como quizzes, oficinas de artesanato e jogos diversos para os pequenos.

Sede de quatro cavernas, Castleton faz ótimo uso delas durante o período natalino. Na Peak Cavern, por exemplo, a tradição é de entoar cantigas natalinas à luz de velas. Bandas de música tradicional apresentam-se todas as noites, e os visitantes são convidados a provar o vinho quente e as “mince pies”, as tortinhas de Natal típicas. Impossível resistir ao charme e ritmo descontraído da cidadezinha.

 

10.Provence, França

Miniaturas de barro são a perfeita decoração de Natal

Gastronomia, presépios e decorações dignas de contos de fada… bem-vindo a Provence! O clima mais frio não diminui em nada o famoso joie de vivre francês. As ruas das cidades ficam cobertas de decorações e os lojistas capricham nos enfeites das vitrines. Outra tradição dos moradores são as feiras de “santons”, miniaturas de barro artesanais feitas por artistas locais. Originalmente, os santons eram usados para criar os presépios, mas no século 19 também passaram a recriar cenas do cotidiano. Hoje, os santons franceses ilustram profissões diversas, como padeiros, padres, pescadores, cantores e etc.

A comida, como era de se esperar, é levada muito a sério por lá, a ceia na véspera do Natal inclui sete pratos, honrando as Sete Dores de Maria, e eles são servidos com 13 pãezinhos, seguidos por 13 sobremesas, representando a Última Ceia de Jesus com seus 12 apóstolos.

 

11.Tallinn, Estônia

Charmoso e aconchegante: o Mercado de Natal de Tallinn

O centro antigo de Tallinn é praticamente um cartão-postal: igrejas antigas, arquitetura barroca, telhados coloridos e ruazinhas de pedras, tudo tão bem preservado que parece que você viajou de volta ao passado. Apesar do frio congelante tomar conta dos Países Bálticos no inverno, Tallinn costuma brilhar como uma luz de Natal durante a época do Yuletide.

Aliás, dizem que Tallinn foi onde foi montada a primeira árvore de Natal na Europa, em 1441, a árvore foi erguida na praça central pela Irmandade dos Cabeças-Negras, uma associação de mercantes solteiros, que cantavam e dançavam ao redor da árvore. A celebração local do Natal ainda hoje gira em torno de uma árvore de Natal, onde acontece um dos melhores mercados de Natal da Europa todos os anos. Vasculhe pelos estandes que vendem de chapéus de lã a objetos cerâmica, de velas perfumadas a decorações em madeira, tudo produzido por artesãos locais.

 

12.Budapeste, Hungria

Todos a bordo das luzes!

Procurando um pouco da alegria de natal diferente e com um orçamento apertado? Então a capital húngara é o seu lugar!

Em primeiro lugar há o mercado natalino na Praça Vörösmarty, comumente proclamado o mercado festivo mais barato de toda a Europa, as lembranças regulares para turistas é substituída por artesanatos húngaros feitos à mão – ótimos para presentes de natal de última hora. Se a gelada temperatura de dezembro e queda de neve te der calafrios, aqueça-se então com um mergulho no banho térmico de Budapeste, o Széchenyi.

E então há os bondes de contos de fadas! Durante todo o mês de dezembro, três linhas centrais de bondes são enfeitadas com encantadoras luzes,o lhar pelas janelas destes trenós futurísticos é uma maravilhosa maneira de ver uma Budapeste radiante ao anoitecer.

E ai viajante, escolheu o seu destino? Me conta aqui nos comentarios!

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celular, alugar um carro, garante os tickets para passeios e compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará me ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo  gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no meu canal do Youtube e no meu Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas.

Deixe o seu comentário

Posts Relacionados