O QUE FAZER EM AMSTERDAM? Roteiro prático 1, 2 ou 3 dias

Fui pela minha 4 vez a Holanda e resolvi trazer aqui para o blog um roteiro perfeito com o que fazer em Amsterdam!
Primeiro, quero falar um pouco sobre a cidade e sua origem. O nome “Amsterdam” deriva de duas palavras: Amstel ( do rio da cidade) e DAM que é uma barragem. Afinal, em 1345, começaram a construir barragens e a Holanda é hoje considerada um dos países baixos por estar abaixo do nível do mar – acho isso fantástico!

5 curiosidades rápidas:

  • Apesar de ter 750 anos, é uma capital européia relativamente nova e cheia de jovens pelas ruas!
  • A cidade tem mais bicicletas que pessoas;
  • Mesmo muitos achando que a maconha é legalizada, na verdade ela é apenas tolerada;
  • Até mesmo para ser prostituta no Red Light District você precisa passar por um processo de seleção;
  • Muitas pessoas acham que Amsterdam se resume a bikes, canais, maconha e tulipas, mas é MUITO MAIS QUE ISSO!

Bom, agora vamos falar sobre o que realmente vale a pena ver e fazer em Amsterdam, se tiver poucos dias.

ROTEIRO DE 1, 2 ou 3 DIAS:

Se você tem apenas um dia em Amsterdam, não pode perder tempo!
Bom, cheguei em Amsterdam de avião no aeroporto de Schiphol (muito lindo e organizado, por sinal).
De lá, você consegue pegar um metrô diretamente para o centro da cidade – aliás, na Holanda, o transporte público é tão bom, que muitas pessoas nem tem carro.
Fui direto ao meu hotel (falo mais de onde ficar em Amsterdam em outro post aqui do blog) e decidi fazer um tour com uma empresa brasileira na cidade. O tour chama-se: O MELHOR DE AMSTERDAM.

Queira você contratar ou não este tour, você precisa passar por todos estes lugares. São eles:
Praça Dam (Dam Square): Onde a cidade começou. Atolaram toda aquela região e em 1890 iniciaram a construção das estações de trem.
Palácio Real: Não! Os reis não moram lá, mas já moraram e hoje rende belas fotos.
Museu de Amsterdam: Amsterdam tem muitos museus e recomendo uma semana para ver todos, mas este, em especial, conta a história da cidade de maneira simples e divertida.
Begijinhof – Jardins Escondidos: Existe um lugar que passa despercebido por muitos viajantes em Amsterdam. Porém, o Begijinhof, apesar de não ser muito conhecido, fica no centro de Amsterdam e surgiu no século XIV. Algumas mulheres decidiram dedicar sua vida a obras e arte, e criaram o jardim.
Mercado das Flores: Amsterdam e flor tem tudo a ver! Se for na primavera ou verão, você NÃO PODE deixar de passar lá!
I Amsterdam sign: Passe no letreiro e aproveite para fazer aquela foto clássica! Ah! Se usar a hashtag #EstevamPeloMundo, garanto que vou lá curtir depois! 🙂

LEIA AQUI SOBRE O CHIP DE CELULAR QUE LEVEI PRA HOLANDA

Ao final do passeio, chamei a Manu, fotógrafa em Amsterdam para fazer umas fotos legais minhas. Afinal, nada melhor que uma foto profissional pra levarmos conosco de memória das viagens. A sessão durou 30 minutos e vou falar mais sobre valores e reservas em outro post do blog. Neste aqui vou focar exatamente em o que fazer em Amsterdam.

Logo depois do tour, vá até a Heineken Experience. A cerveja Heineken é praticamente um cartão postal da cidade. Mas, atenção viajante!!! Compre seu ingresso no site da Heineken para evitar filas e perder a viagem.

Se ainda estiver sol, o que fazer em Amsterdam é: alugue uma bicicleta e passeie pelos canais sem rumo até algum café, ou simplesmente vá ao centro de Amsterdam visitar os famosos Coffee Shops.

Os Coffee Shops, são “cafés” onde você pode tomar um café, uma cerveja e, claro, fumar maconha! Pode fumar a maconha ou tomar um suco de maconha, shake de maconha e até mesmo os famosos bolinhos de maconha (hash brownies). Na verdade, em alguns coffee shops, eu nem encontrei café! hahaha.

Mesmo que você não use maconha, vale passar lá pela experiência. Eu não sou adepto da maconha, mas entrar não mata ninguém e garanto que o cheiro é bem natural! hehehe.

  • VEJA DICAS DE BALADAS NO FINAL DO POST.

DIA 2 DO ROTEIRO EM AMSTERDAM:
Hora de conhecer uma cidade próxima a Amsterdam chamada Zaanse Schans.
Acordei por volta das 9:00 (sim, no verão e primavera os dias são longos e durmo sem culpa)! Então, fui até a estação central encontrar a Fran, do blog Rota Amsterdam que iria me acompanhar no passeio.

Zans Hans fica pertinho de Amsterdam e é famosa pelos queijos, moinhos, sapatos holandeses e a “perfeição” por ser todos os estereótipos da Holanda em um só lugar. Apesar de ser muito visitado e já turístico, você precisa ir, seja com um guia ou por conta própria.

Eu iniciei a visita conhecendo o primeiro supermercado feito na Holanda, depois entrei nos moinhos de vento, aprendi a fazer um tamanco holandês e encerrei degustando vários tipos de queijo.

A grande vantagem de contratar um guia para o passeio em Zaanse Schans foi otimizar meu tempo e ainda ter uma brasileira me contando tudo em português, desde as histórias, contando quais atrações valiam a pena, o que fazer e onde entrar. Se quiser fazer seu passeio com uma guia brasileira, pode fazer a cotação ao final deste post (leitor do blog tem 5% de desconto em qualquer passeio)! 🙂 De nada!

Eu passei o dia em Zaanse Schans, mas ainda tive tempo de voltar e jantar em Amsterdam.
Fui conhecer e curtir o famoso Coffe Shop Bull Dog Amsterdam. Ele é famoso até no cinema e aqui também é liberado beber e fumar maconha. Se não me engano é o maior coffee shop da Holanda para isso e parada obrigatório no roteiro de o que fazer em Amsterdam.

DIA 3 DO ROTEIRO EM AMSTERDAM:
Último dia na cidade e vamos descobrir lugares que apenas os locais conhecem e balançar no balanço mais alto do mundo? Então vamos!
Saindo da estação central, pegue uma balsa para atravessar até o outro lado do rio (eles saem a  cada 5 minutos e são de graça) e chegue no Adam Lookout.

Neste prédio, existe um restaurante muito bom onde jantei com a Vanessa Lino e adorei! Mas o mais incrível fica em cima dele.
Um balanço, onde você pode ver toda a cidade de Amsterdam de cima, mas lembre-se de verificar os horários pois eles mudam de acordo com o os meses e estações do ano.

Logo depois, minha dica é visitar lugares pouco explorados por turistas, como as 9 ruelas, lojas, sebos, cinturão de canais, Mercado Novo, a mais estreita e mais larga casa de Amsterdam, dentre outros.
Como eu não sabia muito bem por onde começar, mas estava decidido a fazer este passeio, liguei para a Fran do Rota Amsterdam outra vez e pedi algumas dicas para montar o roteiro por conta e fui sozinho mesmo!

Entrei em uma loja de queijo holandês e comi um monte! Participei de uma degustação que acontecia no meio da rua e até ganhei novos amigos quando pedi para tirarem uma foto minha! Foram 3 dias incríveis!


Vou deixar um formulário no final do post caso você vá para Amsterdam e queira fazer tudo isso que eu fiz! Basta dar seu nome e e-mail e eles entrarão em contato para te ajudar com dicas ou mesmo com um guia em português pra te acompanhar.

  • BALADA LEGAIS EM AMSTERDAM:
    Além das bikes e queijos, os holandeses sabem MUITO BEM fazer uma festa! Várias baladas e DJs do país são mundialmente famosos e vou deixar aqui 5 lugares para você conhecer e dançar até o sol raiar:Claire: Vai até 8 da manhã e fica no coração de Amsterdam.
    Radion: Este é bem conhecido e também costuma não decepcionar nunca.
    De School: “A Escola” em português, é uma balada daquelas BEM eletrônicas .
    De Marktkantine: O legal é a animação e dias temáticos da casa.
    Shelter: Um clube super underground e descolado em Amsterdam com muita música eletrônica e todo tipo de gente.

Bom, espero que você tenha gostado do roteiro e, se faltou alguma dica de Amsterdam, comente aqui embaixo para eu saber! E não importa quando ou como, mas prometa pra mim que irá visitar Amsterdam uma vez na vida!

Faça aqui a cotação com a Rota Amsterdam e garanta nosso desconto especial!

Número de pessoas:

Data:

Deixe o seu comentário

Posts Relacionados