O QUE FAZER EM 1 DIA EM BRUGES NA BÉLGICA? ROTEIRO, FOTOS E ATRAÇÕES

Uma cidade que nunca esteve em meu roteiro de viagens foi Bruges. Eu não sabia o quão incrível era esta cidade e apenas fui descobrir Bruges na minha quarta ida a Bélgica.

A cidade de Bruges vai te deixar impressionado por parecer uma cidade de filmes, uma mistura de casas que parecem de boneca com um ar medieval e lojas que aceitam Euro! rsrsr

Aliás, Bruges já foi uma cidade muito rica e chegou a ter mais habitantes que Londres na Idade Média, da pra acreditar? Mas várias coisas aconteceram e a cidade foi “empobrecendo”, seu comércio praticamente sumiu e não havia turismo como há hoje.

Mas, em 1870, a cidade foi repaginada para ter esse “look” especial e se tornar uma cidade turística e atrativa. Hoje, Bruges é considerada Patrimônio Histórico da UNESCO. E ela está ficando cada vez mais conhecida entre os brasileiros nos últimos anos. Afinal, muitos ouviam falar apenas de Bruxelas (uma cidade bem legal também) ou Antuérpia (outra cidade que adorei e fiz um vídeo incrível), mas pouco de Bruges.

COMO CHEGAR EM BRUGES?
Bruges fica no nordeste da Bélgica e a maneira mais simples, se for de avião, é pousar em Bruxelas ou Amsterdam. Eu fui do Brasil para Lisboa e de Lisboa até Amsterdam. De lá, peguei um taxi (mas você pode pegar um trem que ficará MUITO mais em conta e super funciona).

Se já estiver na Europa, recomendo pegar um trem ou um Flix Bus, mas fique ligado nos valores e distâncias, pois são tantos voos baratos por lá que acabo usando mais o avião que o trem.

ONDE FICAR EM BRUGES?

Eu me hospedei no Hotel Marcel e simplesmente adorei! Fica muito central e nada está a mais de 5 minutos caminhando de lá. O hotel tem diversos bares e restaurantes e logo adiante já está o Grote Markt Bruges (a praça principal).

  

A diária estava cerca de 100 euros quando fui, mas você pode conferir NESTE LINK os valores atuais e reservar seu hotel pelo melhor preço na cidade! De nada! 🙂

O QUE FAZER EM 1 DIA EM BRUGES NA BÉLGICA?

GROTE MARKT – Comece pela praça central. Por mais clichê que possa parecer, as praças centrais sempre dizem muito sobre as cidades. Fui até a Grote Markt em Bruges, onde estava acontecendo uma feira de frutas e verduras bem animada. Recomendo aproveitar para subir na Torre Belford.

TORRE BELFORD – São 366 degraus, 83 metros de altura e uma vista linda lá de cima! A Torre Belford ainda abriga 47 sinos em um campanário do século XII.

COMER UM CHOCOLATE NA CHOCOLATE LINE – Próximo a praça central, tem uma loja bem conhecida chamada Chocolate Line com vários chocolates diferentões (super recomendo). Como a Bélgica é o país do chocolate, aqui o que não faltam são boas marcas. Outra que adoro é a marca Galler.

ALUGUE UMA BICICLETA: Bruges é super plana e bem fácil de conhecer com uma bike. Sugiro alugar uma bicicleta e ir até a Praça da Prefeitura.

PRAÇA DA PREFEITURA: Onde Bruges começou e tem vários estilos arquitetônicos diferentes, com vários pontos turísticos. Entre os estilos rococó, barroco e romântico, estão a prefeitura, a Basílica do Sangue Sagrado de Jesus e a própria prefeitura.

STADHUIS: A prefeitura existe há mais de 600 anos neste mesmo lugar e você pode pagar 4 euros pra entrar. Lá dentro, o museu tem obra clássicas e é um prato cheio pra quem curte arte.

BASÍLICA DO SANGUE SAGRADO DE JESUS: Dizem que ali dentro está o verdadeiro sangue de Jesus. Em alguns dias e horários, você pode entrar para fazer a contemplação do sangue de Cristo.

BOURGOGNE DES FLANDRES: Faça sua própria cerveja Belga! Os belgas tomam e fazem muita cerveja! São 224 cervejarias no país e eles tomam uma média de 84 litros de cerveja por ano! A cervejaria Bourgogne de Flandres tem um tour que custa 12 euros e você aprende um pouco mais sobre a vida belga nos séculos XVIII e XIX, além de poder degustar e misturar sua própria cerveja belga.

PASSEIO DE BARCO EM BRUGES: Custa apenas 8 euros e vale cada centavo. Bruges é uma cidade feita pra ser vista também pelo rio. Antigamente, o rio era ligado ao mar do norte e tinha até mesmo um grande porto em Bruges. Mas hoje, a cidade vive mesmo é do turismo e todo mundo adora passear de barco por Bruges.

  

IR ATÉ A HOLANDA DE BICICLETA: Foi algo que eu fiz e adorei! Ao lado de Bruges, tem uma cidadezinha chamada Damme, minúscula, mas com uma igreja abandonada detentora de uma linda vista! Fui até lá (ainda Bélgica) e depois cruzei a fronteira para almoçar na Holanda.

  

ONDE COMER EM BRUGES?
Fui a um restaurante muito legal chamado Rock-Fort, onde havia um menu degustação de 5 pratos por 50 euros. A comida era realmente muito boa e o restaurante bem fácil de achar!
Endereço: Langestraat, 15

   

  

 Espero que este post te ajude a conhecer mais da Bruges na Bélgica e deixe seu comentário se estiver pensando em ir pra lá ou se faltou alguma dica boa!
Algumas das fotos são minhas e outras do Willian Soares, fotógrafo que viajou comigo!

 Te espero no INSTAGRAM: @EstevamPeloMundo e também no Youtube: Canal Estevam Pelo Mundo.

Deixe o seu comentário

Posts Relacionados