COMO É VOAR NA BUSINESS CLASS DA KLM – AMSTERDAM A SÃO PAULO

COMO É VOAR NA CLASSE EXECUTIVA DA KLM? AMSTERDAM A SÃO PAULO

A companhia aérea holandesa KLM é a mais antiga do mundo! Fui até a Holanda levar um avião novo que a KLM havia encomendado da Embraer e aproveitei para passar uns dias na cidade de Amsterdam. Você pode ler mais sobre o que fazer em Amsterdam neste post AQUI. 

Após minhas aventuras na capital da Holanda, tive a chance de conhecer a classe executiva – World Business – da KLM. Vou contar minha experiência, deste a ida ao aeroporto, check-in, sala VIP, embarque, serviço de bordo, amenities e conforto do avião.

SAIA DO BRASIL TRANQUILO COM SEU SEGURO SAÚDE! CONTRATE EM POUCOS MINUTOS NESTE LINK

AEROPORTO DE AMSTERDAM (9.5):

Cheguei no aeroporto com 3 horas de antecedência. Como ele é imenso e eu queria conhecer a sala vip da KLM, não quis chegar com menos tempo que isso. O hub da KLM é o aeroporto de Schiphol (o terceiro maior da Europa) é cheio de itens legais par quem curte aviação e conta com 4 terminais. Por isso, não seja vida louca e perca esse avião! hehe

CHECK-IN (10):

Foi super rápido e até me surpreendi! Existe uma área exclusiva para clientes voando na classe business ou que sejam Sky Priority (viajantes frequentes). Levou menos de 5 minutos e fui passar pela segurança.
Mesmo voando de executiva, me colocaram na fila comum da segurança, o que tomou uma boa meia hora do meu pré-embarque.

CONFIRA DIÁRIAS DE HOTEL E FAÇA RESERVAS CLICANDO AQUI. 

SALA VIP KLM WORLD BUSINESS (8.5):
Apesar da KLM estar reformando sua sala VIP, achei ela muito bonita, ampla e iluminada. Essa foi a primeira impressão que tive. São duas salas VIPs dentro do aeroporto de Schiphol: uma para voos dentro da Europa e outro para voos fora do continente.

Toda a estrutura é boa: salas de descanso, confortáveis poltronas com carregadores próximos e computadores para uso dos clientes. Porém, apesar da extensa carta de bebidas e boas opções de snacks, senti falta de alguma coisa quente para uma sala VIP daquele porte. Havia queijo holandês, stroopwafel e alguns pães. Senti falta de um bem bolado quentinho para aquele viajante que adora um lanchinho na sala vip! hehe Mas, como iria voar de executiva e comer um monte, confesso que não liguei tanto. 

Se você não estiver voando na World Business da KLM ou de alguma das quase 20 cias aéreas parceiras deles, tem mais dois outros jeitos de acessar a sala VIP: tenho uma categoria elite dentro da Skyteam (ou seja, voando muito e juntando muitos pontos) ou pagando entre 30 e 50 dólares para entrar.

EMBARQUE (9.5):
Foi tranquilo embarcar, mesmo com o voo lotado. Meu destaque vai para a simpatia dos funcionários KLM em solo e também do excelente tratamento dos comissários ao receberem os passageiros na aeronave.

SERVIÇO DE BORDO (9.0):
Ao entrar, fui recebido com um largo sorriso de uma holandesa. Ela me mostrou meu assento (1C) e, assim que sentei, um outro comissário já me ofereceu suco, água ou champagne com mix de nuts.

Achei legal, mas conseguiram ir ainda além! Trazendo queijos holandeses e um vinho. Tudo isso, logo após a decolagem do avião, uma hora antes do serviço de bordo se iniciar. 

Foram duas principais refeições: almoço e jantar. Ambos contavam com uma extensa lista de opções entregues em um cardápio poliglota pela tripulação.

Para o almoço, serviram um carpaccio de entrada com salada e pães. Logo depois, carne com arroz, milho e suflê de espinafre. A sobremesa foi um mousse de maça.

  

  

Já no jantar, o prato escolhido por mim foi hambúrguer com uma espécie de salada de maionese e um pastel de belém de sobremesa.

A carta de vinhos contava com 3 opções de vinho branco e duas de tinto. O mais interessante é que os comissários não deixavam os copos ficarem vazios! Estavam sempre atentos para oferecer a melhor experiência a bordo!

Os comissários são, na minha opinião, um dos mais felizes e bem humorados do mundo. Muito bom viajar com pessoas que amam o que fazem! 

AMENITIES (7.0):
O amenitie kit da KLM conta com uma necessaire linda, porém achei ele um pouco “vazio”, principalmente pelo fato da companhia aérea não ter uma primeira classe. Isso acaba dando uma expectativa maior na classe executiva. Veio uma escova de dentes com uma pequena pasta, um tapa olhos, topa ouvidos e só! Basicamente o que algumas cias aéreas oferecem na classe econômica em alguns trajetos.

CONFORTO DO AVIÃO KLM (8.5):

A rota que fiz de Amsterdam a São Paulo é operada por um Boeing 777-200 um pouco antigo. Existe uma outra rota, operada pelo B787 Dreamliner da KLM que é bem mais moderno. Porém, apenas os voos diários do Rio usam esse avião. Não acho o 777 um avião ruim – pelo contrário – para voos longos ele é excelente. Mas este estava um pouco antigo (botões da poltrona antigos e muito gastos e a mesinha não fechava (tive que viajar com ela semi-aberta o voo todo).

Tirando o detalhe da mesinha e dos botões, achei o entretenimento a bordo maravilhoso! Ótimas opções de filmes e séries e bem fácil de mexer. A tela era grande e deu para assistir um filme todo após o jantar, antes de pegar no sono.

Ao dormir, não existe um serviço de “bedding”, ou seja, você recebe um cobertor e um travesseiro (achei ambos super confortáveis), mas não forram a sua cama (como no meu relato da classe executiva da Qatar e Emirates). 

Bom, de qualquer forma, pude dormir igual um bebe, já que as poltronas deitavam 180 graus (virando um cama de verdade) e você pode esquecer da vida nas alturas.

COMPRE AQUI SEU CHIP 4G COM 10% DE DESCONTO

NOTA FINAL: 8.8

VEREDICTO DO ESTEVINHO:
Achei o voo excelente e já quero conhecer a rota do Rio a Amsterdam, bem como a nova rota Fortaleza a Amsterdam. O que mais gostei foi o serviço de bordo e simpatia, bem como a comida! 

Posts Relacionados