O QUE FAZER E ONDE FICAR EM STUTTGART?

Quem me segue aqui no Blog ou no Instagram (@EstevamPeloMundo), sabe que morei na Alemanha durante um ano e juntei muitas dicas sobre o que fazer em Stuttgart, onde ficar e tudo que você precisa saber antes de ir para a Alemanha.

Stuttgart foi eleita em 2018 a cidade menos estressante do mundo! Com muita área verde, um rio cheio de vida e muita tecnologia, é uma das cidades mais ricas da Europa!

 ONDE FICAR EM STUTTGART?

 Minha escolha foi o hotel Jaz, um recém inaugurado hotel boutique bem moderninho! Ele fica a apenas 10 minutos caminhando da estação central (Haupbanhof) ou uma estação de trem.

  

Descobri o hotel buscando sobre novidades na cidade e achei o custo benefício incrível. Ele fica, também, ao lado da biblioteca municipal de Stuttgart (famosa e cenário de vários filmes). Como ele foi inaugurado em fevereiro, tudo é novinho lá dentro.

SAIA DO BRASIL TRANQUILO COM SEU SEGURO SAÚDE! CONTRATE EM POUCOS MINUTOS NESTE LINK

O público alvo do hotel são jovens e jovens adultos que buscando um lugar bem moderno, bem localizado e com um valor justo. O que mais gostei no hotel Jaz Stuttgart foi o box do banheiro que parece uma capsula espacial! hahah. Ah! Tem uma mini academia e uma linda sauna!

O café da manhã não é dos melhores, mas tudo fica maravilhoso quando chega o fim de tarde e você vai ao bar pegar uns drinks. Acho que é um dos bares mais legais que já vi em hotel.

Sobre o quatro, ele é amplo e tem um sofá IMENSO! Acho que o sofá é maior que a cama! heheh Se for para Stuttgart, reserve seu hotel neste link AQUI. Você irá ajudar o blog e ainda pagar o melhor preço do mercado por isso.

 

METRO EM STUTTGART É BARATO?

O bom de ter me hospedado no hotel JAZ é a proximidade do metro. Tudo em Stuttgart – e na Alemanha em geral – pode ser feito de trem ou metro. Em stuttgart, você vai encontrar o SBahn (trens para longas distâncias) e o UBahn (trens para trechos mais curtos e não tão distantes do centro de Stuttgart.

O valor de um ticket de metro é de 2,50 euros para uma zona ou 2,90 euros para duas zonas. Isso quer dizer que se você ficar na região central de Stuttgart, irá gastar apenas 2,50 euros por trecho, mas quanto mais longe do centro você for, mais caro irá ficar a viagem.

Apesar de não ser nada barato (Stuttgart tem um dos transportes públicos mais caros da Europa), vale, e muito, a pena você usar o metro.

Ah! E vale lembrar que com o mesmo ticket de metro você pode andar de ônibus e trem. Lembre-se de validar seu ticket e evitar multas (se você é flagrado sem ticket, irá lhe custar 60 euros).

O QUE FAZER EM STUTTGART? ROTEIRO DE 2 ou 3 DIAS NA CIDADE

Como muitas pessoas passam pouco tempo em Stuttgart (uma pena), resolvi montar um roteiro para 2 ou 3 dias.

COMPRE AQUI SEU CHIP 4G COM 10% DE DESCONTO

DIA 1 – MUSEU DA MERCEDES, CHARLOTTENPLATZ, BIBLIOTECA E DRINKS:

Museu da Mercedes Benz: Você precisa visitar o Mercedes Museum. Ele não fala apenas de carros ou motores, mas sim da história do mundo. Lá, da pra entender melhor sobre muitas coisas que usamos no dia a dia, sobre o mundo e como os carro, ônibus e até mesmo aviões funcionam.

Outra coisa incrível para você fazer em Stuttgart é sair do Museu da Mercedes e ir a Charlottenplatz tomar um café. A Charlottenplatz tem vários cafés legais, biblioteca e muita arte.

Logo depois, vá caminhando até a prefeitura (Rathaus), passe pela Schillerplatz e termine com uma cerveja no Bar Waranga, bem na Schlossplatz (praça do Castelo). Ali é onde o novo castelo do Rei foi feito. Além de ser linda, a Schlossplatz é o principal ponto de encontro da cidade.

DIA 2 – MUSEU DA PORSCHE, GALERIA DE ARTE, CENTRAL PARK E MIRANTE:

Porsche Museum: Se você gosta um pouquinho de carros, com certeza precisa ir ao Museu da Porsche. Ele fica há 3 estações da estação Central (Hauptbanhof). Pegue o Sbahn 4, 5 ou 6.
Existe um aplicativo com rotas chamado VVS (super útil para ver as linhas da cidade e comprar tickets de metro).

  

Depois, pegue novamente o metro e vá até a estação Staatsgalerie. De lá, você irá conhecer um museu de artes de mesmo nome: Staatsgalerie. Comprar o ticket pelo site deles ou chegando lá mesmo.

Passe na Koenigstrasse (principal rua de compras de Stuttgart), pegue um sorvete no carrinho de sortes e siga para o Schlossgarten. Termine o dia lá, caminhando pelo Schlossgarten, um parque gigante e cheio de vida no coração de Stuttgart.

Se quiser uma vista incrível de por do sol, sugiro ir até a Torre de TV (Fernsehturm) ou ao topo da Hauptbanhof (estação principal). Além de um pequeno museu explicando sobre o Stuttgart 21 (projeto ferroviário polêmico da cidade). Lá existe um mirante e um bar secreto.

DIA 3 – CASTELO DE LUDWIGSBURG

Os Ludwigs foram muitos famosos pelos seus gastos com obras majestosas. A mania de grandeza, quase custou a cabeça de um dos reis uma vez em Munique. Mas, ainda assim, muitos reis seguiam gastando o dinheiro público em lindos castelos. Um desses castelos, foi feito no século XVIII ao ladinho de Stuttgart. Mais precisamente, na cidade de Ludwigsburg (que quer dizer: “ Cidade do Ludwig”). Nada vaidosa essa pessoa, não é mesmo! rsrsr.

O Duque Eberhard Ludwig foi quem iniciou o projeto em agosto de 1709. Apesar de ser outra cidade, Ludwigsburg fica a meia hora do centro de Stuttgart e tem um trem quase que direto para lá.

Como o castelo de Ludwigsburg não foi destruído durante a Segunda Guerra Mundial, ele segue lindo e original. Pronto para ser visitado. No maior castelo barroco da Alemanha, você pode fazer um tour pelos jardins, por dentro dos aposentos, ou aproveitar as várias exposições, shows de música e eventos que tem por lá.

BONUS ROUND: CANNSTATTER WASEN E FRUEHLINGSFEST

Eu acho essas duas festas melhores que a Oktoberfest de Munique e muito mais tradicionais! Não gosto de deixar como uma dica fixa de roteiro, mas acho que se você estiver em Stuttgart, no final de abril ou final de setembro, você PRECISA tirar um dia pra ver como é uma festa alemã de verdade!

  

Se você tem qualquer outra dica de Stuttgart ou quer saber alguma coisa sobre a cidade, deixe aqui nos comentários. Eu trabalhei lá durante um ano fazendo estágio na Bosch e foi o melhor ano da minha vida.
Deixe o seu comentário

Posts Relacionados