5 dicas básicas pra você começar a acumular milhas aéreas

Fala viajantes!! Esse post é sobre uma dúvida muito comum que vocês sempre me perguntam: milhas!!

VEJA AS OFERTAS E COMPRE SUAS PASSAGENS AÉREAS AQUI

Há quem concorde: viajar é uma das experiências mais agradáveis e enriquecedoras que existe. Pode ser para perto ou para longe, é sempre bom conhecer novos lugares, culturas, pessoas, histórias, apreciar belas paisagens e viver momentos únicos, que ficarão guardados na memória. Quero vocês percebam que é possível viajar pra qualquer lugar do mundo pagando muito menos do que você pagaria normalmente. Assim você vai ver que é possível sim viajar bastante por esse mundo afora mesmo sem ter dinheiro pra isso.

Se você ainda não está acumulando milhas aéreas no seu dia-a-dia, ou pensa que pra isso é necessário gastar fortunas no cartão de crédito, está enganado! Por isso fiz esse post com essas 5 dicas básicas sobre programas de milhagem.

1. Vale a pena acumular pontos ou milhas em programas de fidelidade?

Definitivamente sim! As possibilidades de acúmulo e de resgate de pontos são quase ilimitadas. São tantas opções que é difícil alguém não conseguir usufruir. Além disso, os benefícios existem, de fato e são relevantes. Você pode ganhar passagens aéreas gratuitas, produtos ou serviços de valor expressivo, apenas com a sua fidelidade. E isso é possível para todos!

2. Por onde devo começar?

O primeiro passo é se cadastrar em um ou mais programas. Os mais populares e abrangentes são os programas de fidelidade ligados às companhias aéreas, como MultiplusSmilesAmigo e TudoAzul. Tem ainda a Livelo, a Dotz e o Netpoints, que não estão diretamente ligados, mas também permitem a emissão de passagens aéreas, além de centenas de produtos e serviços. Também vale a pena se inscrever nos programas dos postos como o Km de Vantagens IpirangaPetrobras Premmia e Shell, que convertem os gastos com combustível e lojas de conveniência em pontos! Na parte de hotéis, tem o Le Club Accor, da rede que administra as marcas Ibis, Mercure, Novotel etc.

4. Qual programa devo escolher?

Aquele que tiver parcerias relacionadas com as empresas que você tem alguma relação de consumo. Podem ser companhias aéreas, mas também lojas virtuais, rede de farmácias, cinemas, estacionamentos, locadora de veículos, postos de gasolina, empresas de telefonia ou TV a cabo, editoras de revistas, redes de hotéis, bancos e administradoras de cartão de crédito, entre outras.

Além disso, você deve considerar os programas que ofereçam as melhores opções de resgate de passagens aéreas ou em produtos e serviços do seu interesse, como diárias de hotéis, itens de lojas virtuais de varejo, assinaturas de revistas, entre outros. Você pode pesquisar gratuitamente o custo de resgate pelo site dos programas de fidelidade. É fácil e você vai se familiarizando com as opções disponíveis e seus preços em milhas ou pontos.

5. Concentre todas as suas compras no seu cartão de crédito

Sempre que for pagar por um produto ou serviço, você tem a oportunidade de acumular milhas utilizando o seu cartão de crédito. Assim, acumule pontos e milhas concentrando as suas compras no cartão de crédito.

Importante! Cuidado para não gastar além do seu orçamento. Afinal, não adianta acumular milhas para economizar na viagem e gastar mais pagando juros no cartão.

Quem ai tem mais dúvidas sobre milhas? Vou explicar melhor sobre cada programa no próximo post!

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celular, alugar um carro, garante os tickets para passeios e compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará me ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo  gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no meu canal do Youtube e no meu Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas.

Deixe o seu comentário

Posts Relacionados