Stopover: visite uma cidade de graça na sua próxima viagem

Quem ai sabe o que é stopover? Saiba o que é e como ele funciona! Inclua, de forma gratuita, cidades extras durante suas viagens internacionais!
Muitas vezes, quando estamos reservando passagens aéreas, procuramos sempre voos diretos para os destinos escolhidos. Damos preferência às viagens de curta duração e com o mínimo de escalas.
Mas, e se eu te disser que você pode incluir no seu trajeto uma ou duas cidades para conhecer? Sem (ou quase sem) custos extras? Com o stopover isso é possível!

VAI VIAJAR? RESERVE SEU HOTEL PELO BLOG:

Você pode fazer a reserva pelo Booking.com ou diretamente neste link AQUI. Caso você use este link, me ajuda a continuar escrevendo o blog  e seguir ajudando pessoas a viajar o mundo com uma pequena comissão. Ah! E você não pagará nada a mais por isso. 

O que é?
Sem dúvida, ficar no aeroporto aguardando o próximo voo é um pesadelo para qualquer pessoa. Mas, nem todos sabem que existe esse recurso. Uma forma de conexão, em que o passageiro chega a passar alguns dias numa cidade intermediária até que seja possível continuar com a viagem.
Além disso, é possível solicitar o stopover em diferentes situações. Durante viagens internacionais, com conexões que duram mais de 24 horas o viajante tem essa possibilidade. Assim como em viagens domésticas, com paradas de mais de 4 horas.
Nesses casos, você pode passar um ou mais dois dias na cidade da conexão. Isso sem precisar pagar por uma nova passagem aérea ou mesmo por hospedagem, dependendo do serviço oferecido pela companhia aérea.
Para aproveitar essa vantagem, procure sempre verificar a possibilidade de stopover antes de comprar sua passagem, checando a informação diretamente com a companhia aérea. Também é possível solicitá-lo após a emissão do bilhete, só que com um pequeno custo adicional.
Procurando por companhias aéreas que oferecem esse serviço
Se você tem interesse em realizar um stopover na sua próxima viagem, é interessante ter uma pequena noção de como ocorrem as paradas “obrigatórias” das companhias aéreas.
Praticamente, todas elas param em suas cidades sedes, algumas em mais de uma. Exemplo: uma companhia francesa, como a Air France, precisará sempre fazer uma conexão de longa duração em Paris, independentemente do destino final.
Confira as principais linhas aéreas que oferecem Stopover:
  • Finnair: o Stopover oferecido por esta companhia é aplicável para clientes que voam para Helsinki. A empresa inclui um leque de atividades que vão desde a possibilidade de ver a aurora boreal até visitar os cafés e boutiques mais badalados do país;
  • Latam: oferece Stopover em Santiago (Chile), Bogotá (Colômbia), Lima (Peru), Assunção e Ciudad del Leste (Paraguai);
  • Icelandair: permite que os viajantes desfrutem de até sete noites seguidas de Stopover totalmente gratuito na capital da Islândia, Reykjavík. A empresa engloba parcerias, como o Stopover Buddy, que garante a conexão com a respectiva cidade, sendo possível conhecer o lugar sem nenhum custo adicional;
  • KLM: oferece Stopover a seus clientes em Amsterdam, tanto no voo de ida quanto no de volta, e o que é melhor: totalmente gratuito;
  • Japan Airlines: disponibiliza uma variedade de conexões gratuitas dependendo de seu destino final. Um dos mais populares inclui uma parada em Tóquio, principalmente quando o voo parte da América do Norte;
  • Avianca: oferece Stopover em Bogotá, na Colômbia, com a possibilidade de um pequeno custo adicional no ato da compra do bilhete;
  • American Airlines: oferece Stopover em Miami, Nova York, Los Angeles e Dallas;
  • TAP Portugal: se você fez uma reserva de ida e volta intercontinental pela TAP, saiba que lhe é permitido ficar até três noites gratuitas em Porto e Lisboa;
  • Emirates: Oferece Stopover em Dubai.
E ai, gostaram da dica? Quem já usou esse recurso pra aumentar as cidades visitadas numa viagem? Conta aqui como foi sua experiência!