ONDE IR EM PARIS? MEUS LUGARES PREFERIDOS NA CIDADE LUZ!!

Paris realmente é uma cidade encantadora. É daquelas que sempre que você visitar terá algo novo por descobrir e também aqueles lugares que você sempre vai querer ver de novo. O que torna cada viagem, única! 

Antes de começar com as dicas dos lugares que eu mais amei em minha viagem para Paris no outono de 2016, preciso confessar uma coisa! A melhor forma de se sentir parisiense é andando sem pressa pela cidade. Andar sem olhar para o relógio e sem milhões de compromissos por dia é uma delícia. Principalmente por poder observar as coisas e as pessoas ao redor, que em ônibus de turismo ou andando de táxi, passariam despercebidas.

Vamos aos meus lugares favoritos!!

Torre Eiffel

Não tem como ir à Paris e não apreciar a dama de ferro que virou símbolo da cidade desde os anos 1889. Foi quando ela foi construída por Gustave Eiffel para celebrar os 100 anos da Revolução Francesa. 

De vários pontos de Paris é possível ver a torre bem pequena no fundo do horizonte. Você não consegue ter noção da grandiosidade dos seus 324 metros de altura, mas, à medida em que eu fui me aproximando, a torre foi aparecendo maior e maior. Até, claro, o grande momento em que fiquei de frente para ela. Speechless. 

Para fazer uma boa foto com a torre a dica é atravessar à rua e ir para a praça do Trocadero. Um local super especial, repleto de jardins. Lá  é possível ter uma vista privilegiada e completa do monumento mais visitado do mundo.

Vista do Trocadero.

Museu do Louvre 

Um dos maiores e mais famosos museus do mundo, o Museu do Louvre abriga grandes obras primas dos grandes pintores e artistas e de várias épocas também. A obra mais famosa que fica exposta lá é “A Gioconda” ou “Mona Lisa” de Leonardo da Vinci. Mas existem muitas e muitas obras incríveis nos enormes corredores deste museu.

A pirâmide da entrada do Museu do Louvre.
A obra Mona Lisa de Da Vinci.

Jardim de Tuileries

Eu gosto muito de visitar parques e jardins nas cidades que viajo e em Paris não poderia ser diferente. Até porque, ela tem um dos jardins mais lindos jardins do mundo: o Jardim de Tuileries. Esse jardim é o mais central e mais antigo de Paris e a sua localização é incrível, entre a Place de La Concorde e o Louvre.

As cores do outono no Jardim de Tuileries.

O Tuileries é um jardim real de um palácio que não existe mais, que foi construído em 1564 por Catherine de Medicis. Ele ocupou o terreno onde existia uma antiga fábrica de tuiles (telhas), daí o seu nome. O Palácio de Tuileries foi parcialmente queimado durante a guerra civil em 1871 e demolido em 1883.

A beleza do Jardim de Tuileries.

Arco do Triunfo

Junto com a Torre Eiffel, o Arco do Triunfo é um grande símbolo da cidade de Paris. Infelizmente,  poucas pessoas conhecem a sua história. Ele foi construído para enaltecer a grande vitória do imperador francês Napoleão Bonaparte, na batalha de Austerlitz, em dezembro de 1805.

Empolgado com a sua vitória triunfal, Napoleão prometeu aos seus comandados: “Daqui em diante, vocês voltarão caminhando sob arco triunfal”. Pouco depois, ao regressar à França em 1806, Napoleão ordenou a construção do Arco do Triunfo. A obra, no entanto só foi finalizada em 1836, devido a derrocada do império de Napoleão em 1815, na Batalha de Waterloo.

A obra foi oficialmente inaugurada em 1836, depois da morte de Napoleão, que ocorreu em 1821. Projetado por Jean Chalgrin, o Arco do Triunfo é um símbolo de patriotismo e motivo de orgulho aos franceses.

5- Champs Élysèes

A história da Champs Élysées começa em 1640 com a plantação de um grande alinhamento de árvores que posteriormente se transformaria na avenida. O nome de Campos Elíseos vem da mitologia grega e designava um lugar equivalente ao paraíso cristão.

Em 1724, a avenida adquiriu seu traçado atual e em 1884 foi feita uma importante remodelação que melhorou consideravelmente seu aspecto. Hoje, é um dos lugares favoritos para os amantes das compras como eu, mas também um dos lugares mais bonitos da cidade para simplesmente passear.

Nessa avenida também existem vários cafés e lanchonetes bem legais para dar uma pausa na programação e comer um lanche gostoso.

Tartelete de framboesa da lanchonete Brioche Dorée na Champs Elysée.

Montmartre

O bairro de Montmartre sem dúvidas é o mais cool de Paris. Reduto dos artistas, principalmente pintores, é um lugar super charmoso para andar sem pressa e entrar em cada lojinha para admirar as lindas pinturas.

Nesse bairro também fica situada a Basílica do Sacre Coeur ou Básilica do Sagrado Coração, símbolo do bairro. Ela está localizada no topo de Montmartre, o topo mais alto da cidade. Além de ser um lugar lindo, é lá que ficam as melhores lojas para comprar souvenirs.

VAI VIAJAR? RESERVE SEU HOTEL PELO BLOG:

Você pode fazer a reserva pelo Booking.com ou diretamente neste link AQUI. Caso você use este link, me ajuda a continuar escrevendo o blog  e seguir ajudando pessoas a viajar o mundo com uma pequena comissão. Ah! E você não pagará nada a mais por isso. 🙂

Palácio de Versalhes

Mesmo não sendo em Paris, Versalhes é um lugar que vale muito à pena conhecer. Para mim, poder conhecer lugares que fizeram parte da história de um povo é sempre um bom programa, ainda mais se tratando de um castelo tão imponente e importante para o povo francês.

Além disso, a distância não é tão grande, em média 1 hora, segundo pela beleza do palácio e dos jardins. Eles te transportam automaticamente para a época em que eles foram construídos. Uma dica é ir de manhã e voltar no fim da tarde, para poder admirar o lugar com um pouco mais de calma.

Gostaram das dicas viajantes? Fiquem ligados que vem muito mais coisa bacana por aí!!

Posts Relacionados