Dicas: Bali – Indonésia

Bali

Fala, galera!

Tudo certo? Hoje é dia de ajudar vocês a descobrirem mais um destino novo-isolado-refugiado-incomum! haha.

Bali é uma das mais populosas ilhas da Indonésia, e por isso, acaba se tornando o principal destino turístico!

O lugar é bem conhecido por  “manifestações culturais”, tipo escultura, a pintura, o trabalho em couro e metais, além da música  e da dança (é bem típico e bem comum).  Mas não é só isso: os rolês locais também bombam, e as praias são famosas pelo pôr do sol.

E agora, quem estiver animado para váaaarios tópicos com dicas básicas pra ajudar/inspirar a ir pra Bali, levanta a mão o/ haha. Se liga:

  • A ilha é pequena e tem uns rolês turísticos bem alternativos, como visitar campos de arroz, vulcões, templos tradicionais budistas, e cidades artísticas (como Ubud)
  • A capital Kuta é conhecida por ser festiva, ou seja, se tiver afim de uma night, se planeje para dar uma passada por lá!
  • A “estação das chuvas” como os nativos chamam, vai de outubro a março e chove mais entre dezembro e fevereiro. Além disso, julho e agosto são os meses da alta estação, então é bom evitar também para evitar transtornos e não gastar mais. O indicado é ir entre abril e junho!
  • Em outubro, acontece o Festival de Leitores e Escritores de Ubud, um meeeega evento (fica a dica!)
  • Dá pra chegar em Bali com voo direto de São paulo (a Qatar e a Emirates possuem esses voos, mas eles variam bastante de valor, então, como eu sempre alerto, é bom se planejar bem antes)
  • Do aeroporto, táxis para Kuta e Ubud saem entre 10 e 25 dólares
  • As refeições principais custam entre US$8 e US$16

Estevam, resolvi turistar por Bali! E agora, #comofaz?

Fiz meio que um “Bali Awards”, com as principais dicas dos melhores lugares pra passear por lá! :

  • O melhor mergulho: mergulhar é super típico em Bali. Pra praticar, o melhor lugar é Pulau Menjangan, que fica no parque Taman Nasional Bali Barat (o lugar tem uma estrutura bacana pra iniciantes e experientes).
  • O melhor rolê cult: O Museu de Arte Agung Rai é uma espécie de galeria com centro cultural, onde você pode fazer cursos de batique (uma técnica de tintura que utiliza cera) e história balinesa (isso tudo por apenas US$ 3, tá muito barato! #CasasBahiaFeelings)
  • O melhor rolê incomum: Em Jatiluwih, fazendo visita às plantações de arroz que ficam à beira dos canais de água!
  • A melhor praia: Bingin, que tem águas cristalinas, areia branca, e é mais tranquilo e afastada (apesar de ser point dos surfistas e turistas)
  • A melhor trilha: Pra vila de Munduk, pra ver montanhas, cachoeiras e precipícios
  • A melhor comida: acreditem se quiser, mas a carne de porco é a comida mais indicada como típica pelos nativos!
  • O melhor restaurante: Blossom, porque tem decoração sofisticada e um menu internacional criativo! Phyno.
  • O melhor hotel: Matahari Cottages, por ser diferente (ele tem quartos temáticos e móveis coloridos) e barato! Sim, suas diárias são a partir de US$35!

E aí, galera? Esse post ajudou?

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celular, alugar um carro, garante os tickets para passeios e compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará me ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo  gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no meu canal do Youtube e no meu Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas.

Imagem: Reprodução.

Posts Relacionados