O que não levar na mala?

post 6

Todo mundo quer saber o que não pode faltar na mala. Mas calma aí! Já parou pra pensar no que de fato não deve entrar na bagagem?

Bom, a minha dica começa de maneira simples: tire metade de TUDO que você colocou na mala. Te garanto que não vai nem sentir falta. A gente sempre leva muito peso, muito excesso, sendo um final de semana ou um ano de viagem.

A segunda dica é se ligar nas regulamentações dos países que vai visitar. Os Estados Unidos, por exemplo, andam estourando praticamente qualquer cadeado que não seja TSA (Transportation Security Administration) . Esses são os cadeados fabricados de uma maneira que a segurança americana consegue (por meio de uma chave mestra) abrir as bagagens. Mas independente de qual o seu destino, se liga no que a receita federal não quer que você tire daqui:

O que é PROIBIDO levar para o exterior

O viajante não pode levar do Brasil:

  • Peles e couros de anfíbios e répteis, em bruto
  • Animais silvestres, lepidópteros e outros insetos e seus produtos, sem guia de trânsito, fornecida pelo Ministério do Meio Ambiente
  • Sem autorização do Ministério da Cultura:
    post 7
  • Quaisquer obras de arte e ofícios tradicionais, produzidos no Brasil até o fim do período monárquico, as oriundas de Portugal e incorporadas ao meio nacional durante os regimes colonial e imperial e as produzidas no estrangeiro, nesses mesmos períodos, e que representem personalidades brasileiras relacionadas com a História do Brasil ou paisagens e costumes do País
  • Bibliotecas e acervos documentais, completos ou parciais, constituídos de obras brasileiras ou sobre o Brasil, editadas nos séculos XVI a XIX;
  • Coleções de periódicos com mais de dez anos de publicação, bem assim quaisquer originais e cópias antigas de partituras musicais.
  • O viajante que estiver saindo do Brasil portando valores em montante superior a R$10.000,00 (dez mil reais) ou o equivalente em outra moeda, em espécie, é obrigado a apresentar a Declaração Eletrônica de Bens de Viajante (e-DBV) , por meio da internet, e se apresentar à fiscalização aduaneira do local de saída do País, para fins de conferência.
  1. post 4Post 5tipo

Para mais informações, consulte o site da Receita Federal e bora fazendo as malas!

Lembrando que toda vez que você reserva seu hotel, contrata o seguro viagem, compra um chip de celular, alugar um carro, garante os tickets para passeios e compra suas passagens aéreas pelos links aqui do blog, você estará me ajudando que todo conteúdo desse blog continue sendo  gratuito e que eu possa continuar levando esse projeto a todos os viajantes!

Aproveita e se inscreve no meu canal do Youtube e no meu Instagram para ficar sabendo de mais dicas e novidades sobre viagens além de reviews de companhias aéreas.

 

Deixe o seu comentário

Posts Relacionados