Intercâmbio teen na Califórnia

Califórnia. Palmeiras, sol, verão o ano todo, praias, Hollywood.

Foi essa ideia pré-concebida que me levou a decidir o destino do meu primeiro intercâmbio. Afinal, eu tinha 16 anos, iria viajar em Janeiro e queria aprender inglês. Não queria morrer de frio e não queria ir para um lugar muito longe, como a Austrália ou Nova Zelândia. Por isso optei pela California, mais especificamente, San Diego. E não me arrependo.


Como intercambista de primeira viagem, optei por comprar o pacote do meu intercâmbio com uma agência de viagens. O pacote incluía acomodação na casa de família com 2 refeições, todos os passeios que realizei, as aulas de inglês pela manhã na Converse San Diego, o transporte da casa para a escola e da escola pra casa (passe de ônibus), as passagens aéreas e a viagem no final do curso de 1 semana por LA, Vegas e Grand Canyon.

VAI VIAJAR? RESERVE SEU HOTEL PELO BLOG:

Você pode fazer a reserva pelo Booking.com ou diretamente neste link AQUI. Caso você use este link, me ajuda a continuar escrevendo o blog  e seguir ajudando pessoas a viajar o mundo com uma pequena comissão. Ah! E você não pagará nada a mais por isso. 🙂

Então basicamente eu não precisava me preocupar com nada a não ser o que eu iria levar na mala. O resto já estava tudo resolvido e (bem) organizado pela agência. E foi assim que embarquei no início de Janeiro para 2 incríveis semanas em San Diego. Vou falar nesse post um pouquinho da minha experiência.

ACOMODAÇÃO

Minha acomodação para as 2 semanas foi em casa de família. Essa família foi pré selecionada pela agência a partir de um questionário que respondi quando fechei o intercâmbio. Pessoalmente não gostei muito da minha família, mas muitas das minhas amigas tiveram a sorte de ficar na casa de pessoas incríveis. 

Minha casa era bem essas casas de família americana, sem muro e super fofa por dentro e por fora. Minha host family tinha algumas regras bem razoáveis, nada demais. Fora isso, eu tinha um quarto muito bom e a casa também era bem localizada, bem pertinho do ponto de ônibus.

REFEIÇÕES

A família era obrigada a me fornecer 2 refeições por dia, que eram café da manhã e jantar. Eles sempre me deixaram muito livre para comer quando eu tivesse vontade, e o quanto eu tivesse vontade. Mas sempre respeitei o fato de só poder fazer duas refeições em casa. O café geralmente eram cereais com leite e a janta variava de comidas muito boas até comidas muito fora do que estou acostumada, mas nada que fosse impossível de comer. Afinal, é um dos objetivos do intercâmbio tentar coisas novas, certo?

CURSO DE INGLÊS

A escola de inglês fica em Downtown San Diego e se chama Converse. É uma escola pequena, mas muito organizada e com bons professores. Como eu já estava num nível mais alto de inglês, fiquei numa turma só de conversação, basicamente. Tínhamos aula todo dia de manhã, e foi definitivamente uma experiência muito incrível. Meus colegas eram do mundo todo, e foi meu primeiro contato significativo com pessoas de outras culturas. Minhas aulas de inglês abriram minha mente e me fizeram ganhar muita confiança na hora de me expressar em outra língua, afinal estávamos todos no mesmo nível e não havia razão para ter vergonha de errar. Meu professor também era incrível, sempre com atividades diferentes e novos assuntos para discutirmos e debatermos.

ATIVIDADES

O pacote do intercâmbio já incluía atividades com o grupo todas as tardes do programa. Fomos para diversos pontos turísticos de San Diego com um ônibus fretado pela companhia, e todos os passeios foram muito legais e bem organizados. Geralmente os eles acabavam perto do anoitecer perto do ponto de ônibus em Downtown, e todos os alunos já iam para a casa.

Meu intercâmbio teen foi uma ótima experiência que me deu uma amostra do que é ser independente, na medida do possível, em outro país. Pessoalmente, acho uma experiência muito mais enriquecedora para adolescentes do que a típica excursão para a Disney, já que o intercâmbio alia diversão e aprendizado de uma forma que a típica viagem de 15 anos geralmente não oferece. Esse intercâmbio foi meu primeiro contato com a liberdade e serei eternamente grata por essa oportunidade. 

Quem ai também já teve ou quer ter essa experiência única?!

Posts Relacionados