Milhas: você sabe como usar e viajar com elas?

Olá viajantes desse Brasil! Hoje vou falar de um assunto que muitos me perguntam e já havia prometido que falaria por aqui: MILHAS!

Se tem um tema que muita gente ainda não entende direito é como acumular, usar, guardar e gerar milhas. Pode parecer complicado, mas, o que pouca gente sabe é que tudo isso é bem mais fácil do que parece. Pode deixar que hoje você vai aprender a viajar ainda mais. Além de reservar hotéis, alugar um carro e, claro, pagar seu aéreo apenas com os pontos que juntou.

DE ONDE VEIO ESSE NEGÓCIO DE MILHAS?
Tudo começou na década de 80, nos Estados Unidos. Algumas companhias aéreas começaram a dar um bônus especial para reconhecer seus clientes mais frequentes. No Brasil, tudo começou em 1993. Foi quando a primeira companhia aérea iniciou um programa de fidelização. Logo depois, os cartões de crédito surgiram com seus próprios programas de benefícios e pontuação. Parece meio complexo, mas tudo isso, nada mais é que somar pontos que valem dinheiro quando trocados.

COMO ACUMULAR?
Agora que você já entendeu o que são, bora entender como juntar essas bonitas? Então bora!

Existem vários programa que você pode usar para juntar milhas de vários lugares. Tem os programas fidelidade das companhias aéreas, os programas de cartões de crédito, mercados, postos de gasolina e muitos outros. Porém, o mais interessante é participar de um programa de relacionamento. Nestes programas de relacionamento, você pode transferir milhas do cartão, juntar milhas voadas com companhias aéreas parceiras, acumular após abastecer o carro e muitas outras coisas.

A ideia, é optar por um único programa de milhagem que te ajude a colocar tudo isso junto. Eu uso muito o programa da Smiles porque sempre tem promoções pra transferir milhas do meu cartão de crédito pra lá e acho hoje o mais simples de usar. Muitas vezes, os cartões fazem promoções como: dobro de milhas pra quem transferir X mil até Y dia. E isso pode valer muito a pena no momento em que você decidir comprar uma passagem usando elas, por exemplo, e faltar aquele pouquinho pra conseguir trocar. Neste minuto, você irá se lembrar destas dicas e se dar bem!

ONDE GASTAR?
Agora que você já juntou suas milhas, vem a parte mais legal: GASTAR! haha e você pode escolher como quer gastar suas milhas. Eu sempre sugiro um programa de milhas que deixe você fazer várias coisas ao mesmo tempo. Minha última viagem eu fiz com a Smiles.

Eles são um programa de fidelidade que você pode usar seus pontos pra comprar passagens aéreas em mais de 12 companhias aéreas parceiras. Além de reservar noites de hotel, alugar carros e pagar a diária com essas milhas. Até mesmo colocar gasolina com milhas você consegue!

 

No final, acaba gastando quase nada pra viajar, pois até mesmo a taxa de embarque você pode pagar com suas milhas.

QUANTO CUSTA EM MILHAS?
Quero mostrar pra vocês quanto vale cada uma dessas coisas que falei. Então vamos lá:

1 Para viajar no Brasil (em média):

  • Sul e Sudeste: 10 mil milhas cada trecho
  • Nordeste: 20 mil milhas cada trecho

2. Na América do Sul, o valor é de mais ou menos 20 mil milhas por trecho.

3. Estados Unidos e Europa 40 à 60 mil o trecho (lembre-se de sempre consultar antes de comprar, pois podem ter promoções).

4. Já uma noite de hotel em São Paulo, pode custa a partir de 8 mil milhas em um hotel turístico.

Essas são algumas dicas pra juntas milhas e viajar muito mais que eu uso e espero que sejam úteis

VAI VIAJAR? RESERVE SEU HOTEL PELO BLOG:

Você pode fazer a reserva pelo Booking.com ou diretamente neste link AQUI. Caso você use este link, me ajuda a continuar escrevendo o blog  e seguir ajudando pessoas a viajar o mundo com uma pequena comissão. Ah! E você não pagará nada a mais por isso. 🙂

Mais dicas sobre milhas e como faço para viajar muito no meu canal do Youtube: Estevam Pelo Mundo, no Instagram: @EstevamPeloMundo

Quem ai também é o louco das milhas? Tem alguma dica que eu não coloquei aqui? Conta pra gente!

Posts Relacionados