O QUE FAZER NA CAPITAL DOS ESTADOS UNIDOS? Parte I

No ano passado, tive a oportunidade de fazer um estágio de dois meses em Washington DC. Eu, que achava que a maior atração da capital dos EUA seria a Casa Branca, me surpreendi. Para quem acompanha as séries House of Cards ou Scandal, já deve estar familiarizado com a cidade.

DC (District of Columbia), como é chamada pelos americanos, funciona mais ou menos como o nosso Distrito Federal. Ela é cercada por dois estados: Virgínia e Maryland. O legal é que dá para visitar três estados em um dia só. Dependendo de onde você esteja, basta cruzar uma rua e…”opa! estou em Maryland”. A cidade também está perto de Nova York. São cerca de 360 quilômetros de distância. Saindo da Big Apple, a opção mais econômica para chegar até Washington é o ônibus. Existem várias empresas (Megabus, Vamoose, Greyhound e outras) que fazem o trecho. A dica é comprar as passagens com antecedência para conseguir preços menores.

O QUE FAZER EM WASHINGTON DC?

Em um dia é possível conhecer as principais atrações. Para fazer os tours e descobrir outras coisas que a cidade tem para oferecer, é preciso passar pelo menos dois dias por lá. Dá para explorar a cidade utilizando o metrô, alugando uma bike ou mesmo gastando a sola do sapato, já que os principais monumentos estão concentrados em uma única área: o National Mall. Porém, esse não é um mall para fazer compras! É um parque com três quilômetros de extensão que se estende desde o Capitólio até o Lincoln Memorial.

Capitólio (Foto: Augusto Junior)

O Capitólio, sede do Congresso, é o prédio mais alto de Washington. A sua cúpula branca e reluzente mede 88 metros de altura. Aliás, é proibida a construção de edifícios mais altos que ele. É possível fazer um tour guiado por seu interior e para isso não é preciso pagar nada e nem fazer um agendamento prévio. É só chegar chegando! O passeio vale muito a pena. Além de conhecer os detalhes de sua arquitetura interna, é uma ótima oportunidade para aprender sobre a história do Congresso.

Fachada dos fundos da Casa Branca (Foto: Augusto Junior)

Na região central do parque está a residência mais famosa do mundo: a Casa Branca. Moradia do Presidente dos Estados Unidos, ela é mais “humilde” do que se pode esperar. Isso, entretanto, não faz com que a experiência de estar lá não seja valiosa. Afinal, é a Casa Branca! Dá para ver tanto a sua fachada frontal (na Pennsylvania Ave) quanto a dos fundos. Para fazer um tour pela atual residência do Trump, é preciso agendar a visita com pelo menos três meses de antecedência.

Bem no centro do National Mall fica o Monumento a Washington, um obelisco de 169 metros de altura. É possível subir até o seu topo para ter uma vista da cidade. A notícia ruim é que ele está fechado para reparos e só deverá reabrir na primavera de 2019.

Monumento a Washington visto do Lincoln Memorial

Na parte oeste do National Mall, estão concentrados diversos memoriais, como o Memorial Nacional da II Grande Guerra, o Memorial aos Veteranos do Vietnã e uma estátua de Martin Luther King. Na ponta do parque e diante de um grande espelho d’água fica o imponente Lincoln Memorial. Ele é semelhante a um templo grego. Em seu interior você se depara com uma estátua de mármore gigante de Abraham Lincoln sentado. O espaço foi e continua sendo palco de diversas manifestações. Inclusive, foi lá que, em 1963, Martin Luther King fez o discurso I have a dream para milhares de pessoas. Não muito longe dali, também está o Thomas Jefferson Memorial.

Lincoln Memorial (Foto: Augusto Junior)

MUSEUS

Washington DC também é famosa por seus museus. E o melhor: a entrada é gratuita para boa parte deles. Um dos meus favoritos é o Museu de História Natural. Ele é bastante interativo e é considerado um dos mais importantes museus de História Natural de todo o mundo.

Museu de História Natural (Foto: Augusto Junior)

Outra riqueza da cidade é o gigantesco e comovente Museu Memorial do Holocausto. Já a Galeria Nacional de Arte reúne obras dos artistas mais famosos do mundo, como Vincent van Gogh, Pablo Picasso e Leonardo da Vinci. A lista dos principais museus também inclui o Museu do Ar e Espaço, o Museu do Índio Americano, o Museu Nacional da História Americana e o mais novo de todos eles: o Museu de História e Cultura Afro-Americana, inaugurado em 2016. A entrada é gratuita para todos eles.

Museu de História e Cultura Afro-Americana (Foto: Augusto Junior)

Tem mais coisas para conhecer em Washington DC? Opa! Clique aqui e confira a segunda parte da lista.

E quem tiver mais dicas, é só comentar aqui!

Posts Relacionados