Como foi estudar na Berklee College of Music por 5 semanas

Como esse é meu primeiro post no EPM, acredito que vocês não saibam nada sobre mim, não é mesmo?

Mas se eu tivesse que me apresentar para vocês, em algum momento eu iria dizer que eu canto há alguns anos. E foi pensando em aprimorar esse talento que embarquei mês passado para os EUA. Fui fazer um curso de música numa das faculdades mais renomadas do mundo.

30

A Berklee College of Music fica em Boston, e apesar de não ser muito conhecida no Brasil, é extremamente conhecida e respeitada nos States. Principalmente pela sua formação de músicos de jazz. Artistas conhecidos que tenham estudado lá? Nada mais nada menos que John Mayer, Charlie Puth, Megan Trainor, Imagine Dragons.

O curso que fiz foi um curso de verão, que é focado mais para o público adolescente. Mesmo assim, ele atendia muito bem a pessoas de diversas idades (por exemplo, uma indiana professora de música de 31 anos que conheci).

Mas como esse curso funciona? Vou tentar resumir nesse post as principais informações e impressões que tive:

Processo do visto

A partir do momento que você resolve se inscrever no programa, eles vão te pedir diversos documentos e você inicia o processo para tirar o visto. Nesse caso o F1 americano (mais conhecido como visto de estudante). No meu caso foi um processo muito tranquilo e rápido (mais ou menos uns 2 meses).

Mas, ao mesmo tempo, vi história de pessoas que desistiram do programa por terem o visto negado duas vezes. Se vocês quiserem posso fazer um post mais detalhado sobre esse processo.

Valores

O valor do curso é divido em tuition, que é uma mensalidade dada à faculdade, e housing. O housing inclui o alojamento e refeições no refeitório da faculdade por 5 semanas. Você pode tentar concorrer a uma bolsa de estudos (que diminui o valor da sua tuition). No entanto, não tem jeito de fugir do housing, a não ser que você fique fora do campus. Ah, e você não tem que fazer nenhuma prova para ser aceito no curso, todos os níveis são aceitos e eles te nivelam lá com uma prova.

Alojamento

Se você for adolescente (15 a 17 anos) os alojamentos vão ser lindos prédios na Mass Ave (primeira foto do post). Eles são novos, limpos e são locais de várias aulas e do refeitório. Mas se você for maior de 18 anos, vai ficar no 270 Commowealth Ave. Um prédio bem velho (um pedaço do teto inclusive cedeu enquanto eu estava lá) e fica a 10 minutos a pé dos outros prédios da faculdade. Óbvio que nunca reclamei de caminhar alguns minutos por Boston todo dia, mas no final do curso o cansaço bate.

E tudo que você queria era que o alojamento e a sala de aula estivessem a um elevador de distância de você. A coisa mais legal do 270 é o fato dele ser o único prédio com homens e mulheres juntos. O que faz com que você tenha mais liberdade do que os outros. Conheci pessoas incríveis do mundo todo e os momentos que vivi no 270 (até a hora que o teto caiu e que fiquei filmando no Snapchat) são momentos que vou lembrar sempre com muito carinho.

 

Refeitório

O que dizer do refeitório?! É como se fosse um self-service bem grande, mas com comidas extremamente americanas.  Bem americano mesmo, do tipo de pizza que você passa o guardanapo em cima para diminuir a gordura! E são bem repetitivas também, mas é totalmente OK considerando que são só 5 semanas.

Lembro de salada, umas carnes ocasionais (sexta feira tinha salmão), wraps, macarrão, etc. Definitivamente muito mais em conta comer lá do que fazer o curso sem nenhum plano de refeição.  

 

O curso em si

É incrível. As aulas de música que tive iam desde teoria musical até yoga para músicos. É uma gama de conhecimento que eu não acredito que eu conseguiria obter no Brasil, a não ser que eu ingressasse de fato numa faculdade de música. No meu cronograma eu tinha musicianship (leitura de pauta, basicamente), teoria, aula de canto privada. Além de habilidades de performance, coral, yoga e os ensembles.

Os ensembles eram bandas formadas pelos alunos do 5 week que ensaiavam e faziam uma performance no final do curso. Como tive 3 ensembles, fiz 3 shows curtos no final do curso. Todos são de entrada gratuita, você pode chamar todos seus amigos de Boston e assistir o de todo mundo também.

Além disso, todos tem um link de live stream para os amigos do Brasil. Os vídeos do seu show são de ótima qualidade e são enviados para o seu e-mail para você poder se assistir depois. Você também pode participar de jam sessions, de diversas atividades organizadas pela Berklee, de shows gratuitos de artistas vinculados com a faculdade. Para os baixistas de plantão, por exemplo, tivemos Victor Wooten, além de Crissy Collins (que é backing vocal da Beyoncé) e Livingston Taylor, irmão de James Taylor.

Você também pode utilizar uma biblioteca que é simplesmente surreal, usar as salas de prática (todas com piano ou teclado) disponíveis na maior parte do dia (24 horas no 270). Pode tentar a chance de gravar nos estúdios da Berklee, se inscrever na seleção para cantar ou tocar em outros shows maiores que acontecem na última semana do curso. Além de apresentar suas próprias composições nos singer-songwriter showcases e também fazer uma audição para tentar ganhar uma bolsa para o programa real da Berklee (undergraduate program de 4 anos). Isso tudo em 5 semanas!

Aprendi nesse curso uma visão de música que nunca pensei que eu fosse ter. Aprendi mais em 5 semanas do que em anos. Agora só preciso de tempo para praticar e aprimorar esse conhecimento. Foi uma experiência incrível que eu recomendo a todos os músicos, independente do nível em que se encontram.

É uma sensação incrível ficar imersa na música, 24 horas por dia, por 5 semanas. Além de melhorar como cantora, fiz MUITOS amigos (nem eu acredito quando paro para pensar). Melhorei bastante o inglês – ah! as aulas são em inglês e só conversei em inglês o tempo todo, então era quase como se fosse um intercâmbio.

  

Espero que vocês tenham gostado desse post, tentei resumir bem a experiência, se vocês tiverem qualquer dúvida podem perguntar por aqui ou também por dm no meu instagram (@isisfbaroni) e se quiserem que eu faça um post mais focado em algum aspecto só me pedir que faço com prazer! Estou muito animada em dividir minhas experiências com vocês!
Beijos, Isis

Posts Relacionados