Destino aquático no inverno SIM!

Muita gente pensa que destino que envolve água no inverno, é furada. Mas não é bem assim.  Aqui no Brasil mesmo, temos um destino incrível que pode sim ser visitado no inverno.

Situada no estado de Goiás, que é um dos principais destinos ecológicos do Brasil. Lá é possível encontrar a deslumbrante Chapada dos Veadeiros e também a pacata Pirenópolis. Mas, o local que mais atrai viajantes é Caldas Novas. Município localizado a 170km da capital Goiânia.

Ela tornou-se um dos maiores pontos turísticos nacionais, junto com Rio Quente, sua cidade vizinha. Ambas são consideradas detentoras de uma das maiores estâncias hidrotermais do mundo.

As fontes de água que brotam do chão são naturalmente quentes devido a um processo completamente natural que acontece na região. Essas nascentes foram descobertas por acaso no século 18, mas a origem é de milhões de anos atrás. Um vulcão que ainda estava em atividade, expelia lavas e gases sobre a região. Com o tempo, o vulcão foi se extinguindo. Suas crateras foram completamente aterradas pela erosão oriunda dos ventos e das chuvas. Mas, as falhas que permaneceram permitem que as águas alcancem grandes profundidades. Algumas áreas tem águas que brotam a mais de 50 graus. Por esse motivo, é um destino que dá pra ser visitado em qualquer época do ano.

VAI VIAJAR? RESERVE SEU HOTEL PELO BLOG:

Você pode fazer a reserva pelo Booking.com ou diretamente neste link AQUI. Caso você use este link, me ajuda a continuar escrevendo o blog  e seguir ajudando pessoas a viajar o mundo com uma pequena comissão. Ah! E você não pagará nada a mais por isso. 🙂

No início, as nascentes foram usadas para tratamentos de saúde. Mas, ao longo do tempo, viraram uma fonte de diversão e hoje alimentam o turismo da cidade. Durante o dia, é possível curtir a piscina, as atrações aquáticas, refeições oferecidas nos hotéis e passeios na natureza.

A viagem para lá é indicada principalmente para famílias que querem relaxar e se divertir.

Caldas Novas é uma cidade maior, oferece várias alternativas de hotéis, resorts, restaurantes e clubes. Já Rio Quente, a 30km, é uma cidade menor, com poucas ruas e somente um resort, que é o mais conhecido.

Para quem está pensando em passar uns dias nessas cidades, fica a dica: não se esqueçam do protetor solar e repelente.

Algum viajante já foi pra lá? Gostaram da experiência?

 

Posts Relacionados

  • Zé Nilton

    Uau!

    • Lucas Estevam Ferreira

      🙂