Polícia Federal suspende emissão de passaporte

A suspensão da emissão de passaporte, anunciada ontem (27/06) pela Polícia Federal, pegou muito viajante de surpresa. A  declaração diz que a decisão é por tempo indeterminado devido a falta de recursos.

“A medida decorre da insuficiência de orçamento destinado às atividades de controle migratório e emissão de documentos de viagem”, informou a nota oficial.

passaporte

Somente serão emitidos os passaportes de emergência. São aqueles que necessitam do documento de viagem e não podem comprovadamente esperar pelo prazo normal.  Já as viagens de turismo não se enquadram nessa categoria.

Para a emissão do passaporte normal, a taxa a ser paga é de R$257,25. Já no caso dos passaportes de emergência, a taxa sobe para R$334,42.

Os usuários que foram atendidos nos postos até o dia 27/06, receberão seus passaportes normalmente.

O agendamento online do serviço vai continuar disponível normalmente. Os postos da PF vão continuar atendendo os agendamentos no horário marcado. No entanto, não há previsão para a entrega do documento solicitado enquanto a situação orçamentária não for normalizada. Segundo a instituição, os gastos com esse tipo de serviço chegaram ao limite previsto na lei orçamentária.

Nos últimos a PF já vinha reclamando da redução de servidores e fazendo pressão por mais recursos. O presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, Carlos Eduardo Sobral, responsabilizou o governo Temer pela medida.

Algum viajante já foi afetado por esse anúncio?

Posts Relacionados