Quais os melhores hotéis em Buenos Aires?

Vamos falar de hotéis em Buenos Aires?

Na minha lista de cidades que amo voltar, com certeza Buenos Aires estará sempre no topo dela! Sou simplesmente apaixonado pela capital portenha, cidade cheia de festa, regada à bom vinho e repleta de bons restaurantes.

Mas uma pergunta que sempre me fazem quando o assunto é Buenos Aires é onde ficar hospedado por lá. Bons bairros, melhores hotéis em Buenos Aires e valores de diárias.

Pensando nisso, peguei um avião mês passado e fiquei 10 dias na capital argentina pra fazer o TOP3. A ideia era escolher os 3 melhores hotéis de Buenos Aires para se hospedar durante uma viagem.

Espero que este artigo te ajude a planejar sua próxima viagem!

  1. Hotel Tango de Mayo
    A frase que mais definiu este hotel para mim é: “nunca julgue um livro pela capa”. O hotel Tango de Mayo fica na movimentada Avenida de Mayo, próximo ao congresso e Casa Rosada e na frente de uma estação de metro.

      Apesar de sua entrada não parecer muito convidativa, tudo muda ao pisar lá dentro. O aroma da recepção, a rapidez do serviço e os detalhes da decoração me conquistaram.
     
  2. O hotel Tango de Mayo funciona como um hotel boutique. Onde o importante é qualidade ante quantidade e ultimamente tenho me tornada fã de hotéis assim.  Ele também foi todo concebido com uma temática de tango em todos seus quartos.
  3. O café-da-manhã tinha várias opções e havia também um terraço delicioso que funcionava como um lounge durante a noite.

Espero um dia voltar ao hotel Tango de Mayo e curtir novamente um por do sol naquele terraço enquanto tomo um bom vinho argentino.

Valor: A partir de R$ 250,00 em média uma diária
Padrão: 4 estrelas boutique
Nota do Estevinho: 4,1
Reserve AQUI este hotel sem pagar nada a mais por isso!

2. Vitrum Hotel

Bem diferente do hotel Tango de Mayo, o Vitrum Hotel traz um ar de modernidade e sofisticação às ruas de Palermo.


Longe do movimentado centro comercial de Buenos Aires, aqui frequentam os descolados de Buenos Aires. A poucas quadras do hotel está Palermo Soho com vários bares, lojinhas divertidas e até restaurantes. Fomos à alguns como o bar Rey de Copas e gostamos muito!



Sobre o hotel, o quarto em que ficamos era super espaçoso e extremamente bem iluminado. Mesmo tendo apenas chovido durante nossos dias por lá, pudemos aproveitar um pouco nossa varanda que era super ampla e tinha um gramado sintético. Além disso, outras coisas chamaram a atenção por lá, como um bar delicioso no terreo do hotel.
 

Por sinal, o bar é especialista em drinks e tomei vários Aperol Spritz durante os dias que fiquei por lá (eles estavam realmente muito gostosos).
Ah! Uma coisa legal foi que mesmo não hóspedes podem frequentar o bar e restaurante do hotel. Durante o dia, várias pessoas iam trabalhar por lá e de noite muitos amigos iam tomar bons drinks e jogar conversa fora.

Sobre a estrutura, o hotel Vitrum tem piscina, uma pequena academia e elevador panorâmico.  E como o próprio nome diz, ele preza muito paredes, janelas e elementos de vidro em seu interior. Muito bonito e um dos meus hotéis em Buenos Aires favoritos!

Valor: A partir de R$ 350,00 em média uma diária
Padrão: 4 estrelas boutique
Nota do Estevinho: 3,9
Reserve AQUI este hotel sem pagar nada a mais por isso!

3. Palacio Duhau – Park Hyatt

O último hotel escolhido foi onde decidimos ficar nossas 3 últimas noites na capital portenha.
O Palácio Duhau existe há pouco mais de 10 anos e opera em um antigo palácio no tradicional bairro da Recoleta.

Com um serviço impecável e uma arquitetura incrível, ele nos ganhou desde o momento em que chegamos no hall de entrada. Aqui, praticamente todos os funcionários falam inglês e português fluentes. Alguns falavam tão bem, que parecia brasileiro. Lembro que quando chegamos na recepção, os dois rapazes que nos atenderam me deixaram na dúvida sobre sua nacionalidade. Mas logo depois disseram ser argentinos, e fiquei surpreso realmente com tamanha fluência.

O hotel possui duas torres: o clássico palácio e uma torre mais moderna. Ela foi construída há poucos anos para abrigar a maioria dos quartos. Apesar da maioria dos hóspedes querer se hospedar sempre no palácio, minha dicas é ficar na torre do hotel.

O motivo? Para poder ver o palácio! Isso me lembrou quando fui até Nova York e ao subir no Empire States lembrei que a vista era linda. Mas é impossível ver o Empire States lá de cima, por isso, vale a reflexão!

Por falar em quarto, todos são bem espaçosos e com um amplo banheiro, walk in closet, cofre ainda um excelente kit de amenities com um aroma de-li-ci-o-so! Me deu vontade comprar litros daquele shampoo (pena que é tudo chiquitito nesses hotéis. rsrs).

Um único fator triste por aqui é que as janelas não abrem, mas até aí o ar condicionado funcionava perfeitamente. Além de um imenso jardim e as opções de bares e restaurantes, o hotel tem também uma piscina bem grande, uma academia completa e um spa que atrai até mesmo não hospedes. Você pode comprar os tratamentos mesmo sem estar hospedados por lá.
Dentre os hotéis em Buenos Aires que visitamos, o Park Hyatt é bem recente. No Palacio Duhau, recém inauguraram também uma linda doçaria no interior do hotel com macarons deliciosos!
 

Por se tratar de um Hotel Park Hyatt em Buenos Aires, o hotel precisa ter uma galeria de arte (fator que dominaram com maestria na propriedade). E vale muito a pena visitá-la!
Assim que chegamos fizemos um tour por todo o hotel. Você pode solicitar o tour no momento do check-in. Durante o tour descobrimos mais sobre a história da família que morou tantos anos por lá e outras curiosidades do palácio.

Faltou comentar com vocês sobre os restaurantes do hotel! Eles são abertos ao público e não achei os preços exorbitantes por tratar-se de um 5 estrela numa grande cidade. Principalmente, durante a semana, um prato com vinho pode sair mais barato que em um restaurante de Puerto Madero, por exemplo. Vale a pena conferir e fazer uma reserva!

Valor: a partir de R$ 2.000,00 em média uma diária
Padrão: 5 estrelas
Nota do Estevinho: 4,7
Reserve AQUI este hotel sem pagar nada a mais por isso!

Para mais dicas e roteiros da Argentina e do mundo, você pode acessar meu blog: www.estevampelomundo.com.br e também me seguir no Instagram: @estevampelomundo.

E você? Quais seus hotéis em Buenos Aires favoritos?