Sabe do João? Vem que eu te explico

João, mineiro, analista de finanças. Uma pessoa comum (porém fantástica) que realizou um sonho: conhecer o mundo. Sua viagem de volta ao mundo começou em 2013, mais precisamente no dia do meu aniversário, dia 26 de março de 2013.

 

10533168_413508158828397_3837473060148178969_o
João andado de bicicleta pela primeira vez na Europa. Que pôr-do-sol é esse, amigo?

 

Ele é uma das pessoas que mais respeito nesse meio de viagens. Não mostra pratos caros, hotéis de luxo ou programas imperdíveis; prefere viver experiências.

 

11838922_430473833798496_5702005329782527896_o
Indo pegar uma prainha na Croácia!

 

Até agora ele passou pela América do Norte, Oceania, Sudeste Asiático, Índia, China, Coreias, Mongólia e Rússia.

 

10014061_269563606556187_6335921784446836586_o
Não precisa de legenda, né?

 

Na Europa, esteve nos Bálticos, Leste e Bálcãs, além de Itália, Áustria, Suíça, Alemanha, Benelux, Irlanda, Reino Unido e Escandinávia. De volta à Ásia, visitou Turquia, Cáucasos, Irã, Omã, Jordânia, Palestina e Israel. Já na África, Marrocos e Egito, Seicheles e, do Quênia a Suazilândia.

 

11947624_440831699429376_6304080703368546106_n
Foto retirada do site do vaticano. Te mete!!!!

 

Neste momento, ele se encontra no México, em Tangamandapio. Simplesmente o sonho de todos os fãs da turma do Chaves. Está bom pra você?

 

10460818_461575760688303_6356293529040095260_o
Sentei para evitar a fadiga…kkkk

 

Pergunta 1 –  O que o motivou a tirar este período sabático? Já tinha viajado para quantos países antes?

João: O que motivou a minha viagem é que sempre gostei muito de viajar. Quando encontrava alguém por aí que estava há muito tempo na estrada, ficava imaginando se poderia fazer isso algum dia. Quando vi, que se planejasse meus gastos bem poderia realizar esse sonho, não pensei duas vezes!

Já havia viajando pelo Brasil, alguns países na América do Sul, Cuba e Europa.

 

A pintura ou melhor a foto se chama “Mulher muçulmana caminha tranquilamente por uma praia de Zanzibar, Tanzânia” (Autor: Leandro Godinho, companheiro de João na viagem à África)

 

Pergunta 2 – Qual foi o país ou cidade que o surpreendeu positivamente e negativamente? Por quê?

João: Surpresas positivas e negativas são o que mais tenho na minha viagem. É difícil eleger um ou outro. Mas esse tipo de observação está muito relacionado a como eu era recebido pelas pessoas, já que o cenário era, na maioria dos casos, já pesquisados. Gosto muito de como os muçulmanos nos acolhem bem. Em todos os países de origem árabe, persa, turca, bósnia e albanesa fui muito bem recebido.

 

10556992_415029452009601_164767338380793874_o (1)
Diamantina com neve ao fundo? NOT!!!! Mas sim um típico cenário das pequenas cidades ao sul da Albânia. Um destino que se revelou fascinante para o mineiro João.

 

Pergunta 3 – Você já está longe do Brasil há 2 anos e meio. Do que você sente mais falta? Não vale falar pai, mãe, namorada, amigos, cachorro e papagaio.

João: O que mais sinto falta estando longe do Brasil é, sem dúvidas, da cozinha brasileira! Não tem igual! É a melhor do mundo.

 

11792191_429770530535493_7089271602589886198_o
Alguém aí aceita um biscoito de polvilho mineiro “made in Malawi”? João em Nkhata Bay.

 

Pergunta 4 – Como surgiu a ideia das fotos das crianças na África? E a história dos balões?

João: A ideia da doação das fotos surgiu primeiro que a dos balões, mas só foi implementada muito tempo depois. Quando fui a Coreia do Norte, sabia que seria, no final de semana, o dia das crianças por lá. Então pensei em algo simples e divertido para distribuir para as crianças. Mas o primeiro contato foi extremamente frustrante. Quando tentei me aproximar com os balões, as crianças só me olhavam. E, por mais que eu mostrasse que era um presente, ninguém o pegava. O pior é que não demonstravam nenhuma expressão de felicidade. Fui totalmente ignorado. Então o guia me explicou que eles não receberiam os balões porque não me conhecem. Mas depois que explicou-lhes tratar-se de um presente, todos queriam e a festa foi grande!

 

10679713_314914858687728_1933027376543617531_o
Crianças sempre crianças… Até na Coréia do Norte…

 

11227957_430551497124063_4640820181974502965_o
Porque todas as crianças do mundo merecem… sorrir 🙂

 

As primeiras fotos foram doadas na Etiópia. Não havia levado muitas, então tive de selecionar as pessoas que as receberiam. A emoção delas era incrível. Uma felicidade que se expressavam em palavras que eu não compreendia, e em gestos que me contagiavam. Com o meu retorno à África, pensei em fazer a campanha de arrecadação. Fiquei ainda mais feliz ao ver tantos amigos e também pessoas que nem me conhecem pessoalmente depositando dinheiro na minha conta para colaborar com esse projeto. A vontade era doar fotos para todas as pessoas, especialmente no Malauí, o lugar mais pobre que estive.

 

11884964_436418676537345_6797125373903496199_o
Na nossa realidade de Gopro, IPhone, Canon e outras tecnologias é inimaginável que existam pessoas que não possuem uma única foto sua… João pensou.

 

12214172_458569120988967_951611042_o
E uma fota “minha” deixou essa menina mais feliz… Own!!!!!

 

Pergunta 5 – Para finalizar nosso papo, quando retornar ao Brasil (março de 2016, né?) pretende fazer o quê?

João: No próximo ano retorno ao Brasil. Voltarei a trabalhar na minha área, como analista de finanças e, nas horas vagas, planejar a próxima viagem.

 

João, meu querido, que sua sensibilidade traga ao mundo mais presentes como este:

 

10945855_361575654021648_6775685882465117556_o
Crianças sendo crianças no Lago Hawassa, Etiópia.

 

Meu povo, visitem o instagram e facebook do João:

@sabedojoao

fb.com/SabeDoJoao

 

Posts Relacionados