Sobre como as coisas evoluem

Fala, galera!

Me digam uma coisa…quem aí curte viajar de carro?? Eu mesmo adoro, acho mais dinâmico e te dá a oportunidade de explorar mais o lugar.

Mas vocês já pararam pra pensar o quão mais fácil ficou viajar de carro nos dias de hoje?

As tecnologias mudaram, o airbag surgiu e os carros se modificaram muito – e versatilizaram os modelos também, não só de carros em si, mas os volantes também mudaram MUITO!

O Mustang, por exemplo, foi um dos primeiros modelos de carro a surgir, e era muuuito admirado e requisitado! O seu pai ou avô já deve ter tido um (ou queria ter!). E olha só como o volante dele foi evoluindo:

mustang 1

 

Essa é a primeira geração, de 1964. Com 16 polegadas, oferecia três raios em alumínio e a parte central, com a buzina, tinha um revestimento com textura de madeira.

mustang ndaEm 1974, no lançamento da segunda geração do Mustang, o volante veio com uma opção menor, de 15 polegadas. Ele passou a ter apenas dois segmentos e ganhou revestimento em couro – nas cores populares da época.

mustang 2

Cinco anos depois, ele mudou de novo! Dessa vez, inspirado  no design europeu. O volante do Mustang Fox, de 1979, era separado em quatro raios e ganhou controles embutidos para limpador de para-brisa e faróis – pela primeira vez! Na versão manual, o carro ainda trazia um botão para ligar e desligar o piloto automático.

mustang 3

Seguindo as tendências de moda e de segurança da época, em 1990, a direção do Mustang ganhou pela primeira vez airbag de  série. Como ele ocupava todo o centro da peça, a buzina virou dois botões no topo da parte central, bem ao alcance dos polegares dos motoristas. J Os outros botões de comando também foram posicionados em locais de mais fácil acesso.

mustang 4

2005: a primeira geração do Mustang inspira o design do volante da quinta geração do pony car, que voltou a ser separado em três raios com opções de braços em alumínio ou uretano. Era revestido em couro!

mustang 5

Em 2010, uma nova geração tecnológica de volantes tomou conta não apenas do Mustang, mas de outros modelos da Ford. Botões para acesso ao sistema de conectividade SYNC (volume, chamadas, seleção de estações do rádio ou de faixas do CD e outras funções) integravam a peça, que tinha ainda o emblema central em alumínio com a figura do corsel em relevo e a costura do couro em cores contratantes. Curiosidade: o Shelby GT500, do mesmo ano, trazia o mesmo volante – mas com a figura igualmente emblemática da cobra no lugar do corcel na parte central.

mustang 6

No novo Mustang 2015, o volante ganhou mais de 20 botões de controle, para comandar com apenas um toque diversos recursos do carro – inclusive o modo de direção e a troca de marchas! O aro de 14 polegadas é totalmente em alumínio revestido em couro, e os braços divisórios foram desenhados para que apenas as áreas em couro sejam tocadas quando se está ao volante. Mais uma curiosidade? O airbag frontal para motorista do Mustang é arredondado e foi desenhado especificamente para não alterar a herança do pony car – seu símbolo circular ao centro da direção.

E aí, galera, o que acharam? Já tinham parado para pensar no quanto os volantes evoluem?? Se quiserem saber mais, é só dar uma olhada na página do Face da Ford!

 

Imagens: Reprodução/Divulgação.

Posts Relacionados