A mala certa para cada tipo de viagem

Nem a maior, nem a mais bonita, nem a mais cara, mas a que atende melhor às suas necessidades. Básico, galera: a mala ideal depende do que você vai fazer e de quanto tempo vai ficar.

Se você for fazer um mochilão, por exemplo, melhor usar aquelas mochilas maiores, específicas mesmo (elas podem ficar pesadas, mas são mais práticas pra você andar por aí sem rumo).

Eu sou mais neutro, e como na maioria das vezes viajo por períodos curtos pra mostrar algum lugar legal pra vocês ou participar de algum evento, prefiro uma mala menor. Essa por exemplo, é bem parecida com a minha. Ela cabe todas as minhas coisas básicas (roupas, objetos de higiene etc), é prática e compacta, então eu não preciso ficar despachando ela. Me economiza muuito mais tempo no aeroporto!

Agora, se você vai fazer um intercâmbio, morar fora ou participar de algum programa que leve mais tempo, não vai ter jeito – o negócio vai ser investir numa mala maior mesmo. Mesmo assim, é legal você não superlotar a mala, porque (com toda a certeza absoluta) você vai acabar não usando tudo e vai carregar peso à toa. Ah, e não se esqueça de verificar se a qualidade da mala é boa! Isso é bem importante.

 

Poréeeeem, entretanto, todavia…

Algumas dicas gerais valem pra todo tipo de mala – e pra todo tipo de viagem! Se liga:

  • Como eu disse, a mala ideal não é nem a mais cara, nem a mais barata. A mais cara, muitas vezes, você paga a marca ou o selo estampado nela. Mas em compensação a mais barata pode não ter um material tão bom, e te deixar na mão logo na primeira viagem! Cuidado com isso, porque sua mala vai sofrer danos – fato!
  • Rodinhas 360º – SEMPRE! Facilita a sua vida em todos os sentidos – principalmente quando você está atrasado pro voo!
  • Mala expansível – sempre também. Porque você nunca sabe quando vai precisar de mais espaço, ainda mais se for viajar para destinos de compras, tipo Nova York
  • Cuidado com malas rígidas (que normalmente são mais pesadas) ou mesmo que não-rígidas, mas de um material mais pesado. Isso vai interferir quando você for pesar a sua mala, e excesso de bagagem não é nada barato!
  • Nada contra você gostar de malas pretas, mas é uma cor tão comum que muitas vezes chega a ser maioria na esteira. Quanto mais colorida ou diferente for a sua mala, mais fácil de você achar ela! (Isso ajuda se ela for extraviada também!)
  • Hoje em dia, algumas malas tem alguns recursos especiais, como se desdobrar toooda pra facilitar a vida, vir com mangueira para hidratação (se você for para o deserto, por exemplo), ou ainda, ter uns mecanismos diferentes pra trancar ou pra colocar identificação. Vale super  a pena apostar nisso! Sua mala sofre tanto durante a viagem, que cuidar dela sempre é bom!

E aí, qual a mala de vocês, galera?

Agora que você já escolheu melhor a sua mala, é só arrumar e viajar! Reserve o seu hotel aqui com a gente.

 

Imagens: Reprodução.

Posts Relacionados