Conheça Reykjavik

My_1st_impressions_Blue-lagoon-in-Iceland

 

Tenho certeza que logo pelo título você já ficou com uma cara de “Wtf?!” haha. Mas é, galera, Reykjavik existe sim, é a capital da Islândia, e um lugar muito bonito por sinal (apesar de pouco conhecido e visitado).

A cidade é meio fora dos padrões mesmo. Com cara de cidadezinha tradicional coberta de neve; mas que na verdade não é nada tradicional – é super cosmopolita e referência em vida noturna.  Durante o inverno, os dias duram quatro horas e no verão, as noites não existem. As temperaturas normalmente variam de 5 a 11ºC. Mas, ao mesmo tempo, o verão bom-ba, e é marcado por inúmeros festivais.

A capital é a cidade mais povoada da Islândia, que detém mais de sessenta por cento da população do país, além de centros comerciais, políticos, industriais e culturais, onde estão as instituições políticas, as bibliotecas, os museus, as universidades, os escritórios de comunicação (rádio, televisão e imprensa escrita), os teatros e as orquestras, os cursos de justiça, piscinas ao ar livre, MUITAS lagoas geotermais e os estádios de esportes. Além disso, a cidade tem muitas fábricas (as mais famosas e comuns na região são as de conservas de peixes). É sossegada, livre de crimes (você pode andar a noite tranquilamente, ou passear pela cidade de bicicleta) e ambientalmente muito comprometida (o plantio de árvores é intenso, e a maioria dos ônibus utilizam hidrogênio).

Reykjavik é uma cidade para todos os gostos: tem uma parte histórica muito rica (vale a pena visitar a Praça Austurvöllur , a Alþingishús – Casa do Parlamento, o Museu Nacional e a Dómkirkjan – catedral da cidade), sem deixar as praias (a Praia de Nauthólsvík, apesar de simples, é bem bonita) e a vida noturna de lado (que é meio dividida entre lugares mais requintados como b5, Thorvaldsen, Oliver, e lugares mais hipsters, como Sirkus e Kaffibarinn).

Enfim, essa foi outra dica pra você conhecer outros lados da Europa e não se prender tanto ao clichê normalmente mais visitado! E você, já teve a oportunidade de conhecer Reykjavik? Que lugar exótico da Europa você mais gosta? Conta pra nóis nos comentários!

 

Imagem: Reprodução.

Posts Relacionados