Passo-a-passo: visto e passaporte para os Estados Unidos

Foto: Matt Mawson/Corbis
Foto: Matt Mawson/Corbis

Você pretende viajar para os Estados Unidos e não sabe nem por onde começar? Você não é o único. A viagem para os Estados Unidos exige um processo burocrático interminável. Para pisar em terras norte-americanas, você vai precisar de: um visto e um passaporte. Para isso, considerando que o visto é de não-imigrante, montamos um passo-a-passo:

PASSAPORTE

Se você ainda não tem um passaporte ou se seu passaporte está vencido, o processo é o mesmo: você deve entrar no site da Polícia Federal e seguir o passo-a-passo do item “Requerer Passaporte (para brasileiros)”. O processo é bem simples.

A validade dos passaportes é de cinco anos, mas países como os Estados Unidos, por exemplo, exigem que o passaporte tenha, no mínimo, seis meses de validade. Portanto, se for o caso, requeira um novo passaporte antes mesmo de o atual expirar, para evitar problemas ao solicitar o visto.

É importante lembrar que os passaportes não podem ser renovados, sendo assim, você deve solicitar um novo.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

VISTO

1. Formulário DS-160

Este formulário eletrônico pode ser encontrado na página do U.S. Department of State, deve ser preenchido e impresso com código de barras. É importante lembrar que o formulário deve ser preenchido em inglês e com atenção para que não haja erros.

2. Cadastro no CSC e taxa MRV

Há uma taxa de solicitação do visto a ser paga e que depende do tipo de visto solicitado – no caso de visto para estudante ou turista, a taxa é de 160 dólares. Para emitir seu boleto, você precisa se cadastrar na página do CSC Visa Information Service, preenchendo um formulário desta vez mais curto e em português.

3. Agendamento e visita no CASV

Depois de ter pago a taxa, o próximo passo é agendar uma visita no Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV), um centro contratado pelo governo norte-americano para coletar dados biométricos dos solicitantes. O agendamento é feito também pelo site do CSC ou pelo telefone, e você deve ter em mãos: página de confirmação do formulário DS-160 (com código de barras), número do recibo de pagamento da taxa MRV e o número do seu passaporte.

No CASV, não é permitido entrar com bolsas e os celulares devem estar desligados. Na sua vez (dia e hora marcados), eles vão conferir seus documentos – passaporte, página de confirmação do formulário DS-160 e página de confirmação de agendamento da entrevista -, coletar suas impressões digitais e tirar uma foto sua.

4. Isenção de entrevista

Há dois casos em que o solicitante pode não precisar marcar uma entrevista com o Setor Consular nem comparecer à Embaixada ou ao Consulado para deixar as impressões digitais. São eles: menores de 16 anos e maiores de 66 que estiverem solicitando visto de turista ou negócios/turismo.

Mesmo assim, deve ser agendada uma entrevista no CASV para que sejam entregues os seguintes documentos: passaporte brasileiro válido, recibo de pagamento da taxa MRV, página de confirmação do formulário DS-160 com foto e uma fotografia recente 5×5 cm ou 7×7 cm com fundo claro.

O Setor Consular, no entanto, tem o direito de entrevistar qualquer solicitante, caso ache necessário.

5. Entrevista no Consulado

Os documentos obrigatórios são: passaporte válido, página de confirmação do formulário DS-160 e, se você tiver, passaporte com visto antigo.

Algumas pessoas aconselham levar comprovantes de renda e vínculo com o Brasil, tais como matrícula escolar, extratos bancários, comprovantes de residência, carteira de trabalho, etc, mas pode ser que você não precise disso.

E lembre-se: eles não perguntarão nada que você não saiba responder. Fique calmo.

6. Solicitação aprovada

Se sua solicitação for aprovada – o que acontece na imensa maioria dos casos -, o passaporte poderá ser retirado no CASV escolhido ou entregue na sua casa.

O próximo passo é, portanto, fazer as malas e aproveitar ao máximo a viagem!

Posts Relacionados