A cosmopolita Melbourne – Conheça o melhor lugar do mundo para se viver

Foto: Diliff/Divulgação

Foto: Diliff/Divulgação

A renomada revista “The Economist” tem elegido, por alguns anos consecutivos, Melbourne, na Austrália, como a melhor cidade do mundo para se viver.

O ranking inclui 140 cidades e 30 fatores que dizem respeito a cinco áreas: estabilidade, infraestrutura, educação, saúde e, por último, cultura e meio ambiente. Cada um dos fatores em cada uma das cidades recebe uma pontuação de zero a 100, e a cidade australiana ocupa o primeiro lugar.

Foto: Joel Tiphonnet/Pinterest

Foto: Joel Tiphonnet/Pinterest

Melbourne é a segunda maior cidade da Austrália e um dos principais pólos econômicos do país. Localizada na costa sul, no estado de Victoria, é um dos destinos mais procurados por turistas – australianos e estrangeiros. Há quem afirme que pelo menos uma em cada quatro pessoas, em Melbourne, são estrangeiras.

Conhecida por ser uma cidade multicultural, a capital das artes e da cultura da Austrália, Melbourne não deixa a desejar no quesito entretenimento. Há diversos museus, teatros e galerias, além de eventos esportivos como o Melbourne Cup (corrida de cavalos), o Australian Open Tennis (campeonato de tênis) e o Qantas Australia Grand Prix (campeonato de Fórmula 1).

Foto: Gav Owen/Flickr

Foto: Gav Owen/Flickr

A vida noturna é também recheada de opções – apesar de, dizem, não chegar aos pés da badalada Sydney. Bares, baladas, restaurantes pubs com música ao vivo, shows e, inclusive, clubes de comédia, uma tradição britânica que faz valer o título de cidade multicultural de Melbourne.

A mais europeia das cidades australianas chama a atenção pela arquitetura – que ainda remete um pouco à colonização inglesa, com construções arrojadas – e também pela variedade da gastronomia, além de ser reconhecida pela facilidade encontrada por quem deseja conseguir trabalho.

E para quem acabou de chegar na cidade e ainda não conhece nada, há o City Circle. Trata-se de um bonde que, em rota circular, passa pelas principais atrações turísticas da cidade. O melhor de tudo: o serviço é gratuito. Assim não tem desculpa para não conhecer os pontos mais importantes da simpática Melbourne.

Foto: Dean/Flickr

Foto: Dean/Flickr