Como planejar uma viagem – Principais etapas

Foto: Lew Robertson/Corbis
Foto: Lew Robertson/Corbis

Hoje é comemorado o Dia Nacional do Turismo e do Turismólogo, que é o profissional que conhece, analisa e estuda o turismo em sua totalidade. Sendo assim, nada mais justo do que fazer um post com orientações para viajantes – tarefa que faz parte do conhecimento deste profissional, entre tantas outras. Fizemos um apanhado das principais etapas percorridas para planejar uma viagem.

O primeiro passo, sem dúvida, é escolher o destino. É importante decidir se será uma viagem nacional ou internacional, para a praia ou para as montanhas. Procure fotos em sites, leia relatos de pessoas que já foram para os lugares que você deseja ir. Considere as condições climáticas do lugar, além da época do ano em que você pretende viajar.

Foto: Thom Lang/Corbis
Foto: Thom Lang/Corbis

Escolhido o destino e definidas as condições, faça uma lista dos lugares que você deseja conhecer no destino que escolheu. Tenha em mente a duração da sua viagem, quantos dias você ficará, e programe-se para conhecer tudo o que deseja.

Mas lembre-se: nada de ficar rodando sem realmente aproveitar; elabore um cronograma relaxado e, se possível, espaçado, com tempo para conhecer vários lugares, mas também para ficar de pernas para o ar, fazendo exatamente nada.

Foto: Magdalena Wosinska/Corbis
Foto: Magdalena Wosinska/Corbis

Há dois tipos de viajantes: a) os que planejam onde ficar e reservam hospedagem com antecedência e b) os que chegam ao destino sem saber para onde ir e começam a desbravá-lo.

Se você for sozinho, pode organizar a viagem como quiser, mas, se for com alguém, é preciso que vocês organizem juntos para ter certeza de que os dois concordam no quesito “onde ficar”, considerando as opções “viajante a)” e “viajante b)”.

Foto: Norman Konrad/Corbis
Foto: Norman Konrad/Corbis

Faça um orçamento e planeje o quanto gastar. Algumas pessoas costumam separar uma quantia em dinheiro para gastar por dia, mas você pode fazer como preferir, o importante é planejar. Inclua também os gastos com presentes e lembrancinhas, e reserve um espaço na mala para essa “bagagem extra” quando voltar.

Sobre as passagens: quanto mais cedo forem decididos o destino e a data, mais baixo será o preço – também vale garimpar em todos os sites possíveis, o que é muito chato, mas vai te ajudar a encontrar a melhor opção.

Foto: John Smith/Corbis
Foto: John Smith/Corbis

É fundamental que os documentos estejam em ordem. Se for uma viagem internacional, certifique-se da validade do passaporte e da necessidade (ou não) de visto para a entrada no país de destino – como esses documentos requerem um processo burocrático para tê-los em mãos, fique atento aos prazos e considere essa etapa como a mais importante.

Foto: Craig James/Flickr
Foto: Craig James/Flickr

Por último, alguns detalhes, como verificar a voltagem das tomadas no lugar onde você vai ficar, levar roupas de acordo com o tipo de viagem que irá fazer, carregar a bateria/pilha da sua máquina fotográfica para registrar cada momento e escolher roupas confortáveis para o percurso – e quentes em caso de voos internacionais.

Qualquer que seja a sua viagem, aproveite muito, conheça a cultura local, aprenda costumes, conheça pessoas, experimente pratos diferentes. Viva como se fosse a última viagem da sua vida. E volte com ainda mais vontade de viajar de novo.

Foto: Geo Rittenmyer/Corbis
Foto: Geo Rittenmyer/Corbis

Posts Relacionados